Acesso Rápido

    Plano de contas pode facilitar a gestão de uma empresa

    Plano de contas pode facilitar a gestão de uma empresa

    Gerenciar uma empresa não é uma tarefa das mais fáceis. Por isso, ao longo das décadas, foram criadas ferramentas para auxiliar esta missão, como o plano de contas.

    Nem sempre as nuances contábeis são encontradas nos livros de investimentos. Por isso, nem todos sabem o que é o plano de contas.

    O plano de contas é a organização das contas da empresa de modo que a sua movimentação seja clara e facilmente identificável. O intuito é organizar as informações, permitindo que o gestor visualize os pontos de atenção nas finanças do seu negócio.

    Este tipo de organização facilita os processos de tomada de decisão e da administração do negócio.

    O plano de contas é um conjunto de normas.

    Por isso, é preciso desenvolver um “Manual de Contas”, com uma explicação de como cada conta funciona.

    É comum que este documento contenha o que cada conta deve conter. Além de informações sobre como é feita a contabilização.

    Mas, antes de entender como o plano de contas funciona, é preciso saber o que são as contas em si.

    Plano de contas e o que são as contas

    plano de contas

    Dentro do espectro contábil, quando o assunto é “contas” não se trata daquela aberta em uma agência bancária.

    As contas, neste caso, têm um conceito diferente. No Brasil, a teoria de contas utilizada é a patrimonialista.

    Assim, traçando um paralelo com os investimentos, podemos considerar que cada investimento é uma conta.

    Ou seja, cada aplicação tem valor e rendimento próprios, que devem ser considerados dentro da carteira do investidor.

    Quando analisamos os bens de uma empresa, ocorre o mesmo.

    Cada bem tem um valor próprio, desta forma, é uma conta. E o conjunto de bens compõe o patrimônio do negócio.

    De forma mais específica, estas contas se dividem em dois tipos: as contas patrimoniais e as de resultado.

    As patrimoniais são justamente as que representam os bens e os direitos da empresa.

    Porém, elas também cobrem as obrigações e o Patrimônio Líquido do empreendimento.

    Já as contas de resultado representam as receitas e as despesas da organização.

    Características do plano de contas

    plano de contas

    O plano de contas na Contabilidade pode ser estruturado de diversas formas.

    Há modelos prontos para as empresas que optarem por uma análise padronizada.

    O modelo básico apenas lista os principais tipos de contas principais e seus valores. Desta forma, o empreendedor consegue visualizar as movimentações destas contas.

    Entretanto, existe a possibilidade de personalizar o plano de contas de acordo com a empresa. Isto pode ser bastante útil para os pequenos e médios negócios.

    Neste caso, é possível criar subdivisões para as contas da empresa, sinalizando os setores responsáveis por elas.

    Este modelo deixa as informações ainda mais claras para o empreendedor.

    Uma dica é adaptar-se tanto aos fatores externos, que afetam o negócio. Bem como à legislação do Imposto de Renda.

    Lembrando que grande parte das informações presentes no plano de contas precisarão ser repassadas à Receita Federal. Para fins de tributação, claro.

    Então, o plano de contas precisa ser claro para que não existam problemas contábeis para a empresa.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *