Acesso Rápido

    IMAT: entenda mais sobre o Índice de Materiais Básicos da B3

    IMAT: entenda mais sobre o Índice de Materiais Básicos da B3

    Existem vários índices financeiros que fazem parte do mercado de capitais nacional. Dentre eles, um índice bem significativo é o IMAT.

    O IMAT, especificamente, tem extrema relevância setorial voltada a indústria e produção de materiais básicos por parte das empresas listadas na bolsa de valores.

    O que é o IMAT?

    O IMAT é o Índice de Materiais Básicos da B3, que tem como principal objetivo medir o comportamento das ações das companhias que compõem a indústria nacional de materiais básicos.

    Portanto, o resultado do índice IMAT advém de uma carteira teórica de ativos, elaborada para representar o setor de materiais básicos da melhor forma possível.

    E-book: Comece a Investir na Bolsa

    Comece a investir! Saiba tudo que você precisa saber para dar os seus primeiros passos na Bolsa com o nosso Manual Gratuito do Investidor Iniciante!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Além disso, é importante lembrar que o IMAT é um índice de retorno total. Ou seja, reflete as variações de preços dos ativos que compõem o índice, além de considerar também o impacto da distribuição de dividendos dos ativos.

    O que é o setor de materiais básicos?

    A indústria de materiais básicos tem uma extrema importância para a economia como um todo. Afinal, é a partir do setor de materiais básicos que são produzidos insumos de produção, materiais para infraestrutura, siderúrgicas, entre outros bens com valores materiais.

    O Brasil, em específico, possui grande dependência desse setor, já que boa parte da matriz econômica brasileira está relacionada ao setor de commodities como minerais e demais matérias-primas.

    Logo, como a indústria de materiais básicos produz bens intermediários para produção dos demais setores, a performance desse setor têm impactos diretos sobre os demais setores.

    Por isso, é extremamente importante saber o que é o IMAT e acompanhar os resultados desse índice.

    Como funciona o IMAT?

    O IMAT, evidentemente, é composto pelas empresas de capital aberto, listadas na bolsa de valores, que fazem parte do setor de materiais básicos.

    Para fazer parte da composição do IMAT, é necessário que as companhias atendam a alguns critérios, como:

    • Pertencer ao setor de materiais básicos;
    • Ter presença em pregão de 95% no período de vigência das 3 carteiras anteriores;
    • Estar entre os ativos aptos que, no período de vigência das 3 últimas carteiras, em ordem decrescente de Índice de Negociabilidade, representam em conjunto 99% do somatório total desses indicadores.

    É importante destacar que o IMAT é formado apenas por ações e units de ações apenas das empresas listadas na bolsa e que atendem aos critérios supracitados.

    Composição do IMAT

    Entre as principais companhias que fazem parte do índice de materiais básicos, estão:

    É possível investir no IMAT?

    O IMAT é um índice do mercado financeiro. Portanto, não é um ativo que pode ser negociado diretamente entre os investidores na bolsa de valores.

    Contudo, para os investidores interessados, é possível conseguir ter investimentos atrelados ao rendimento do IMAT.

    É possível que o investidor construa uma carteira de investimento inspirada na composição do índice.

    Por outro lado, existe uma forma mais fácil de atrelar os rendimentos ao IMAT: investir diretamente no ETF MATB11.

    O MATB11 é um fundo de índice que tem como principal objetivo performar de forma semelhante ao índice de materiais básicos.

    95% dos recursos do fundo são investidos em empresas listadas na bolsa de valores que pertencem ao setor de materiais básicos. Os outros 5% podem ser aplicados em posições compradas no mercado futuro do índice ou em outros ativos da bolsa.

    Para o investidor iniciante, investir no MATB11 pode apresentar algumas vantagens, como:

    • Investimento fácil, já que é terceirizado;
    • Aplicação diversificada;
    • Baixa taxa de administração em relação a fundos de investimento tradicionais (0.5% a.a).

    Este artigo te ajudou a entender melhor sobre o IMAT? Deixe comentários e possíveis dúvidas no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *