Acesso Rápido

    Tabela Fipe: o que é? Como calcular o preço dos automóveis?

    Tabela Fipe: o que é? Como calcular o preço dos automóveis?

    É bastante comum ver a Tabela Fipe relacionada à compra e venda de veículos usados. É usada também no cálculo de impostos. Dessa forma, é um fator que interfere no planejamento financeiro de quem possui carro ou moto.

    A Tabela Fipe, apesar de ser uma referência bastante usada pelo mercado, é apenas um dos fatores que influencia no valor de veículos, e possui algumas limitações. Contudo, conhecer bem como funciona essa tabela é essencial para uma negociação na compra de veículo, especialmente no caso dos semi-novos.

    O que é Tabela Fipe?

    Tabela Fipe é a referência dos valores de automóveis em território nacional. Abrange carros, utilitários, motos, triciclos, quadriciclos, caminhões e micro-ônibus novos, seminovos ou usados.

    A Tabela Fipe também é conhecida como tabela fipe de automóveis ou tabela fipe de veículos e é desenvolvida pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) – por isso o nome Fipe.

    A Fundação é uma organização sem fins lucrativos, que foi criada em 1973. Entretanto, as tabelas referentes a preços de veículos só começaram a ser disponibilizadas em 2001.

    Entre seus usos está a negociação de automóveis, financiamentos e o cálculo como valor presente em apólice de seguros relacionados a veículos. Além disso, ela também é utilizada para o cálculo de tributos, como o Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA).

    Planilha da Vida Financeira

    Coloque suas finanças em ordem! Baixe gratuitamente nossa planilha e aprenda a planejar todas as etapas da sua vida financeira da melhor forma!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Como funciona a Tabela Fipe?

    Para aquelas pessoas que tem intenção de comprar ou vender um veículo, a tabela fipe do Brasil é essencial para realizar a avaliação de preços.

    Essa tabela pode contribuir inclusive para quem deseja trocar de carro e comprar um carro zero km, visto que é possível fazer uma análise comparativa com modelos anteriores e seminovos.

    Contudo, vale ressaltar que os preços que constam nessa tabela não necessariamente serão os preços que o comprador e vendedor irão encontrar no mercado. Esse fator ocorre porque existem fatores relacionados aos automóveis que não são levados em conta nos valores apresentados por essa tabela.

    Ainda em relação a esse ponto, vale ressaltar que nos casos de compra e venda em concessionárias de veículos, os valores em geral costumam ser superior ao da Tabela Fipe.

    Isso ocorre porque nesse tipo de transação, são incluídos, além do valor do veículo, a comissão do vendedor e o lucro do estabelecimento. Além disso, é importante ressaltar que o valor que consta nessa tabela é uma média ponderada, a qual leva em conta uma série de fatores.

    Dessa forma, apesar de ser uma tabela que funciona como referência dos preços para automóveis, ela não impõe os preços sobre o mercado.

    Dessa forma, ela acaba por funcionar como um indicativo de preço, o que facilita principalmente para negociações apenas entre pessoas, sem passar por concessionárias de automóveis.

    Para que serve a Tabela Fipe?

    A Tabela Fipe serve como referência para todas as negociações que envolvem automóveis. Nesse sentido, essa tabela serve tanto para compra e venda de automóveis como também serve de referência para negociação de contratos de seguro, por exemplo.

    A partir da referência de valores que consta nessa tabela fica mais fácil para uma pessoa vender ou comprar um automóvel.

    Apesar dos valores encontrados no mercado não serem necessariamente idênticos ao da tabela, o comprador ou vendedor de determinado automóvel sabe que os valores da negociação não devem ficar muito acima ou muito abaixo dos valores que constam na tabela.

