Acesso Rápido

    Garantia residual: o que é? Como funciona esse tipo de subscrição?

    Garantia residual: o que é? Como funciona esse tipo de subscrição?

    Existe no mercado um tipo de operação conhecida como underwriting. Nessa modalidade há três tipos de garantia, sendo uma delas a garantia residual.

    Dessa forma, a garantia residual acontece quando uma empresa vai lançar um IPO, e busca no mercado uma intermediária para negociar as suas ações na Bolsa. Por isso, quem investe em renda variável é válido conhecer como funciona esse tipo de garantia.

    O que é garantia residual?

    Garantia residual é um tipo de subscrição pública, também conhecida como stand-by underwriting. Nesse contexto, a companhia que decide fazer esse processo não se encarrega sozinha de emitir as ações no mercado.

    Ou seja, a instituição financeira e a companhia se unem para fazer a subscrição das ações. Desse modo, a função da garantia residual está vinculada a captação de recursos das empresas.

    Como funciona a garantia residual?

    A garantia residual é um processo em que a empresa emitente dos títulos encarrega um intermediário para vender as suas cotas junto ao mercado.

    Dessa forma, uma empresa lança ações no mercado, e uma instituição financeira colabora para a realização das negociações junto aos investidores, durante um determinado período.

    Além disso, essa garantia faz parte de uma das modalidades do underwriting. Portanto, é importante conhecer os outros tipos de garantia que também fazem parte dessa modalidade.

    O que significa underwriting?

    Underwriting é um termo usado no mercado financeiro que representa o processo de emissão de valores mobiliários por subscrição pública.

    Essa operação é realizada por uma instituição financeira isoladamente ou organizada em consórcio.

    Nesse sentido, o processo acontece quando uma determinada empresa contrata um intermediário que será o responsável pela negociação dos seus títulos no mercado de ações.

    Esse tipo de operação é normalmente organizado por um consórcio de instituições que também é conhecido como Pool.

    Geralmente, esse consórcio fica sob coordenação de uma ou mais instituições que são denominadas instituições líderes.

    Portanto, neste tipo de modalidade, independentemente do tipo de garantia, uma empresa intermediária irá se encarregar de oferecer os títulos de uma empresa emissora na bolsa de valores.

    Quais são os tipos de garantia do underwriting ?

    O underwriting possui três modalidades de garantia para a empresa emissora dos títulos, sendo elas:

    • Garantia Residual;
    • Garantia Firme;
    • Garantia de melhores esforços.

    Desse modo, a garantia residual é uma maneira de subscrição pública em que a instituição financeira não se encarrega individualmente pela integração das ações emitidas.

    Já no caso da garantia firme, é uma modalidade de operação de subscrição onde o intermediário financeiro garante à empresa emissora a subscrição das ações.

    Nesse caso, mesmo que o lançamento não tenha sucesso, a empresa emitente já recebeu o valor correspondente às ações que foram emitidas.

    Por fim, na Garantia de melhores esforços, como o próprio nome sugere, a instituição financeira se compromete a fazer o maior esforço para enviar o máximo de uma emissão para seus clientes.

    Isso acontece nas melhores condições possíveis e em um período que é anteriormente especificado.

    Qual a diferença entre garantia residual e garantia firme?

    Na garantia residual, tanto a empresa emissora quanto a intermediária se comprometem em negociar as ações juntos no mercado.

    Já na garantia firme, a empresa emissora assume todo o risco da operação, se comprometendo com a compra mesmo em caso de insucesso.

    Por outro lado, no melhores esforços, a empresa intermediária assume o empenho de colocar as ações no mercado financeiro, mas paga somente por aquelas que realmente foram negociadas.

    Portanto, quando acontece um IPO, uma empresa emitente poderá buscar junto ao mercado um intermediário em alguma dessas modalidades.

    Foi possível entender o que é garantia residual? Então deixe o seu comentário e compartilhe esta matéria com seus amigos nas redes sociais.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    2 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Marianne Goldkorn 20 de junho de 2021

      Boa noite

      Ainda não ficou muito claro como a subscrição stand by se difere da best efforts.
      Honestamente, ficou meio vago como ela funciona na prática. Tem algum percentual que a instituição financeira se compromete?

      Obrigada

      Responder
    • Murilo 24 de julho de 2021

      nossa, muito ruim, de verdade

      Responder