Acesso Rápido

    Passo a passo de como declarar previdência privada

    Passo a passo de como declarar previdência privada

    Saber como declarar previdência privada é fundamental para todos os investidores que pretendem aplicar parte dos seus recursos em ativos da categoria.

    Para evitar complicações futuras, por conta da rigidez da receita federal, é fundamental aprender como declarar a previdência privada.

    Como funciona a declaração da previdência privada?

    A forma de declaração depende da forma de previdência privada escolhida pelo investidor.

    Portanto, antes de entender como declarar previdência privada, é preciso conhecer os tipos de previdências disponíveis

    Guia do Imposto de Renda para Investidores

    Baixe gratuitamente o nosso guia e aprenda como declarar o Imposto de Renda dos seus investimentos de forma simples e prática!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    PGBL

    O PGBL é conhecido por ser um plano de previdência complementar, enquanto o VGBL é classificado como um seguro de pessoa.

    No programa gerador o imposto incide sobre o valor total a ser resgatado ou recebido sob a forma de renda.

    Ainda, no PGBL, os investidores que utilizam o modelo completo de declaração de ajuste anual do Imposto de Renda PF têm o direito à dedução das contribuições do respectivo exercício, no limite máximo de 12% da renda bruta anual.

    VGBL

    O Vida Gerador de Benefício Livre é considerado um seguro de pessoa, regulado pela Susep.

    Nessa modalidade de previdência privada, o imposto de renda incide apenas sobre os rendimentos do investidor.

    Normalmente, é dito que o VGBL é um modelo mais indicado para quem utiliza um modelo simplificado de declaração de ajuste anual do IRPF ou os que já ultrapassaram o limite de 12% de renda bruta anual, limitado no PGBL.

    Isto porque os prêmios/ contribuições pagas aos plano de seguro de pessoa não podem ser deduzidos na declaração.

    Como declarar previdência privada? Passo a Passo

    O passo a passo de como declarar a previdência privada também varia um pouco a depender do plano escolhido pelo investidor.

    Por isso, vale a pena conhecer um passo a passo simplificado de como declarar PGBL e como declarar VGBL.

    Passo a passo: como declarar previdência privada PGBL

    1. Informar o valor das contribuições na ficha de “pagamentos efetuados”;
    2. Escolher código apropriado para o PGBL (36) – previdência complementar;
    3. Informar nome do investidor e CNPJ da instituição responsável pela previdência (obs: não é preciso informar o saldo existente);
    4. Necessário declarar regates feitos no ano corrente, que será incidido na forma de imposto que o investidor optou: progressivo ou regressivo.

    Passo a passo: como declarar previdência privada VGBL

    1. O VGBL deve ser declarado como aplicação financeira;
    2. O investidor deverá abrir a ficha de “Bens e Direitos” e selecionar o código 97;
    3. Informar CNPJ da seguradora, número da conta e informações da apólice;
    4. Informar qual era a situação da aplicação nas datas especificadas do exercício. É indicado discriminar todo o saldo existente em cada data, de acordo com o especificado no informe de rendimentos.

    Conceito de previdência privada

    Além de entender como declarar imposto de renda da previdência privada, é importante entender no que consiste o investimento em questão.

    Primeiramente, é importante dizer que a previdência privada é uma forma de aposentadoria não ligada ao INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social).

    Na verdade, o órgão regulador da previdência privada é a Susep (Superintendência de Seguros Privados).

    Diferente da previdência social, com a privada é possível escolher qual o valor da contribuição e a periodicidade que a contribuição será feita.

    Além disso, existem várias opções diferentes de previdências privadas disponíveis no mercado, o que fornece a oportunidade para que o investidor escolha aquela que mais contempla às suas necessidades.

    Esse artigo te ajudou a entender como declarar previdência privada? Deixe dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *