Acesso Rápido

    Você sabe a importância da Câmara Interbancária de Pagamentos?

    Você sabe a importância da Câmara Interbancária de Pagamentos?

    Num único dia são feitas milhões de transações financeiras. Todo esse volume de operações é controlado pela Câmara Interbancária de Pagamentos, a CIP. Só em outubro de 2018, foram transferidos um total de 21,9 bilhões de reais entre as contas brasileiras, de acordo com o Banco Central. Quando foi lançada, era um modelo de clearing, para dar transparência e segurança às operações financeiras.

    Para se ter uma ideia, em dezembro de 2002 quando se iniciou o registro dessas transações, o valor total das operações foi de 33 milhões de reais apenas. Em média, atualmente, são feitas 25 bilhões de transações num único mês. E cabe a Câmara Interbancária de Pagamentos controlar e processar todas essas operações.

    Além disso, a CIP é responsável pelos mais diversos serviços financeiros no Brasil. Só em 2017, foram feitas 8,8 milhões de consultas de situações de cheques, de acordo com dados da CIP. Essa ferramenta de consulta também foi desenvolvida pela entidade. Mas há diversos outros serviços fornecidos como:

    • Gestão das operações de cartões de crédito e débito
    • Transferências Eletrônicas de Fundos
    • Registro de contratos de crédito e financiamento
    • Base de transações de boletos
    • Gestão e controle das folhas de pagamento

    O que é a Câmara Interbancária de Pagamentos?

    Câmara interbancária de pagamentos

    Criada em 2001, a CIP é uma associação civil sem fins lucrativos que presta serviço e soluções financeiras no país. Além disso, faz parte do Sistema de Pagamento Brasileiro, as duas integram o Banco Central. Entre as empresas que usam as ferramentas desenvolvidas pela associação estão:

    • Instituições Financeiras
    • Credenciadores
    • Instituidores de Arranjos – as “bandeiras” de cartões
    • Cartórios
    • Consórcios
    • Empresas de leasing
    • Cooperativas de Crédito e Governos

    Isso faz da Câmara Interbancária de Pagamentos a responsável pelas mais diversas operações financeiras feitas no país. A entidade processa em média sete milhões de transações feitas por cartão de crédito diariamente.
    A associação possui diversos certificados de segurança para proteger os dados e informações. Em 2006, recebeu o primeiro certificado ISO 27001:2005 da British Standard Institute. A certificação é uma referência internacional de gestão, armazenamento e segurança de dados.

    Além disso, o certificado existe desde 1992 e se tornou o mais importante reconhecimento de certificação. Além desse, a Câmara Interbancária de Pagamentos possui outras duas certificações de qualidade do órgão do Reino Unido, são a ISO 22301:2012 e a ISO 27001:2013.

    SITRAF: principal ferramenta da CIP

    O sistema de transferência de fundo, o SITRAF, é considerado como a principal ferramenta da Câmara Interbancária de Pagamento. Lançado em 2002 como a primeira solução de movimentação financeira em tempo real.

    A Transferência Eletrônica Disponível, mais conhecida como TED, permite operações para qualquer conta brasileira de pessoas físicas ou jurídicas. Desde que até o valor mão supere um milhão de reais. Por dia, são feitas 2,5 milhões de transferências.

    Esses fatores fazem do Sistema Brasileiro de Pagamento, que a CIP integra, uma das principais referências mundiais de automação e segurança de operações financeiras.

    O que tem sido parâmetro para o desenvolvimento de sistemas em outros países, isso pelo volume de transações, autonomia e rapidez e eficiência a Câmara Interbancária de Pagamentos processa diariamente, como afirma o Banco Mundial.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    1 comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Thiago Reis 15 de agosto de 2019

      Excelente artigo, simples e fácil de entender.
      Tem um “typo” na frase: Desde que até o valor mão supere um milhão de reais. mão > não.

      Abs

      Responder