    Com relação ao seguro de veículos, há dois fatores que a Tabela Fipe possui importância:

    • O primeiro é que como o cálculo dos seguros leva em conta entre outros fatores o valor de mercado do veículo, é importante comparar quais serão os custos relacionados ao seguro do automóvel com relação ao valor de mercado do mesmo.
    • O segundo fator relacionado ao seguro de automóveis possui impacto mais direto. Quando há um sinistro relacionado ao automóvel e a seguradora terá que pagar ao segurado o valor integral do automóvel, o valor de referência utilizado para realizar esse pagamento é justamente a tabela fipe.

    Dessa forma, caso um automóvel seja roubado, por exemplo, o valor a ser pago pelo seguro corresponde ao valor daquele veículo na tabela fipe.

    Além disso, os valores presentes na tabela fipe impactam diretamente em tributos relacionados aos automóveis, como é o caso do IPVA. No Estado de São Paulo, por exemplo, o valor do IPVA corresponde a cerca de 4% do valor de um carro. Em suma, caso uma pessoa adquira um carro de R$ 100.000,00 em São Paulo deverá pagar cerca de R$ 4.000,00 ao ano de IPVA.

    Nesse sentido, a tabela fipe também servirá para a pessoa avaliar os custos que ela terá não apenas com a compra de um veículo mas também com os custos em manter o automóvel. Sejam os custos relacionados ao seguro do veículos ou também com relação ao IPVA.

    Como funcionam os preços da Tabela Fipe?

    A tabela fipe funciona a partir da coleta de dados referentes aos preços de mercado dos automóveis no Brasil. Como apresentado anteriormente, essa tabela inclui preços de referência de carros, motocicletas, micro-ônibus, caminhões, entre outros veículos automotores.

    Além disso, nessa tabela são incluídos preços de automóveis novos, seminovos e usados. Durante o processo de análise de dados, a FIPE busca descartar os valores discrepantes.

    Ou seja, valores muito abaixo ou muito acima da média de mercado, em geral, são descartados no momento de realizar a análise estatística. Após descartar os preços discrepantes, é realizada o cálculo da média dos valores cobrados por cada automóvel e assim se chega ao preço de veículos na tabela fipe.

    Para realizar a análise estatística, os principais fatores levados em conta fora os preços de mercado, são a montadora fabricante, o modelo e o ano do modelo do veículo em questão.

    A partir dessa diferenciação, a FIPE consegue proporcionar ao mercado de automóveis a maior precisão possível com relação ao valor de mercado dos veículos comercializados no país.Os preços que constam na tabela sempre são os preços daquele período.

    Dessa forma, para conseguir ter uma conexão com realidade dos preços praticados no mercado, a tabela fipe é atualizada mensalmente, de forma a facilitar tanto as negociações relacionados a esse mercado no Brasil como também para ter uma maior exatidão estatística dessa tabela de referência.

    Visto que o funcionamento dessa tabela é feito a partir de médias de mercado e cálculos estatísticos, vale ressaltar que a FIPE é uma fundação de referência em relação à preços de mercado.

    Além da tabela FIPE ligada à automóveis, essa fundação também é responsável por cálculos de outros índices de preço, como é o caso do IPC-FIPE (Índice de Preços ao Consumidor), esse é inclusive um dos principais índices de inflação utilizados no Brasil.

    Dessa forma, o histórico e a credibilidade que a FIPE proporciona ao mercado colabora para que os preços de negociação estejam em geral próximos aos valores da tabela. Isso facilita inclusive nas negociações de compra e venda feitas sem intermediários, visto que essa tabela concede uma maior segurança tanto ao comprador quanto ao vendedor.

    Como consultar a Tabela FIPE?

    A tabela fipe pode ser consultada tanto no próprio site da tabela fipe oficial como também em outros sites de avaliação de automóveis. A consulta pelo site da FIPE é bem simples e pode ser acessada por qualquer pessoa.

    Para consultar no site da FIPE, basta acessar o site da fundação e clicar na aba “índices e indicadores”. Após clicar nessa aba irá abrir uma tela com todos os índices calculados pela fundação. Nessa tela, é necessário clicar no botão “Preço Médio de Veículos”.

