Comprovante de renda: quais documentos são aceitos para comprovar renda?

Quando uma pessoa deseja trocar o carro, comprar uma casa, ou até mesmo conseguir a aprovação de limite no cartão de crédito, é necessário apresentar algum comprovante de renda.

Entretanto, um comprovante de renda plausível é um dos principais obstáculos enfrentados por autônomos e pequenos empresários no momento de comprar a sua renda. Porém, mesmo para quem não tenha holerite, há algumas possibilidades de comprovar renda.

O que é um Comprovante de Renda?

Um comprovante de renda é qualquer documento que prove para uma terceira parte quais são os recebimentos mensais de uma pessoa, sendo eles fixos ou variáveis.

EBOOK COMO ANALISAR UMA ACAO

É a partir desse documento, por exemplo, que os bancos e instituições financeiras definem o limite de crédito a ser disponibilizado ao cliente e qual tipo de serviços são mais apropriados para sua renda.

Para que serve o Comprovante de Renda?

A principal importância da comprovação de renda está em garantir para o banco a capacidade do cliente arcar com seu compromisso.

Nas instituições financeiras, existe uma regra de que uma pessoa não pode ter mais do que 30% da sua renda comprometida em um financiamento.

Nesse sentido, o banco ao consultar a renda do cliente saberá se ele terá capacidade de honrar com o empréstimo pessoal.

Por exemplo: alguém quer tomar um crédito no valor de R$ 20 mil. O prazo máximo para pagamento da instituição é de 60 meses. Após a aplicação dos juros, o valor das parcelas fique em R$ 700,00.

PLANILHA CONTROLE GASTOS

Portanto, para o banco liberar este crédito, o ideal é que o cliente possua renda mensal acima de R$ 2.100,00. Existem instituições mais flexíveis, contudo acabam também cobrando mais juros por esse risco.

Dessa forma, fica claro o comprovante de renda mostrar que a pessoa tem condições de arcar com as despesas que contratou junto à instituição.

Quais os documentos que podem servir para comprovar renda?

Assim, no momento de obter crédito junto a uma instituição financeira, o comprovante de renda é um documento indispensável.

No entanto, o que muitos não sabem é que vários documentos podem cumprir essa função, como a holerite, carteira de trabalho e até mesmo declaração de Imposto de Renda. 

EBOOK INVESTINDO EM FIIS

Existem várias formas de como conseguir um comprovante de renda:

  • Holerite;
  • DECORE (Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos);
  • DIRPF (Declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física);
  • Extrato Bancário;
  • Carteira de Trabalho.

Holerite

Primeiramente, o Holerite é conhecido popularmente como contracheque. Sendo assim, todo trabalhador com registro em carteira recebe esse documento no quinto dia útil de cada mês com o seu salário.

De fato: essa é uma das maneiras mais fácil e prática para se conseguir a liberação de um crédito, uma vez que neste documento estão detalhados o salário bruto do trabalhador, bem como o seu salário líquido após os descontos.

Portanto, para a liberação do crédito a instituição financeira exige os últimos 3 holerites como comprovante de renda.

Declaração do Imposto de Renda

Todo ano, todas as pessoas que recebem renda acima do limite considerado isento pelo governo precisam fazer a Declaração do Imposto de Renda.

Portanto, na Declaração do Imposto de Renda constará toda a renda obtida em relação ao ano anterior. Também deve constar no Imposto de Renda todos os bens que você possui.

Por fim, este documento é amplamente aceito como comprovante de renda por todas as instituições bancárias. Todavia, poderá ocorrer do Banco pedir alguns documentos complementares ao Imposto de Renda.

EBOOK GUIA IR

Extrato Bancário

Por outro lado, a aceitação do extrato bancário ainda é bastante controvérsia. E, dessa forma, nem todas as instituições de crédito o aceitam.

No entanto, existem algumas instituições que através do extrato bancário fazem liberação de crédito para o cliente, como um aumento no limite do cheque especial, ou até mesmo aumento do limite do cartão de crédito.

Por outro lado, para operações como financiamento imobiliário ou financiamento de automóveis, dificilmente o extrato bancário servirá como comprovante de renda.

Carteira de Trabalho

Por fim, a carteira de trabalho também serve como comprovante de renda: embora tenha a mesma função do holerite, ela pode ser apresentada caso o trabalhador não encontre os últimos 3 holerites.

Entretanto, se o trabalhador possuir ganhos acima do valor registrado em carteira, como comissão de vendas, bônus de participação nos lucros da empresa, esse documento pode não ser suficiente dependendo do valor da parcela.

No entanto, a carteira de trabalho serve como comprovante de renda, sendo um documento amplamente aceito para a comprovação de renda  junto à bancos e outras instituições de crédito.

DECORE

A Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (Decore) é um documento pouco conhecido, e é desenvolvido por um profissional da contabilidade, ou seja, um contador.

Para o DECORE ser feito, o contador reúne uma série de documentos como recibo de aluguéis, extratos bancários, declaração do imposto de renda, entre outros.

Apesar de ser um documento pouco conhecido, as instituições financeiras aceitam o DECORE como comprovante de renda, sendo esta uma excelente opção para Autônomos e Pequenos Empresários.

Como comprovar a renda de autônomo ou trabalhador informal?

Para fazer o comprovante de renda de autônomo e trabalhador informal, é possível fazer uso de diversos mecanismos, como extrato bancário, recibo do IRPF e o Decore.

Primeiramente, o extrato bancário pode ser obtido facilmente através do internet banking, enquanto o recibo do IRPF é dado pelo próprio aplicativo de preenchimento desse documento feito pela Receita Federal.

Entretanto, o Decore precisa ser feito por um contador profissional, sendo necessário contratar um profissional da área.

Por outro lado, para o comprovante de renda do MEI, além desses documentos, pode-se usar o DASN-SIMEI, A Declaração Anual de Faturamento do Simples Nacional, um documento emitido anualmente para comprovar a receita do empreendimento.

Como fazer um comprovante de renda Decore?

O Decore é um comprovante de renda que precisa ser elaborado por um contador registrado no Conselho Regional de Contabilidade. Ele serve para comprovar os rendimentos de profissionais autônomos ou liberais e é utilizado em diferentes situações, como solicitar crédito, obter financiamentos ou participar de licitações. A seguir, apresentamos um passo a passo para ajudar você a fazer um comprovante de renda Decore:

  1. Procure um contador: A primeira etapa para fazer um comprovante de renda Decore é buscar um contador de confiança. Esse profissional será responsável por elaborar e assinar o documento de acordo com as normas do Conselho Federal de Contabilidade.
  2. Reúna os documentos necessários: O contador irá solicitar uma série de documentos para elaborar o comprovante de renda Decore. Esses documentos podem incluir declarações de Imposto de Renda, extratos bancários, recibos de pagamento, contratos de prestação de serviços, entre outros. Certifique-se de ter todos os documentos em mãos para agilizar o processo.
  3. Informe os rendimentos: Forneça ao contador todas as informações sobre os seus rendimentos. Isso inclui valores recebidos de clientes, empresas ou outras fontes de renda, bem como as despesas dedutíveis relacionadas à atividade profissional. É importante ser preciso e fornecer todas as informações relevantes.
  4. Elaboração da Decore: Com base nas informações fornecidas, o contador irá elaborar a Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (Decore). Esse documento é padronizado e deve seguir as normas estabelecidas pelo Conselho Federal de Contabilidade. O contador irá incluir todas as informações necessárias, como os seus dados pessoais, descrição dos rendimentos e o valor total recebido.
  5. Assinatura e registro: O contador irá assinar a Decore, atestando a veracidade das informações ali contidas. Além disso, o documento deverá ser registrado no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) para ter validade legal. O contador irá cuidar desses trâmites para você.
  6. Recebimento do comprovante: Após o registro no CRC, o contador irá fornecer o comprovante de renda Decore para você. Esse documento pode ser impresso e entregue em mãos ou enviado por e-mail, conforme combinado previamente. Certifique-se de guardar uma cópia para uso futuro, caso seja necessário.

Seguindo esses passos, você estará apto a obter um comprovante de renda Decore de forma adequada e legal. Lembre-se sempre de buscar um contador qualificado e de confiança, pois esse profissional é essencial para garantir a veracidade das informações e a validade do documento.

Qual a importância do Comprovante de Renda?

O comprovante de renda desempenha um papel fundamental em várias áreas da vida financeira, e sua importância não pode ser subestimada. Esse documento é utilizado por diversas instituições, como bancos, locadoras de imóveis e empresas, para avaliar a capacidade financeira de uma pessoa. Além disso, o comprovante de renda também é essencial em processos de solicitação de crédito, financiamentos e até mesmo na obtenção de determinados benefícios governamentais.

Quando se trata de alugar um imóvel, por exemplo, os proprietários geralmente solicitam um comprovante de renda como forma de garantir que o inquilino seja capaz de arcar com o valor do aluguel mensalmente. Esse documento comprova a estabilidade financeira do indivíduo, o que traz segurança tanto para o locador quanto para o locatário.

No contexto bancário, o comprovante de renda é uma peça-chave para a análise de crédito. Os bancos utilizam esse documento para avaliar se um indivíduo tem a capacidade de pagar as parcelas de um empréstimo ou financiamento. Através da comprovação de renda, é possível calcular a relação entre a renda mensal e as despesas existentes, proporcionando uma visão clara da capacidade de endividamento do cliente.

Portanto, o comprovante de renda é um documento de extrema importância, pois fornece evidências objetivas da capacidade financeira de uma pessoa. Seja para alugar um imóvel, solicitar um empréstimo ou obter benefícios governamentais, contar com um comprovante de renda válido e atualizado é essencial para facilitar esses processos e aumentar as chances de obter aprovação.

Foi possível entender quais os documentos que servem como comprovante de renda? Comente abaixo para que possamos tirar mais dúvidas sobre o assunto!

EBOOK COMO ANALISAR UMA ACAO

ACESSO RÁPIDO
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    20 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Lindomar silva 13 de outubro de 2021

      Foi muito util pra mim obrigado.

      Responder
    • DECORE COMPROVANTE DE RENDA PARA AUTONOMOS 21 de dezembro de 2022

      FAÇO DECORE PARA COMPROVAÇÃO DE RENDA DE AUTONOMOS E EMPRESAS, HOLERITE, PROLABORE, DECLARAÇÃO DE FATURAMENTO,BALANÇO PATRIMONIAL, ABERTURA DE EMPRESAS, MIGRAÇÃO MEI PARA ME, ASSESSORIA CONTABIL TEL/ZAP 11 99764 7716.

      Responder