Acesso Rápido

    OPEP: entenda o papel dessa organização dentro do comercio mundial

    OPEP: entenda o papel dessa organização dentro do comercio mundial

    O petróleo se tornou a fonte de energia mais importante do mundo, sobretudo para a indústria e demais pessoas. Desse modo, no intuito de coordenar e unificar as políticas relacionadas a uma das principais commodities do mundo, surge a Organização dos Países Exportadores de Petróleo, mais conhecida como OPEP.

    Atualmente, os produtos derivados do petróleo sustentam a sociedade moderna. Assim, a OPEP tem um papel fundamental, contribuindo para que os preços dos produtores de petróleo sejam justos e estáveis.

    O que é a OPEP?

    A OPEP é a sigla para  Organização dos Países Exportadores de Petróleo. Ela é organização intergovernamental permanente, criada na Conferência de Bagdá em 1960 pelo Irã, Iraque, Kuwait, Arábia Saudita e Venezuela.

    O grupo se constitui por 13 das principais nações exportadoras de petróleo do mundo. Esses países coordenam as políticas petrolíferas de seus membros.

    Assim, ela foi fundada em 1960 com o objetivo de coordenar as políticas petrolíferas de seus membros e fornecer ajuda técnica e econômica aos países formadores do grupo.

    Qual a função da OPEP?

    A principal função da OPEP é a de coordenar e unificar as políticas de petróleo entre os Países Membros. O intuito é garantir preços justos e estáveis ​​para os produtores de petróleo.

    Além disso, os objetivos da OPEP são realizados através de sua política petrolífera, conseguindo fornecer um suprimento eficiente, econômico e regular de petróleo para as nações consumidoras. Isso proporciona um retorno justo sobre o capital daqueles que investem na indústria.

    Em outras palavras, ela monitora os preços do petróleo bruto e realiza decisões coletivas sobre quanto é necessário produzir para que a commoditie permaneça lucrativa. Desse modo, se os preços estão altos, o grupo tem espaço para produzir mais.

    Caso contrário, se houver uma queda nos preços e a demanda acabe, o grupo limitará sua produção até que a oferta e a demanda estejam mais equilibradas. Desse modo, a principal finalidade da OPEP é evitar flutuações que possam afetar as economias dos países produtores e compradores.

    Quais são as regras da OPEP?

    A união de diversos países, com indivíduos distintos, onde muitas das vezes, possuem desejos e objetivos diferentes, é regulado através de um Estatuto. Este se trata de um documento formal que regula o escopo e a autoridade do grupo.

    Adotado por decisão unânime de seus Membros Fundadores, em 1961, o Estatuto estipula que o principal objetivo é de harmonizar as políticas petrolíferas de seus Países Membros. Assim, se tem uma forma de salvaguardar seus interesses.

    Desse modo, os membros devem trabalhar juntos no intuito de garantir que preços ​​do petróleo permaneçam estáveis, garantindo retornos justos aos países produtores e investidores da indústria.

    Importante destacar que o Estatuto foi emendado dezesseis vezes ao longo dos 60 anos de história da Organização. Essa é uma forma de manter um cartel de mercado detentor de cerca de 75% das reservas mundiais da matéria-prima no planeta, controlando assim, a produção e o preço desse produto em escala mundial.

    Quais são as políticas da OPEP?

    Como muitos sabem, a influência dessa organização no mercado tem sido amplamente criticada. Como os países membros detêm a maior parte das reservas internacionais de petróleo, eles obviamente tentarão impor retornos superiores em comparação aos demais países que não são membros desse grupo.

    Desse modo, agindo como um cartel, os membros da OPEP possuem um forte incentivo para praticar os preços mais elevados possíveis, dado o seu posicionamento de dominância de mercado.

    No entanto, dado a criação de novas tecnologias, como o fracking nos EUA, a influencia desse grupo nos preços mundiais de petróleo tem diminuído bastante.

    Como resultado desse efeito, a produção mundial de petróleo tem aumentado bastante nos últimos anos, donde por um período os preços desse produto se mantiveram em patamares baixos, fato que deixou o cartel de países exportadores de petróleo em situação delicada.

    Desse modo, numa tentativa de pressionar o mercado, a OPEP decidiu manter elevados os níveis de produção dessa matéria-prima, de modo que através do excesso de oferta e baixos preços, eles tentariam empurrar para fora do mercado os produtores que possuem custos elevados.

    Conseguiu entender o que é a OPEP, qual seu papel no mercado e como suas decisões são importantes? Deixei sua opinião e dúvidas nos comentários.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *