Acesso Rápido

    Resumo da Semana: Guedes sugere flexibilizar acordos e reduzir tarifa do Mercosul, Via Varejo opta por mudança e Pontofrio agora é “Ponto”, Maior fabricante de cimento do mundo vai deixar o Brasil, JBS compra companhia europeia

    Resumo da Semana: Guedes sugere flexibilizar acordos e reduzir tarifa do Mercosul, Via Varejo opta por mudança e Pontofrio agora é “Ponto”, Maior fabricante de cimento do mundo vai deixar o Brasil, JBS compra companhia europeia

    O índice Ibovespa encerrou a última semana registrando 120.530,06 pontos, o que representou, na última sexta-feira (23), uma variação positiva de +0,97%. Na semana, o principal índice de ações negociadas na bolsa de valores brasileira teve uma desvalorização de -0,48%. Em 2021, o índice segue apresenta valorização de 1,27%.

    Já o Ifix – o índice de referência dos Fundos de Investimentos Imobiliários – encerrou a última sexta-feira (23) aos 2.844,63 pontos, o que representou uma alta de 0,19% no dia. Na mesma semana e no acumulado de 2021, o índice performou: -0,09% e -0,88%, respectivamente.

    Guedes sugere flexibilizar acordos e reduzir tarifa do Mercosul

    O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu a redução imediata da Tarifa Externa Comum (TEC) do bloco.

    • “Até compreendemos a situação de membros que possam ter dificuldades de baixá-la no momento, mas gostaríamos de propor o movimento. Para o Brasil, é importante reduzirmos”, disse Guedes.
    • Adicionalmente, Guedes acrescentou “Fizemos uma proposta de reduzirmos em 10%, ou seja, baixar a tarifa de um determinado produto de 30% para 27%. Isso não machuca ninguém, é só mandar um sinal de que não estamos fechando a economia”, afirmou, em sessão temática do Senado.
    • De acordo com o ministro, não é a intenção do governo brasileiro abrir a economia de uma só vez, mas argumento que essa redução de 10% na TEC seria um primeiro passo nessa direção.

    Via Varejo opta por mudança e Pontofrio agora é “Ponto”

    A Via Varejo anunciou que a sua controlada Pontofrio mudará sua marca e identidade para passar a ser apenas “Ponto”. A companhia altera, com isso, um nome com quase 70 anos de história.

    • “Descontraída, divertida e inovadora. A nova fase da marca tem foco em tecnologia com muito bom humor e sem enrolação. Direto ao ponto”, justifica a via varejo em seu comunicado ao mercado.
    • A primeira loja Pontofrio surgiu no centro do Rio de Janeiro, em 1952. O nome do comércio era derivado da alcunha da marca de refrigerantes americana Coldspot, que a loja representava no Brasil.
    • “Essa é uma mudança muito importante no Pontofrio. Uma marca com 70 anos, querida pelos clientes, extremamente reconhecida e valorizada, pioneira nas redes sociais e que sempre transmitiu inovação”, diz Ilca Sierra, diretora de marketing e marca da Via Varejo.

    Guia do Imposto de Renda para Investidores

    Baixe gratuitamente o nosso guia e aprenda como declarar o Imposto de Renda dos seus investimentos de forma simples e prática!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Maior fabricante de cimento do mundo vai deixar o Brasil

    A LafargeHolcim, maior fabricante de cimento do mundo, se prepara para encerrar suas atividades no Brasil e espera vender seus ativos no país, que valem cerca de US$ 1,5 bilhão – R$ 8,35 bilhões na cotação atual. As informações são da Bloomberg.

    • O grupo franco-suíço tem operações em nove estados brasileiros. No Sudeste, a LafargeHolcim está presente em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo.
    • A movimentação da LafargeHolcim deixou especialistas da área surpreendidos. A venda de cimento no país nunca esteve tão alta, tendo crescido 11% em 2020, chegando a um recorde de 60,8 milhões de toneladas. Para 2021, a previsão do Sindicato Nacional da Indústria de Cimento (SNIC) é que as vendas avancem 1%.
    • Algumas companhias, inclusive, estão apostando alto no setor – como no caso da CSN Cimentos, que passou a operar de forma independente da controladora, a CSN, e que afirmou no começo de fevereiro que estuda fazer aportes para chegar mais forte a sua estreia na bolsa de valores, que deve acontecer ainda neste ano. 

    JBS compra companhia europeia

    A JBS fechou acordo para adquirir a Vivera, companhia de produtos plant-based europeia, por 341 milhões de euros – cerca de R$ 2,3 bilhões na cotação atual. 

    • A companhia adquirida pela JBS atua, basicamente, no desenvolvimento de produtos alimentícios feitos a partir de vegetais. A Viera é a terceira maior companhia europeia do setor. Além de ter a própria marca, a empresa funciona também através de um segmento private label, ou seja, vendendo produtos para que outras companhias os revendam, em mais de 25 países.
    • A transação envolve três unidades produtivas e um centro de pesquisa de produtos, todos localizados na Holanda.
    • O segmento planted base vem crescendo no continente europeu e em todo mundo. As pessoas, cada vez mais, optam pela dieta com base apenas em produtos vegetais, seja por bem-estar ou pela preocupação ambiental.