Acesso Rápido

    Quer ter mais retorno nos investimentos? Saiba o que fazer

    Quer ter mais retorno nos investimentos? Saiba o que fazer

    É inegável que todo investidor em sua caminhada no universo de investimentos, seja na renda fixa ou na renda variável, se preocupa com a rentabilidade financeira obtida. Não é à toa que tantos procuram saber como ter mais retorno nos investimentos.

    Afinal de contas, conseguir uma rentabilidade maior com um risco controlado pode fazer o investidor atingir seus objetivos de maneira mais rápida. Portanto, é fundamental conhecer um pouco mais a fundo a discussão sobre como ter mais retorno nos investimentos.

    Por que ter mais retorno nos investimentos?

    Muitos podem achar óbvia a resposta de por que ter mais retorno nos investimentos. Afinal, obter uma rentabilidade mais elevada significa, em outras palavras, ganhar mais dinheiro com os investimentos.

    Isso é possível pelo aumento da TIR (Taxa Interna de Retorno) do investimento, fazendo com que o capital aplicado seja multiplicado por uma taxa mais elevada. Contudo, apesar de simples, a discussão por trás da análise de rentabilidade é extensa.

    Primeiramente, porque pequenos percentuais de retorno a mais alcançados pelo investidor podem alterar, e muito, sua jornada. Para se ter uma ideia, o gráfico abaixo demonstra o montante acumulado após 40 anos de investimento mensal de R$1.000,00 por investidores com de 10% a 15% de rentabilidade anual:

    como ter mais retorno nos investimentos

    No exemplo, o total investido ao longo dos 40 anos foi de R$480.000,00 (480 meses investindo R$1.000,00). Todavia, o total acumulado foi muito maior do que este valor, sendo também exponencialmente relacionado ao percentual anual de rentabilidade obtido.

    Abaixo, o valor acumulado por cada investidor ao final do período:

    • 10%: R$ 5.594.607,40;
    • 11%: R$ 7.391.286,90;
    • 12%: R$ 9.793.071,01;
    • 13%: R$ 13.005.040,83;
    • 14%: R$ 17.301.103,98;
    • 15%: R$ 23.046.670,53.

    Fica evidente, portanto, que mesmo pequenos percentuais de retorno a mais obtidos pelo investidor ao ano são capazes de fazer toda diferença no longo prazo. O retorno do investidor que obteve 15% a.a foi mais que 4x maior que aquele que obteve 10% a.a.

    Esse fato é um reflexo evidente do efeito dos juros compostos ao longo do tempo. E é justamente por isso que é tão importante saber como investir melhor, já que pequenos esforços do investidor hoje podem fazer toda diferença no futuro.

    Controle de risco e retorno nos investimentos

    Obviamente, o retorno é importante, mas não há como deixar de lado o controle de risco da carteira de investimento. Afinal, não existe almoço grátis, já que, na maior parte das vezes, a elevação do retorno é acompanhada de um risco maior.

    Isso significa que é uma ilusão acreditar que aumentar o retorno da carteira seja algo simples de ser realizado. Sendo que é necessário muito estudo, análise e controle para conseguir elevar a rentabilidade de forma responsável e adequada com a aversão ao risco do investidor.

    Além disso, vale destacar ainda que o mais interessante não é apenas conseguir elevar a rentabilidade, mas ser capaz de realizar um excelente controle de risco e retorno nos investimentos, elevando o percentual de rentabilidade por unidade de risco corrida. Isto é, elevando o Índice de Sharpe da carteira.

    Basicamente, esse índice demonstra o quanto determinada carteira está obtendo de rentabilidade em relação ao seu risco. Em sua fórmula, o numerador é composto pelo retorno acima da taxa livre de risco. Já o denominador é o desvio padrão da carteira.

    Abaixo, a fórmula do Índice de Sharpe:

    como ter mais retorno nos investimentos

    Para alguns, a fórmula pode parecer difícil em um primeiro momento. Contudo, seu entendimento fica mais claro ao entender que o seu resultado basicamente representa o total de retorno acima da taxa livre de risco obtido por cada unidade de risco.

    Com isso, quanto maior o seu resultado, melhor. Afinal, o gestor da carteira conseguiu obter um retorno maior por cada unidade de risco corrida. Isto é diferente daqueles que conseguem elevar a rentabilidade simplesmente adicionando mais risco à carteira de investimento.

    Portanto, e por fim, é fundamental conseguir não só aumentar a rentabilidade, mas investir melhor. Isso porque, investindo melhor, o investidor consegue não só um retorno mais elevado, mas com um risco menor.

    Formas de ter mais retorno nos investimentos

    como ter mais retorno nos investimentos

    Depois de compreender a relevância de conseguir um retorno maior e de entender a importância do controle de risco, muitos investidores terminam com uma última questão. Isto é, como obter mais rentabilidade nos investimentos?

    Algumas das principais formas de ter mais retorno nos investimentos são as seguintes:

    • Elevar o risco da carteira;
    • Reduzir a terceirização dos investimentos;
    • Reduzir os custos de transação;
    • Analisar melhor os investimentos.

    1. Elevar o risco da carteira

    A primeira forma de conseguir elevar a rentabilidade de uma carteira de investimentos é elevando o seu risco. Obviamente, como foi colocado, esse risco não deve ser adicionado de maneira descontrolada, já que isso pode adicionar um potencial de perda permanente de capital.

    No entanto, é preciso ressaltar que risco não é algo ruim. Afinal, a sua característica inerente — de incerteza e imprevisibilidade — é justamente a responsável por garantir uma rentabilidade acima da taxa livre de risco, como o CDI (Certificado de Depósito Interbancário).

    Dessa forma, existem algumas alternativas para os investidores conseguirem elevar o risco da sua carteira de investimentos de maneira controlada para conseguir um aumento da expectativa de retorno. Abaixo, algumas das principais maneiras de elevar a rentabilidade:

    • Aumentar o percentual investido na renda variável;
    • Procurar por títulos de renda fixa mais arriscados;
    • Reduzir a diversificação da carteira de ativos da bolsa de valores;
    • Optar por títulos de renda fixa de crédito privado ao invés de títulos públicos;
    • Elevar a participação na carteira de ações de empresas de crescimento.

    2. Reduzir a terceirização dos investimentos

    Outra forma de conseguir aumentar a rentabilidade é reduzindo a terceirização dos investimentos. Isso é possível quando o investidor aloca seus recursos de maneira própria e independente, sem terceirizar essa função para uma gestora de recursos ou para um fundo de investimento.

    Afinal de contas, ao utilizar do trabalho dessas gestoras e fundos o investidor está, obviamente, pagando por isto. No caso, ambos podem cobrar uma taxa de administração sobre o montante investido e ainda uma taxa de performance pelo desempenho da carteira.

    Com o decorrer do tempo, essas taxas afetam, e muito, a rentabilidade alcançada pelo investidor. Afinal de contas, como foi demonstrado inicialmente, pequenos percentuais são capazes de fazer uma diferença gigantesca no longo prazo.

    Assim, caso o investidor deseje aumentar seu retorno ao longo do tempo, uma alternativa é reduzir a participação de terceiros na administração de seus recursos. Desta forma, o valor que seria pago como encargo poderá ser reinvestido na carteira, aumentando seu retorno.

    3. Reduzir os custos de transação

    De maneira análoga à redução da terceirização, outra forma de aumentar a rentabilidade financeira é reduzindo os custos de transação da carteira de investimentos. Isso porque, assim como as taxas de administração e de performance, esses encargos também poderiam ser reinvestidos na carteira do investidor.

    Entre alguns dos custos de transação pagos pelos investidores são:

    É preciso destacar que já é possível encontrar diversas opções no mercado de corretora de valores com custos de transação muito baixos. Isto é, com isenção de taxa de corretagem e de taxa de custódia. Além disso, algumas outras possuem taxas atrativas para a intermediação de contratos de aluguéis de ações.

    4. Analisar melhor os investimentos

    Por fim, mas talvez mais importante, está a importância de analisar melhor os investimentos para conseguir aumentar a rentabilidade. Neste ponto, será a capacidade analítica do investidor a responsável pelo aumento do retorno de sua carteira.

    Dentro de uma evolução da análise dos investimentos, o investidor deve sempre se preocupar em avaliar, como foi colocado, a rentabilidade esperada para o risco corrido. Além disso, é importante também estar sempre estudando para conseguir encontrar boas oportunidades de investimento.

    Na bolsa de valores, isso será possível por meio de um stock picking bem feito. Isto é, quando o investidor consegue utilizar das métricas de valuation para encontrar ativos com uma relação de risco e retorno atrativa.

    E então, conseguiu compreender mais sobre como ter mais retorno nos investimentos e como investir melhor? Deixe abaixo suas dúvidas ou comentários.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *