Acesso Rápido

    Petlove: saiba mais sobre a startup do mercado pet

    Petlove: saiba mais sobre a startup do mercado pet

    A Petlove é um dos maiores players do Brasil no mercado Pet, oferecendo diversos produtos e serviços tanto no ambiente virtual quanto no mundo físico para donos de pets. Com uma proposta de valor diferenciada, a startup vem surfando um crescimento exponencial.

    Fundada ainda em 1988 por um médico veterinário, a Petlove nos últimos anos conseguiu ampliar seu leque de soluções para o mercado, sobretudo por meio do e-commerce. Com isso, passou a chamar a atenção de outras empresas e também dos investidores do mercado, os quais desejam conhecer mais sobre essa startup pet.

    História da Petlove

    A história da Petlove começa ainda no século passado — há mais de 30 anos, em 1988 — com a abertura pelo fundador Marcio Waldman de sua clínica veterinária em São Paulo capital. No estabelecimento, o empreendedor também possuía uma loja de produtos pet, que pode ser considerada o embrião da companhia dos dias atuais.

    Mais tarde, no final da década de 90, em 1999, Márcio deu um grande passo como empreendedor e criou a primeira versão de loja online dos seus produtos.

    A ideia do fundador era dar mais eficiência para a jornada de compra daqueles que se deslocavam à clínica apenas em busca dos produtos pet.

    Esse e-commerce criado deu vida ao PetSuperMarket, que veio a ser o primeiro nome da empresa e que foi substituído por Petlove em 2012. Com o passar do tempo, a nova companhia teve um papel fundamental no crescimento do setor pet como um todo.

    Isso porque a startup Petlove foi responsável pelo desenvolvimento de um dos maiores petshops online do Brasil, ganhando market share e oferecendo milhares de produtos para cães, gatos e outros pets.

    E não para por aí, já que o modelo de negócios da startup ampliou, oferecendo serviços,  conteúdo, informações para pais e mães de pets de todo o país.

    Modelo de negócios da Petlove

    O crescimento da startup Petlove não é à toa. Como foi colocado, a empresa possui uma proposta de valor bastante completa, oferecendo não apenas produtos, mas também serviços e conteúdos úteis para os donos de pets.

    Na parte de conteúdo orgânico, no qual a companhia pretende estar presente e ganhar confiança de seu possível cliente, a Petlove possui um arcabouço completo de informações sobre os tipos de raças dos animais e sobre as possíveis doenças.

    No que se refere às enfermidades que os animais podem ter, a companhia Petlove possui um portal onde descreve a forma de transmissão, as manifestações clínicas, o diagnóstico, tratamento, formas de prevenção e até mesmo referências bibliográficas sobre cada doença. Ainda, aproveita a oportunidade de acesso do leitor para oferecer o serviço de veterinário em domicílio.

    Abaixo, um pouco mais sobre o modelo de negócios da Petlove na parte de produtos e serviços:

    Linha de produtos da Petlove

    A linha de produtos da Petlove foi o primeiro braço da companhia, antes do oferecimento da linha de serviços. Na parte dos itens, a empresa comercializa tanto a parte de alimento quanto a de não-alimento, sendo que:

    • Linha alimento: rações e petiscos comestíveis;
    • Linha não-alimento: acessórios, brinquedos, casinhas, roupas, remédios, etc.

    Um grande fator que levou a Petlove a passar por um longo período de crescimento de receita líquida foi a variedade de opções dentro da sua linha de produtos e também as possibilidades de assinatura, que dão recorrência de vendas. O e-commerce da empresa possui mais de 15 mil itens disponíveis, entre marcas próprias e de terceiros.

    Linha de serviços da Petlove

    Outra parte importante do modelo de negócios da empresa é a linha de serviços da Petlove. Sem dúvida, essa é uma das linhas de resultado que deve chamar mais atenção, já que a startup oferece diversos serviços inovadores, como:

    • Veterinário à domicílio;
    • Passeador de animais;
    • Creche para os pets;
    • Pet sitter;
    • Hospedagem animal.

    Principais informações sobre a Petlove

    Após conhecer um pouco mais sobre o que a Petlove oferece no mercado pet, muitos investidores procuram por outras informações da empresa. Por exemplo, a respeito de seus fundadores, rodadas de investimentos e valuation.

    Abaixo, portanto, algumas das principais informações sobre a Petlove:

    Fundadores da Petlove

    Um ponto importante ao conhecer uma startup inovadora e de sucesso é saber um pouco mais sobre os seus fundadores. É por isso que muitos desejam conhecer quais são os fundadores da Petlove.

    No caso, diferente da maior parte das startups, a Petlove foi fundada por um único empreendedor, o médico veterinário Marcio Waldman. Graduado pela Universidade de São Paulo (USP), iniciou os negócios com uma clínica veterinária em São Paulo, e em pouco tempo incluiu uma loja com produtos pets no estabelecimento.

    Após um período em operação, alguns de seus clientes começaram a reclamar que devido ao trânsito da cidade estava começando a ficar difícil ir às compras na loja. Este fato, sem dúvida, foi um marco na história da Petlove.

    Isso porque esse problema na jornada de compra do seu cliente fez com que Waldman acendesse um alerta para outras formas de oferecer seus produtos. Então, em 1998, em um congresso nos EUA, Márcio conheceu o início da internet e das possibilidades de vendas online.

    Foi assim que o empreendedor — sempre ligado às possibilidades do ambiente virtual — começou com a ideia de criar seu primeiro pet shop online. Um ano depois, em 1999, o fundador lançou o Petsupermarket, que depois se transformaria na Petlove.

    Rodadas de investimentos da Petlove

    Como a maior parte das startups, houveram rodadas de investimentos da Petlove para financiar seu alto crescimento. Afinal de contas, para conseguir desenvolver novos produtos e serviços e para melhorar seus canais digitais, a companhia precisou de muitos recursos financeiros.

    Em uma rodada de investimentos de abril de 2020, a Petlove levantou o equivalente a 250 milhões de reais para, como coloca a empresa, “criar plataforma de tecnologia com marketplace de pet shops e de veterinários”. Esta rodada foi liderada pelo conglomerado SoftBank.

    Outra rodada de investimentos da Petlove aconteceu em setembro de 2021. Sendo a mais relevante até aquele momento, a rodada foi liderada pela gestora Riverwood Capital e fez com que a Petlove&Co recebesse um aporte adicional de 750 milhões de reais.

    Vale destacar, ainda, que a startup petlove ainda realizou uma operação em 2021 com a Porto Seguro (PSSA3). Na operação, a seguradora comprou 13,5% da Petlove, tendo como contrapartida a transferência para a empresa da operação Health for Pet.

    Valuation da Petlove

    Conhecendo um pouco mais sobre a startup, muitos investidores do mercado financeiro devem se perguntar sobre o valuation da petlove. Afinal de contas, esta é uma das maiores e mais promissoras companhias de um dos setores com maior crescimento na economia.

    Apesar da curiosidade por essa avaliação da startup, é preciso ressaltar que não é possível afirmar precisamente qual o seu valor. Isso porque, ao contrário das empresas com capital aberto na bolsa de valores, a Petlove não possui um valor de mercado (market cap) dado pela cotação de ações na bolsa.

    Sendo assim, para se aproximar de um valuation para a companhia, é preciso levar em conta as últimas transações de venture capital realizadas. Assim, analisa-se o valor aportado e o percentual de cada negociação para avaliar a totalidade da empresa.

    No caso da Petlove, as estimativas de valuation já alcançam os bilhões de reais. Após a rodada de investimento de agosto de 2021, com o aporte de 750 milhões de reais, a empresa foi avaliada em cerca de R$3,5 bilhões.

    E então, conseguiu entender mais sobre o que é e o que faz a startup Petlove? Deixe abaixo suas dúvidas e comentários sobre a empresa.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *