Acesso Rápido

    Microeconomia: entenda tudo sobre esse conceito nesse artigo

    Microeconomia: entenda tudo sobre esse conceito nesse artigo

    A microeconomia é considerada um dos temas mais importantes e estudados dentro das ciências econômicas.

    Por ser considerada a base de todas as outras áreas do conhecimento econômico, como a própria macroeconomia, por exemplo, entender o que é a microeconomia e como ela funciona é essencial em qualquer estudo sobre economia e demais temas relacionados.

    O que é a microeconomia?

    A microeconomia é o estudo do comportamento econômico individual e particular de cada agente dentro de uma economia.

    Esse tema ignora todos os agentes externos que formam o conjunto geral da economia, focando apenas em mercados específicos e estudando as ações de produtores e consumidores.

    Estudar os fenômenos microeconômicos é, por exemplo, observar o comportamento das ações de consumidores individuais ou de empresas, estudar bens substitutos, entre outros. O seu objetivo é analisar como se dá o processo de tomada de decisão de cada indivíduo.

    Microeconomia e o princípio da oferta e demanda

    Um dos temas mais estudados dentro da microeconomia é o princípio da “oferta e demanda” do qual funciona como guia para o bom funcionamento de um mercado.

    Esse princípio pode ser bastante simples de compreender quando, por exemplo, imaginamos a cadeia produtora do trigo. Nesse mercado, existem aqueles que são os produtores dessa commodity e aqueles que são os consumidores.

    Em economia, ao tentar entender como se dá a formação de preços devemos ter em mente o seguinte: nos tempos de baixa produtividade e alto consumo é muito provável que o preço do trigo seja elevado. Mas se caso o contrário aconteça, a tendência é que o preço do trigo diminua.

    É no estudo microeconômico onde também temos a análise por parte das empresas para determinar um preço justo e competitivo para os seus bens e serviços, tudo isso, claro, baseado nas necessidades do seu consumidor. Em contrapartida, também é possível observar a discriminação de preços por parte de alguns comerciantes.

    Quando estudamos os hábitos de compras dos consumidores, existe o conceito chamado de  utilidade, da qual é uma ideia econômica que se refere à satisfação percebida pelo consumidor ao usufruir de um bem ou serviço.

    Como esse sentimento é muito difícil de quantificar exatamente, pois se trata de um tema bastante subjetivo, aproximações razoáveis tornam-se úteis para as empresas ao estipular os seus preços praticados.

    Qual a diferença entre macroeconomia e microeconomia?

    Diferença entre macroeconomia e microeconomia

    Quando tratamos de microeconomia, é muito comum que o tema macroeconomia também possa vir a ser questionado.

    Então como dissemos anteriormente, sabemos que o estudo microeconômico é voltado para os setores produtivos e consumidores dentro de um mercado específico. Podemos fazer um resumo desse tema nos seguintes tópicos:

    • Análise dos consumidores;
    • Análise da cadeia de produção;
    • Atividade do consumidor dentro de mercados específicos;
    • Formação de preços.

    O que é a macroeconomia?

    Já a macroeconomia é um ramo de estudos das ciências econômicas que analisa a economia sobre um olhar mais amplo, observando os fenômenos de larga escala, tais como são os observados em países inteiros.

    De forma alguma a macroeconomia irá analisar a dinâmica e comportamentos de mercados específicos, pois o seu interesse está voltado para um escopo muito mais amplo. A seguir podemos ver algumas das características desse tema:

    • Análise das perspectivas gerais de uma economia;
    • Analisa países inteiros;
    • Análise do PIB, balança comercial, entre outros temas;

    Portanto, podemos concluir dizendo que quando se quer analisar a dinâmica de preços de um mercado, bem como tomar a decisão mais racional sobre um determinado tema, a microeconomia deverá ser o objetivo de seus estudos, pois ela estará avaliando diversas características, tais como impostos, elasticidade, custos produtivos, entre outros.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    6 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Flamarion Sobrinho 7 de maio de 2020

      Rápido e certeiro, eficiente e eficaz.

      Responder
    • Daniel André 1 de dezembro de 2020

      É fundamental aprender sobre economia, pós ela tem grande influência em nossa vida.

      Responder
    • Leonardo 21 de março de 2021

      Quando se quer analisar a dinâmica de preços de um mercado, bem como entender a cadeia de produção, devemos estudar a microeconomia ou a macroeconomia? Porque?

      Responder
      • Suno Research 22 de março de 2021

        Olá, Leonardo! Tudo bem?
        Porque a Micro e Macroeconomia ditam os preços do mercado.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Manuel Matibe 15 de abril de 2022

      Boa tarde, o tema esta bem explicito quando a minha questão, e obrigado.

      Responder
    • Fernando Mendes Salgado 21 de maio de 2022

      Más. Com a desvalorização. Da moeda brasileira alimento de consumo pessoal. matéria prima maquinofatura com pouco qualidade equipamentos com sua vida útil curto. Pocibilitano constantes nécesidade de manutenção mão de obras cada vez mais escarsa. Difícil acesso de recursos humanos operação e conduzir.baixicimo poder de compra difícil comprar. difícil. vender. Econômia. Congelada produto final com poucas margem de lucratividade inpocibilita a desmotivação de produzir. Regradativamente causando pane no cistema. Produtivo ocasionado. A dificuldades. Analizar tais coisas sem contar o empoderamento. Das pessoas da linha de frente. Líderes. Em geral atenciosamente.

      Responder