Acesso Rápido

    Valor de Mercado: descubra o que é e como calcular

    Valor de Mercado: descubra o que é e como calcular
    Valor de Mercado

    Diversas informações de uma empresa são importantes na escolha de um investidor no momento de montagem de sua carteira de investimentos. Um dos dados mais relevantes a se considerar é o valor de mercado desse empreendimento.

    Entender o valor de um ativo é essencial na hora de se realizar investimentos e aportes periódicos, uma vez que isso pode basear uma análise de quanto aquele empresa ainda pode crescer. Nesse sentido, o valor de mercado é um dado fundamental para se entender o momento daquela companhia perante o mercado e aproveitar as melhores oportunidades, caso esse número esteja abaixo do valor real que ela poderia ter.

    O que é valor de mercado?

    Valor de mercado é o quanto uma empresa ou produto está valendo para o mercado, conforme a lei de oferta e demanda. Sendo assim, para as companhias negociadas na bolsa de valores, por exemplo, saber esse dado é muito importante para realizar bons investimentos.

    A todo momento, se vê produtos semelhantes com preços totalmente diferentes, a diferir, muitas vezes, pela marca que ela está associada, levando em conta a sua alta procura (demanda). Isso faz com que este possa ficar com um de valor de mercado acima de seu valor real.

    Para uma empresa isso não é diferente. Por isso, o valor de mercado serve para poder avaliar o quanto o mercado está pagando por determinada empresa. Contudo, o investidor não deve confundir esse valor com o preço justo da companhia ou com o patrimônio líquido da empresa.

    Como calcular o valor de mercado de uma empresa?

    Enquanto o preço justo de uma ação é obtida através do cálculo do Valuation, o Valor de Mercado (VM) é um número pronto, disponível publicamente. Sua fórmula é simples:

    • VM = Número de ações emitidas X Cotação

    Para entender melhor como funciona o valor de mercado das empresas, é importante explicar cada um desses termos. O número de ações emitidas é simplesmente o total de ações (ordinárias e preferenciais) em posse de todos os acionistas da empresa, de controladores e minoritários.

    Nesse caso, não entra na conta as ações em tesouraria detidas pela companhia. Quando a companhia possui mais de uma classe de ações, somamos o VM para as PN e para as ON.

    Ou seja, o VM mede o montante pelo qual a companhia está sendo negociada no mercado em um determinado momento.

    Assim, se trata de uma métrica dinâmica, que muda sempre que a cotação varia ou o número de ações muda de patamar. Mas aqui cabe uma ressalva: o número de ações só influencia o valor de negociação da companhia quando ocorre a emissão de novas cotas.  Sendo assim, mudanças contábeis, como desdobramentos, grupamentos e bonificações não afetam o VM. 

    Por exemplo, digamos que no dia 1.º de fevereiro de 2022 uma empresa possui 100.000.00 de ações em circulação e a cotação às 15:45 fosse de R$ 18,95. Nesse caso, o VM seria de 100.000.00 X R$ 18,95, ou cerca de R$ 1,9 bilhão.

    O que influencia o valor de mercado?

    A lei da oferta e da demanda é o principal fator que faz com que o valor de mercado de uma companhia tenha oscilações a todo momento. Isso é visivelmente perceptível no mercado de ações, por exemplo.

    Quanto mais adquirida as ações de uma empresa em detrimento de suas vendas, maior valorização de cada uma de suas cotas aquela companhia vai ter, levando em conta um número de oferta dessas ações em um número fixo, conforme o que diz a lei da oferta e da demanda. Assim, o valor de mercado da mesma também será maior.

    No entanto, existem uma série de fatores que fazem com que uma ação seja mais vendida ou mais comprada em um determinado período de tempo. As variações de seu preço vão depender de diversos acontecimentos pontuais, mas a princípio, a ideia é que ações de empresas com melhor saúde financeira e que tenham um potencial de crescimento de seu faturamento e resultados, são as mais procuradas pelos investidores.

    Desse modo, notícias que podem prejudicar o faturamento de uma empresa, dívidas acumuladas ou qualquer outro fator que diminuam as chances daquela empresa continuar crescendo a médio e longo prazo, podem fazer com que os investidores vendam mais as suas ações. 

    Caso isso ocorra em maior volume em relação às compras, o preço pode cair, considerando um período sem novas emissões de cotas, que seria o aumento da oferta de ações).

    Faixas de Valores de Mercado

    Uma vez que o VM se refere ao valor de negociação da companhia como um todo, então o valor irá oscilar. Basicamente, é costume do mercado separar as empresas em quatro tipos, de acordo com o tamanho de cada uma:

    • Micro Caps;
    • Small Caps;
    • Mid Caps;
    • Large Caps.

    Esta, por sua vez, não é uma classificação única. Existe o costume de também separar as empresas pelo tamanho da receita líquida ou pela liquidez das ações. Além disso, as faixas de valores que separam cada categoria também não são padronizadas.

    Valor de Mercado da Petrobrás

    Valor de Mercado (azul) e Cotacao PN (vermelho) da Petrobrás - Economatica
    Valor de Mercado (azul) e Cotacao PN (vermelho) da Petrobrás – Economatica

    A Petrobrás (PETR3, PETR4) é um exemplo de uma Large Cap, empresas com VM superior a R$ 100 bilhões. Importante lembrar que o VM oscila de maneira parecida com a cotação de uma ação, desse modo, algumas empresas podem variar entre essas categorias. 

    As Large Caps representam praticamente metade da capitalização total da bolsa, enquanto as Micro Caps representam apenas 1%. Isso ocorre porque a bolsa costuma ser o lugar para as empresas captarem recursos quando já estão em um tamanho considerável.

    Valor de Mercado da Weg

    Valor de Mercado (azul) e Cotacao (vermelho) da Wege - Economatica
    Valor de Mercado (azul) e Cotacao (vermelho) da Weg – Economatica

    Já a Weg (WEGE3) é o exemplo de uma Mid Cap, empresas com VM entre R$ 10 e R$ 100 bilhões.

    Valor de Mercado da São Carlos

    Valor de Mercado (azul) e Cotacao (vermelho) da Sao carlos - Economatica
    Valor de Mercado (azul) e Cotacao (vermelho) da São Carlos – Economatica

    Enquanto isso, a São Carlos (SCAR3) é o exemplo de uma Small Cap, empresas com VM entre R$ 1 e R$ 10 bilhões.

    Valor de Mercado da Senior Solutions

    Valor de Mercado (azul) e Cotação (vermelho) da Senior Solutions - Economatica
    Valor de Mercado (azul) e Cotacao (vermelho) da Senior Solutions – Economatica

    Do mesmo modo, a Senior Solutions (SNSL3) é uma Micro Cap, empresas com VM inferior a R$ 1 bilhão. 

    As Micro Cap costumam ser as empresas com maior potencial de crescimento, mas também as mais arriscadas na hora de se investir. Nesse caso, é preciso sempre ter uma análise fundamentalista da empresa em questão.

    Ficou com alguma dúvida sobre o valor de mercado? Deixe nos comentários.

    Perguntas frequentes sobre valor de mercado
    O que é valor de mercado?

    Valor de mercado é o quanto uma empresa ou produto está valendo para o mercado, conforme a lei de oferta e demanda. Sendo assim, para as companhias negociadas na bolsa de valores, por exemplo, saber esse dado é muito importante para realizar bons investimentos.

    Como calcular o valor de mercado?

    VM = Número de ações emitidas X Cotação

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    7 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Marco Antonio 23 de novembro de 2019

      Boa tarde, preciso saber como chegamos a estes dados (P/L normalizado de 17,7 vezes lucro dos últimos 12 meses e EV/Ebitda
      de 10,2x, bem inferior a players internacionais (Booking e Expedia negociam
      a 19x e 28x respectivamente). ).
      O que seria um P/L normalizado?
      Como se chega neste valor de 17x o lucro?
      Obrigado

      Responder
    • Daniel 18 de abril de 2020

      Ao determinarmos o valor mercado de uma empresa ao multiplicarmos simplesmente o nº de ações PN x sua cotação e somarmos o nº de ações ON x sua cotação o resultado não bate com os sites de informação fundamentalista como por exemplo o statusinvest, site que utilizo muito. Especialmente quando uma empresa tem ações do tipo “3”, “5”, “6” ou “11” nunca consigo achar o valor de mercado por uma multiplicação simples. Poderia me explicar como é feito este cálculo, por exemplo Banco Pactual – BPAC 3, 5 e 11…?

      Responder
    • vitorh 30 de junho de 2020

      O valor de mercado seria uma ”ilusão” do valor da empresa?
      Pois apenas entrara no cálculo as ações emitidas, e não um cálculo proporcional das ações retidas na tesouraria juntamente com as ações em circulações

      Responder
      • Suno Research 1 de julho de 2020

        Bom dia
        O valor de mercado é usado como maneira de saber se uma empresa esta sendo negociada a valor justo de mercado.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Karlla Dantas 16 de setembro de 2020

      Quais possíveis influências do ocaso sobre o valor de mercado de um bem imóvel?

      Responder
      • Suno Research 17 de setembro de 2020

        Olá, Karlla! Tudo certo?
        Por não sofrer precificação diariamente, é difícil prever quais seriam as possíveis influências do acaso sobre o valor de um bem imóvel.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Karlla Dantas 16 de setembro de 2020

      Quais possíveis influências, do ocaso sobre o valor de mercado de um bem imóvel?

      Responder