    Após clicar nessa opção irá abrir uma tela com a possibilidade para a consulta dos preços de automóveis, divididos da seguinte maneira:

    • Carros e utilitários pequenos;
    • Caminhões e Micro-ônibus;
    • Motos.

    No momento em que é realizada a consulta, irá aparecer as informações do veículos inseridas, o valor atual desse veículo na tabela e também a data em que essa consulta foi feita.

    A data presente nessa consulta é importante porque como esses valores são atualizados constantemente é necessário ter sempre o último preço disponível no momento de realizar uma negociação.

    Tabela Fipe de carros

    No acesso à tabela Fipe, para consultar a tabela fipe de carros é necessário clicar na opção “consulta de carros e utilitários pequenos”. Após acessar essa página será necessário inserir três informações para consultar o preço do carro na fipe, entre elas:

    • Marca do veículo;
    • Modelo do veículo;
    • Ano modelo do veículo.

    Após inserir essas três informações, o site disponibilizará o valor de carros na tabela fipe no mês em que a consulta está sendo realizada.

    Essa consulta também pode ser realizada por intermédio do código FIPE desse veículo, esse código pode ser um facilitador para quem precisa consultar o mesmo veículo com frequência.

    Tabela Fipe de motos

    Com relação à tabela Fipe de motos, o processo para consulta é bastante similar à consulta de carros. No momento de realizar a consulta será necessário clicar na aba “Consulta de motos” e inserir a marca, modelo e ano modelo da moto em questão. Após inseridas essas informações, será apresentado o preço da tabela no mês de consulta.

    Planilha de Orçamento Familiar

    Como anda a organização das suas contas? Baixe gratuitamente nossa planilha de Orçamento Familiar e melhore o planejamento financeiro da sua família!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Como é feito o cálculo da Tabela Fipe?

    Para desenvolver a tabela, a Fipe faz um trabalho de campo, buscando especialmente em concessionárias os valores que são cobrados por cada veículo.

    Após captar esses dados, são excluídos o maior e o menor valor encontrado e, com os preços restantes é feito o cálculo.

    A Tabela Fipe leva em conta a média dos preços cobrados por veículos para o consumidor final (mercado B2C), com pagamento à vista, em reais. O levantamento considera três aspectos: marca, modelo e versão. Os valores são atualizados mensalmente.

    Aspectos que não considerados

    Apesar de o índice servir como referência nacional, os preços de fato cobrados pelos veículos sofrerão variações de acordo com a região onde eles são comercializados.

    Por exemplo, em regiões mais rurais automóveis como caminhonetes e veículos 4×4 são mais valorizados. Assim, também influenciam no valor efetivamente cobrado pelas concessionárias itens como:

    • Quilometragem do veículo;
    • Cor;
    • Condição do carro;
    • Histórico de batidas;
    • Quantidade de proprietários anteriores.

    Assim, anúncios de venda que enfatizam praticar um preço menor do que o da Tabela Fipe são bastante comuns.

    Bem como é possível encontrar ofertas de compra que prometem pagar o preço “cheio” da tabela como forma de demonstrar valorização pelo produto vendido pelo cliente.

    Além disso, a Tabela Fipe não considera aspectos específicos dos carros que analisa. Os preços específicos de veículos blindados, por exemplo, não são considerados na pesquisa. O preço que constará no índice será o do veículo sem a blindagem.

    O mesmo ocorre com os opcionais, que influenciam no preço de revenda do bem. Essa característica dificulta a precificação dos carros com estas especificações.

    No caso de automóveis novos, o levantamento faz a estimativa sobre uma média entre os preços de versões ofertadas sem opcionais e com pacotes médio e completo desses itens.

    Em relação aos usados, também não são consideradas as particularidades veículos utilizados para fins profissionais ou especiais, que tendem a apresentar maior desgaste que os particulares. Outro ponto a atentar é que o ano do veículo presente nesta referência diz respeito ao ano do modelo, não ao ano de fabricação.

    Como a Tabela Fipe é atualizada?

    A atualização da tabela fipe é feita mensalmente. A atualização dos preços é feita da mesma forma pela qual é construída a tabela. É feita uma nova consulta nacional dos preços daquele veículo, excluídos os valores muito discrepantes e após isso calculada a média de mercado.

    Nesse sentido, o valor de um veículo pode variar de um mês para outro. O valores costumam variar de forma mais abrupta quando são lançados novos modelos de um veículo.

    Nesse sentido, como determinado veículo passa a ter mais uma versão nova, o carro tende a sofrer uma depreciação.

    Além dos fatores inerentes aos lançamentos novos da montadora do veículo, fatores relacionados à conjuntura econômica também podem ter um impacto maior sobre a atualização de preços do veículo.

    Uma crise econômica, por exemplo, pode levar a queda na fabricação de novos veículos e consequentemente à uma elevação do preço dos veículos disponíveis no mercado.

    Vale ressaltar que no caso de automóveis, com exceção de períodos atípicos, a tendência é que os preços dos veículos na tabela fipe diminuam com o decorrer do tempo. Esse fator ocorre porque a cada ano que se passa o veículo passa por um desgaste e depreciação natural, além de cada vez que um novo modelo é lançado, esse veículo passa a ser cada vez mais obsoleto.

    Alguns fatores podem ainda a cada atualização de preços aumentar a discrepância entre o preço cobrado por veículos usados e seminovos em relação aos veículos novos. Um dos principais fatores em relação a isso é a cotação do dólar.

    Como muitas vezes, os veículos demandam a importação de peças para fabricação, uma alta no dólar pode aumentar o preço dos veículos novos.

    Portanto, em momentos de variação cambial onde há desvalorização do real, é comum ver o aumento da demanda por automóveis usados. Esse movimento pode ser captado pela tabela fipe, visto que o preço dos veículos novos tendem a ter uma elevação nos preços superior ao dos veículos usados e seminovos.

    5 Amostras Gratuitas para você conhecer a Suno!

    Conheça a Suno: cadastre-se e receba 5 amostras totalmente gratuitas dos relatórios e materiais que enviamos aos nossos assinantes.

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Vale a pena utilizar a Tabela Fipe?

    A questão sobre se vale a pena utilizar ou não a tabela fipe na prática é uma questão sobre como utilizar a tabela fipe.

    Visto que o valor da tabela fipe é uma referência com relação aos preços de mercado, ela sempre será uma fonte de informações a mais para quem precisa comprar ou vender um veículo e também para quem trabalha diretamente com o mercado de automóveis.

    Contudo, há casos em que a utilização dessa tabela como referência não vale tanto a pena. Em geral, esses casos estão relacionados à transações específicas, como por exemplo, compra de carros adaptados para deficientes.

    Outras ocasiões em que a Tabela Fipe acaba não tendo uma boa precisão é no caso de compra de carros para exercer atividades profissionais, como taxistas.

    Apesar de haverem outras negociações de veículos que possuem especificidades que façam com que os preços sejam bem diferentes da tabela fipe, a tabela pode servir como um ponto de partida. É o caso por exemplo das diferenças regionais de preços.

    Em regiões onde determinado tipo de veículo é mais caro ou mais barato que as demais, a tabela serve para o comprador ter uma noção dos valores que são negociados esse veículo.

    Por exemplo, suponha que uma pessoa deseja vender uma caminhonete na região centro-oeste, onde esses veículos são mais valorizados. Nesse caso, o vendedor sabe que o valor que esse veículo pode ser vendido é com certeza superior ao valor apresentado na tabela fipe.

    Além disso, a tabela fipe vale a pena para negociações entre duas pessoas sem intermediários. Muitas vezes uma pessoa que não está acostumada a realizar esse tipo de negócio pode ficar insegura com os valores ofertados.

    Dessa forma, a tabela fipe é interessante para servir de referência e deixar ambas as partes do negócio mais tranquila com relação aos valores apresentados.

    Contudo, vale sempre ressaltar que a tabela fipe é uma média e não inclui uma série de fatores, como apresentado acima. Por exemplo, caso o veículo possua dívidas em atraso, especialmente IPVA, a negociação da dívida deve ser feita previamente para chegar ao valor final do veículo.

    Mas mesmo nesses casos, a tabela é uma boa referência para iniciar a negociação.

    Conseguiu entender mais sobre a Tabela Fipe? Caso tenham restado dúvidas, escreva-as nos comentários abaixo.

    Perguntas sobre a tabela FIPE
    Como ver preço tabela Fipe?

    A Tabela Fipe pode ser consultada tanto no próprio site da Tabela Fipe oficial como também em outros sites de avaliação de automóveis. A consulta pelo site da FIPE é bem simples e pode ser acessada por qualquer pessoa.
    Para consultar no site da FIPE, basta acessar o site da fundação e clicar na aba “índices e indicadores”. Após clicar nessa aba irá abrir uma tela com todos os índices calculados pela fundação. Nessa tela, é necessário clicar no botão “Preço Médio de Veículos”.

    O que é Fipe?

    Tabela Fipe é a referência dos valores de automóveis em território nacional. Abrange carros, utilitários, motos, triciclos, quadrículos, caminhões e micro-ônibus novos, seminovos ou usados. A Tabela Fipe também é conhecida como tabela fipe de automóveis ou tabela fipe de veículos e é desenvolvida pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) – por isso o nome Fipe.

    Como saber o código Fipe de um veículo?

    Para consultar no site da FIPE, basta acessar o site da fundação e clicar na aba “índices e indicadores”. Após clicar nessa aba irá abrir uma tela com todos os índices calculados pela fundação. Nessa tela, é necessário clicar no botão “Preço Médio de Veículos”.
    Após clicar nessa opção irá abrir uma tela com a possibilidade para a consulta dos preços de automóveis, divididos em carros, caminhões e motos. Após inserir as características do veículo, o site disponibilizará o valor desse veículo na tabela e o código FIPE.

    Qual ano devo colocar na tabela Fipe?

    Para efeito de consulta dos valores de automóveis na tabela Fipe, é necessário consultar os veículos pelo ano de modelo e não pelo ano de fabricação. Essa confusão entre as duas datas pode gerar um valor de referência muito diferente no momento da consulta.

    Como saber o preço de tabela de um veículo?

    Para consultar os preços de veículo na tabela fipe, basta acessar o site da FIPE. Após acessar o site da fundação, entrar na aba índices e indicadores e depois preço médio de veículos. Após clicar nesse último item, basta selecionar o tipo de veículo e incluir as informações acerca do mesmo, como marca, modelo e ano.

    Bibliografia

    http://bd.tjmg.jus.br/jspui/handle/tjmg/7181
    https://portal.fazenda.sp.gov.br/Noticias/Paginas/IPVA-2021-ser%C3%A1,-em-m%C3%A9dia,-6,77-porcento-mais-barato-para-propriet%C3%A1rios-paulistas.aspx
    http://revista.fatecbt.edu.br/index.php/tl/article/view/620

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    3 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Paulo 6 de agosto de 2019

      Como sempre, direto ao assunto!

      Responder
    • Eliton 9 de maio de 2020

      Quantos artigos a suno fez?
      Estou impressionado, para quase tudo que se pesquisa tem um artigo da suno.
      Ótima utilização de SEO.

      Responder
    • Hualter 8 de novembro de 2020

      Aqui na minha cidade ( juiz de fora ) o pessoal é bem oportunista, só vende bem acima da tabela , e devido a falta de motos na região tem idiota que compra esses lixos, motor refeito e tudo mais

      Responder