Acesso Rápido

    Cartão de crédito: entenda o que é, e como funciona

    Cartão de crédito: entenda o que é, e como funciona

    Uma modalidade bastante comum de empréstimo atualmente é o cartão de crédito, disponibilizado por bancos e empresas emissoras para seus clientes.

    Com o cartão de crédito, o consumidor pode realizar compras em um dia e pagá-la somente após 30 dias, contribuindo para seu planejamento financeiro.

    O que é o cartão de crédito?

    Cartão de crédito é uma modalidade de empréstimo, disponibilizado por bancos e instituições financeiras. Com ele, uma determinada pessoa consegue, portanto, realizar compras parceladas, ou à vista, ganhando prazo para pagar.

    Com o aumento na oferta, as operadoras de cartão passaram inclusive a oferecer programas de relacionamento para seus clientes como forma de atraí-los.

    Planilha da Vida Financeira

    Coloque suas finanças em ordem! Baixe gratuitamente nossa planilha e aprenda a planejar todas as etapas da sua vida financeira da melhor forma!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Nesses programas normalmente o consumidor acumula pontos que podem ser trocados por produtos ou até mesmo milhas aéreas.

    Como funciona o limite do cartão de crédito?

    Por se tratar de um empréstimo, todo cartão de crédito possui um limite disponível para uso.

    É possível, portanto, fazer compras com esse limite, sejam elas realizadas na modalidade crédito à vista ou então parcelado.

    Se a compra for realizada à vista, o valor deverá ser pago na próxima fatura do cartão. A fatura tem uma data de vencimento que normalmente já é estabelecida.

    Caso a compra seja realizada parceladamente, o valor das parcelas será cobrado nas faturas de cada mês.

    Como são cobrados os juros do cartão?

    O limite do cartão de crédito pode ser usado em um determinado prazo sem a cobrança de juros.

    Porém, quando não cumprido o pagamento neste prazo, há a incidência de uma taxa de juros sobre o valor devido. Essa cobrança é chamada de rotativo do cartão.

    Só para ilustrar, imagine uma pessoa que tenha um limite de R$ 1 mil no cartão de crédito. Em um determinado mês ela usou todo o limite em compras.

    Porém, no dia do vencimento da fatura, ela não conseguiu pagar o valor total, e pagou o valor de R$ 200.

    Nesse caso, ela deixou de pagar R$ 800 no prazo estabelecido. Portanto, no mês seguinte ela irá pagar juros referente a esse valor.

    Como fazer um cartão de crédito?

    Para fazer cartão de crédito é preciso realizar uma solicitação junto a empresa emissora, seja ela um banco ou qualquer instituição financeira. Essa solicitação pode ser feita online ou presencialmente, dependendo da instituição.

    Portanto, primeiramente é feita a solicitação por parte do cliente que será encaminhada para uma análise. Sendo aprovado, o cliente receberá o cartão com um limite que pode ser usado para comprar.

    Cartão de crédito pré-pago é igual ao cartão de crédito?

    Além do modelo tradicional, existe também no mercado o cartão de crédito pré-pago. Nesse caso, não há um empréstimo feito pelo banco. Ou seja, não existe um limite de crédito neste cartão.

    Por isso, para usá-lo é necessário reabastecê-lo. Portanto, se um cliente abastecer um cartão pré-pago com R$ 200, ele poderá usar esse valor.

    Contudo, diferente do cartão de crédito, o pré-pago não permite compras parceladas, somente na modalidade crédito à vista. E o valor gasto é debitado na hora do saldo do cartão.

    Cartão de crédito consignado

    Uma outra modalidade disponível no mercado é o cartão de crédito consignado. Essa é uma modalidade bastante parecida com o cartão de crédito. Afinal, o cliente possui um limite para uso.

    No entanto, ele só está disponível para funcionários públicos, aposentados e pensionistas do INSS. E o valor mínimo do cartão é debitado direto da folha de pagamento.

    Afinal, o risco é menor, e por isso o valor dos juros cobrados também são. Geralmente não há consultas ao SPC e ao Serasa para a emissão desse cartão. Por isso, ele também pode ser conhecido como cartão de crédito para negativados.

    Para solicitar esse cartão, o beneficiário não pode ter comprometida a sua margem consignável que é hoje de 35% sobre o seu salário bruto.

    Ou seja, se o beneficiário já possui outros empréstimos que comprometam esse percentual da renda, o cartão não será aprovado.

    Foi possível entender o que é um cartão de crédito? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe este artigo com seus amigos nas redes sociais.

    Gabriela Mosmann
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *