Ibovespa recua puxado por bancos, com mercado atento à vacinação; PetroRio (PRIO3) sobe 3%

Ibovespa recua puxado por bancos, com mercado atento à vacinação; PetroRio (PRIO3) sobe 3%
Ibovespa. Foto: Pixabay

O Ibovespa opera em queda na tarde desta segunda-feira (5), puxado por setor bancário e varejistas. O maior índice acionário da Bolsa brasileira inicia a semana de forma negativa, em meio a uma mercado com menor liquidez em função do feriado de Dia da Independência nos Estados Unidos.

Por volta das 14h08, o Ibovespa recuava 0,27%, para 127.283 pontos. O dólar, por sua vez, tem sentido inverso, sendo negociado na venda a R$ 5,090, com alta de 0,35%. A divisa norte-americana avançou 3% sobre o real nos últimos cinco pregões.

No cenário internacional, chama atenção dos agentes do mercado os entraves na reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

A Arábia Saudita, principal integrante do cartel, quer elevar a produção de forma contínua até 2022, enquanto os Emirados Árabes Unidos quer um leve aumento, enquanto procura melhores condições ao país.

Os temas que movimentam o Ibovespa nesta segunda

  • Vacinação em São Paulo empolga retomada econômica;
  • Tegma continua em alta em avaliação de oferta;
  • Joint venture entre Grendene e 3G.

Empresa ligadas à retomada lideram o Ibovespa

Embora o índice Ibovespa opere no vermelho nesta tarde, empresas ligadas à recuperação econômica lideram as altas.

Multiplan, brMalls (BRML3), Iguatemi (IGTA3), CCR (CCRO3) e CVC (CVCB3) têm desempenho positivo ao passo que a vacinação em São Paulo toma tração.

A prefeitura da capital paulista antecipou a vacinação contra a Covid-19 para pessoas de 40 anos. A primeira dose poderá ser tomada entre a próxima quarta (7) e quinta-feira (8).

O prefeito Ricardo Nunes disse que são esperadas 134 mil pessoas nesta faixa etária. Entre hoje e amanhã, é a vez da imunização de pessoas com 41 anos.

A taxa de ocupação dos leitos de UTI na cidade estão em 58%. A fase de transição do estado vai até o dia 15 de julho.

Tegma estende alta com proposta de compra na mesa

Fora do índice, as ações da Tegma (TGMA3) continuam a se destacar. Os papéis da operadora logística chegaram a subir 7%, após a empresa dizer que avalia a proposta da JSL (JSLG3) para a combinação de negócios entre as companhias.

O Conselho da empresa determinou a contração do escritório Trindade Sociedade de Advogados para auxiliar a administração da companhia nos aspectos da proposta. De acordo com o fato relevante, a empresa também pretende contratar uma instituição financeira para avaliar os aspectos econômicos e de mercado.

A JSL diz que somadas as operações, a companhia combinada teria R$ 6,1 bilhões de receita bruta nos últimos 12 meses encerrados em março. A empresa ofereceu R$ 989,06 milhões em dinheiro, além da entrega de 49,42 milhões de novas ações de emissão própria, aos acionistas da Tegma, que ficariam com 15% da companhia.

“Acreditamos que a fusão poderia gerar sinergias, fortalecendo o resultado operacional por meio de diminuição de custos além de escala mais forte”, diz a Guide Investimentos. “Vale lembrar que o setor é bastante pulverizado, e mais aquisições devem acontecer.”

Grendene no exterior

A Grendene (GRND3) e a gestora de recursos 3G Radar estão avaliando criar uma empresa para distribuir os produtos da fabricante de calçados fora do Brasil, segundo o fato relevante divulgado pela empresa nesta segunda.

De acordo com o comunicado, a nova empresa será controlada e gerida pela 3G Radar, que controlará 50,1% do capital social, enquanto a fabricante terá os 49,9% restantes.

As empresa se comprometeram a investir inicialmente US$ 100 milhões na joint venture, na proporção de suas respectivas participações. As ações da fabricante chegaram a subir até 5%, mas recuaram e operação perto da estabilidade.

Maiores altas do Ibovespa

As maiores altas do Ibovespa, por volta das 13h57, eram:

Maiores baixas do Ibovespa

No mesmo horário, as maiores baixas eram:

Bolsas mundiais

Além do índice Bovespa, confira a cotação dos principais índices mundiais nesta tarde:

Última cotação

De forma distinta ao Ibovespa hoje, o índice acionário encerrou as negociações na última sexta com uma alta de 1,56%, para 127.621,65 pontos.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores FIIS

Baixar agora!