Acesso Rápido

    População economicamente ativa: o que é e como funciona esse indicador

    População economicamente ativa: o que é e como funciona esse indicador

    A população economicamente ativa no Brasil é um índice muito importante para a economia do país.

    Sendo assim, a população economicamente ativa é um índice muito importante para se entender os fatores que envolvem uma crises econômicas.

    O que é a População Economicamente Ativa?

    O conceito de população economicamente ativa (PEA) pode variar ao redor do mundo. Porém, a PEA brasileira é considerada aquela população que está em idade para trabalhar e, além disso está empregada ou ativamente procurando emprego.

    A população em idade ativa, no Brasil, é considerada entre 10 e 65 anos. Em outros países esse valor pode oscilar. Sendo comum alguns países mais desenvolvidos considerarem a sua idade ativa entre 15 e 60 anos.

    Esse cálculo é considerado muito importante para avaliar a situação econômica de um país, verificando como está o desemprego na nação de forma a elaborar políticas públicas para melhorar os indicadores econômicos.

    Quais as diferenças entre PEA e PEI?

    Por outro lado, o indicador oposto da PEA é a PEI, que é a população economicamente inativa. Sendo assim, a PEI engloba as crianças menores de 10 anos, os aposentados, e aqueles acima do limite da idade da população ativa.

    Além disso, a PEI engloba também aquelas pessoas que desistiram de procurar trabalho: é por isto que em algumas ocasiões se afirma que os índices de desemprego podem ser subestimadas.

    Por fim, o indivíduo que deixa de procurar emprego não é considerado como parte da população economicamente ativa. E assim, não pode também ser considerado um desempregado.

    Sendo assim, tudo isso é considerado quando se avalia esse indicador, para que os dados mais corretos possíveis sejam apresentados.

    Como funciona a População Economicamente Ativa?

    A população economicamente ativa brasileira se divide entre os 3 setores da economia. Os setores são o setor primário, secundário e terciário.

    O setor primário é aquele que trata diretamente com a matéria-prima. Um bom exemplo é o setor de agricultura.

    Além disso, o setor secundário fala sobre atividades que tratam da transformação da matéria-prima. Um exemplo comum do setor secundário é a indústria. Por fim, o setor terciário corresponde à área de comércio e serviços.

    Os países desenvolvidos possuem a maior parte da sua força de trabalho concentrada no terceiro setor, visto que este setor costuma oferecer as melhores condições de emprego bem como as melhores remunerações.

    Sendo assim, no passado, o Brasil teve a maior parte da população concentrada no primeiro setor.

    No entanto, a maior parte da população está atualmente no setor terciário. Entretanto, na média, a qualidade do emprego no Brasil ainda é considerada bastante inferior à dos países desenvolvidos.

    Por fim, ainda é esperado um ganho de qualidade do emprego na população economicamente ativa do Brasil, conforme o país atinge o crescimento econômico e o desenvolvimento.

    Como é feito o cálculo da População Economicamente Ativa?

    Primeiramente, foi visto que a PEA engloba aqueles que possuem emprego e aqueles que estão ativamente procurando um emprego.

    Sendo assim, o IBGE também divide a população economicamente ativa do Brasil por tipos de emprego.

    Sendo assim, o empregado refere-se ao emprego comum. O emprego comum como é conhecido pela maioria da população. Há uma jornada de trabalho e uma remuneração definida.

    Além disso, os empregadores são aqueles que são donos de empresa ou estabelecimentos e fornecem vagas de emprego para outras pessoas.

    Por outro lado, aqueles que trabalham por conta própria fazem o seu trabalho sem envolver oferecer vagas a outras pessoas. Eles também são considerados no cálculo da população economicamente ativa.

    Por exemplo: os chamados freelancers. Muitos possuem, inclusive, cadastros como Microempreendedor Individual (MEI).

    Por fim, os não remunerados são pessoas que exercem trabalho não remunerado por um salário oficial. Tal como trabalho voluntário ou programa jovem aprendiz, no qual há apenas uma ajuda de custo.

    Qual é a importância de mensurar a PEA e PEI?

    Primeiramente, é preciso entender que cálculos como o PEA e PEI são fundamentais para entender sobre como anda a economia do país.

    Sendo assim, calculando esses a população economicamente ativa e a inativa, é possível entender como anda o emprego na nação, bem como entender em quais setores ele está com melhores e piores índices, de forma a compreender como o fenômeno do desemprego se distribui.

    Além disso, esses cálculos são positivos não apenas para entender como o desemprego está ocorrendo no momento, mas para melhorar essa situação através de políticas públicas.

    De fato: dados como esse são úteis para que o governo consiga tomar atitudes para diminuir o desemprego através de medidas diretas.

    Ainda possui dúvidas sobre o cálculo da população economicamente ativa? Comente abaixo para podermos te ajudar

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *