Acesso Rápido

    Estagnação econômica: entenda o que é, e quais são seus efeitos

    Estagnação econômica: entenda o que é, e quais são seus efeitos

    Um determinado país pode passar por diversas fases da economia, como crescimento, recessão econômica, depressão econômica e estagnação econômica.

    A estagnação econômica consiste num longo período sem crescimento, levando o governo a tomar certas decisões macroeconômicas para superar

    O que é estagnação econômica?

    Estagnação econômica é um acontecimento onde um determinado país não consegue manter o crescimento econômico compatível com seu potencial.

    Isso acontece durante um período prolongado, sendo esse fato acompanhado da baixa produtividade industrial.

    Em um quadro desses costuma ocorrer ociosidade da produção industrial, uma vez que a demanda por produtos e serviços está retraída.

    Quando ocorre a estagnação econômica?

    A estagnação econômica pode acontecer em diversas ocasiões. Afinal, ela pode vir depois de um grande período de crescimento ou de recessão.

    Mesmo em um quadro de pleno emprego, pode acontecer do índice de crescimento do PIB ser inferior ao crescimento demográfico. Alguns economistas keynesianos acreditam que a estagnação é uma característica natural do capitalismo.

    Por isso, na visão deles, quando isso acontece é necessária uma intervenção do Estado na economia, baixando a taxa de juros e criando incentivos a novos investimentos.

    No entanto, outros economistas acreditam que essas ações podem gerar distorções econômicas e defendem o livre mercado, sem a intervenção estatal.

    Qual a diferença entre estagnação e recessão econômica?

    A principal diferença entre estagnação e recessão econômica é que no segundo caso há uma redução grande do Produto Interno Bruto de um país por dois trimestres consecutivos.

    Quando isso acontece costuma haver uma diminuição no consumo das famílias, aumentando o desemprego no país e desencadeando uma crise econômica.

    A recessão também pode gerar problemas fiscais para o governo, uma vez que as empresas vendem menos e por consequência pagam menos impostos.

    Isso diminui a arrecadação e o poder de investimentos do governo, assim como a sua capacidade de honrar seus compromissos, gerando mais desconfiança nos investidores.

    Diferença entre estagnação e depressão econômica?

    É muito comum confundir estagnação com depressão econômica. Entretanto, há uma diferença entre os conceitos.

    A estagnação consiste em um longo período em que o crescimento da economia é nulo ou pequeno.

    Já a depressão econômica costuma ocorrer depois de uma recessão econômica, onde há um prolongamento das falências de empresas, desemprego, e baixos níveis de produção e investimentos.

    Quais são os fatores que podem desencadear uma estagnação?

    Diversos fatores podem desencadear uma estagnação econômica, mas de modo geral, todos são relacionados às decisões macroeconômicas do governo.

    Quando um governo possui elevados gastos e um endividamento razoavelmente alto, ele perde a sua capacidade de investimento.

    Como consequência, para sustentar os seus gastos precisa elevar a taxa de juros da economia, tornando a produção industrial menos atrativa.

    Além disso, uma economia pode chegar ao limite do seu crescimento, o que pode trazer uma estagnação econômica na sequência.

    Em outros casos, o decrescimento populacional também pode gerar estagnação econômica.

    Uma das maiores consequências da estagnação é a falta de emprego que afeta fortemente a economia de um país.

    Foi possível entender o que é estagnação econômica? Então deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esse artigo nas redes sociais.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *