Acesso Rápido

    Juros abusivos: qual taxa é considerada abusiva? Como recorrer?

    Juros abusivos: qual taxa é considerada abusiva? Como recorrer?

    Mesmo com a existência de uma regulação para proteger os consumidores, a cobrança de juros abusivos ainda são uma realidade no Brasil, com empréstimos e financiamentos extrapolando o valor máximo previsto pelo governo.

    Sendo assim, em toda operação de crédito, é preciso avaliar se o valor praticado possui juros abusivos, e se esse valor está muito além da Taxa Selic ou de outra taxa usada como referência.

    O que são juros abusivos?

    Os juros abusivos são taxas de juros consideradas extorsivas, sendo cobradas acima de um valor máximo previsto pelo Banco Central. Esse tipo de juros está comumente associado, por exemplo, a financiamentos de automóveis, casas e bens, onde as taxas de juros costumam ser camufladas pelas instituições financeiras.

    Por exemplo: algumas instituições costumam chamar a atenção para os pontos fortes de seu financiamento e acabam ludibriando as pessoas que não conseguem calcular juros abusivos para contratarem seus serviços.

    De fato, esta é considerada uma prática de má-fé, algo que pode ser contestado na justiça e para o qual é possível ficar atento, desde que se saiba identificá-la.

    Portanto, ao contratar um empréstimo, financiamento ou solicitar crédito em instituições financeiras, os clientes devem consultar a taxa de juros dos contratos. Principalmente para analisar se têm valores elevados nas parcelas.

    Sendo assim, evitando um contrato com juros abusivos, o mutuário que solicitou crédito pode fugir de um prejuízo financeiro.

    Como saber se os juros são abusivos?

    Primeiramente, para saber se os juros são abusivos, é necessário antes calcular o valor efetivo que está sendo cobrando. Atualmente existem simuladores que realizam o cálculo automaticamente.

    Por exemplo: o Banco Central disponibiliza ao público pela internet a chamada Calculadora do Cidadão, ferramenta para fazer esse cálculo

    Através da calculadora do cidadão, o usuário preenche os dados do financiamento e gera o resultado real do financiamento de acordo com os juros.

    São 4 dados fixos, mas o usuários precisa preencher pelo menos 3 na calculadora. São eles: número de meses, taxa de juros ao mês, valor da parcela e valor financiado.

    Sendo assim, através do cálculo, é possível saber qual o valor que será pago ao final do financiamento e qual o valor total de juros pago.

    Portanto, é fundamental fazer esse tipo de cálculo para descobrir se os juros são abusivos ou se estão de acordo com as práticas de mercado.

    Como recorrer da cobrança de juros abusivos?

    Recorrer dos juros abusivos é uma alternativa disponível para quem já contratou as prestações com juros altos.

    Portanto, é possível abrir uma Ação Revisional de Juros. Com ela, o contratante do empréstimo ajusta a taxa de juros de acordo com o Banco Central.

    Para que a revisão de financiamento aconteça, o contratante precisa recorrer a Justiça Comum ou ao Procon.

    De fato: o Procon é um órgão de fácil acesso a população e o lugar correto para procurar os direitos do contratante através do Código de Defesa do Consumidor no Brasil.

    Não existe uma norma do Código de Defesa do Consumidor que trate especificamente de cobranças em abuso  em financiamentos, pois não existe também um valor exato de quanto uma taxa poderá ser abusiva.

    Entretanto, o entendimento comum, ressaltado inclusive pelo Banco Central, é de que os juros podem ser considerados abusivos quando estiver acima da taxa média praticada pelo mercado.

    Uma vez que é sabido que a taxa de juros tem como base a média praticada pelas instituições bancárias, o bom senso das instituições é o que prevalece nos financiamentos.

    Como evitar a incidência de Juros Abusivos?

    Quando as instituições financeiras não usam do bom senso na taxa de juros, os consumidores devem estudar o contrato e fazer questionamentos importantes.

    Em primeiro lugar, é preciso comparar qual a taxa de juros das outras instituições bancarias e financiadoras?

    Em segundo lugar, é preciso saber se é possível economizar e evitar contratar o financiamento.

    Por fim, basta pesquisar qual é a melhor oferta e valor do mercado para o financiamento que se pretende contratar.

    Sendo assim, pode-se dizer que tudo foge da média de juros das instituições é considerado juros abusivos.

    O Banco Central tenta combater estas práticas nas instituições, por isso divulgam relatórios sobre a média da taxa de juros no Brasil. Tudo o que ultrapassar a média durante a negociação é considerado abusivo.

    Foi possível entender como evitar a cobrança de juros abusivos? Deixe um comentário com a sua dúvida para que possamos te ajudar.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    57 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Marcio 14 de março de 2020

      Ola boa tarde
      Estou co uma divida, no caso o Carrefour pode cobrar esta classe de juro, tive uma fatura com vencimento dia 15/02 com o valor de R$1.581,68 só consegui pagar no dia 28/02, veio a cobrança juros remuneratórios de R$116,26 é correto? mais IOF ADICIONAL/IOF DIÁRIO/ JUROS DE MURA.
      se poder tirar esta duvida agradeço.
      Desde já atenciosamente.

      Marcio

      Responder
      • Suno Research 16 de março de 2020

        Olá, Marcio!
        Esta é uma questão que está fora do escopo da Suno, portanto, recomendamos que consulte um profissional da área.

        Responder
    • rodrigo 18 de março de 2020

      boa noite,meu irmao adquiriu uma motocicleta e acha q esta pagando um valor absurdo,resumindo,qual seria a taxa de financiamento sem entrada para um valor de 60 mil ?
      att Rodrido.

      Responder
      • Suno Research 20 de março de 2020

        Boa noite, Rodrigo!

        Esta é uma questão muito relativa, há muitos fatores determinantes para esse valor.

        Grande abraço!

        Responder
    • clara 15 de abril de 2020

      Boa tarde!
      A taxa de juros é abusiva quando maior que a média feita pelo banco central, certo? Se possível, você pode me enviar o link para encontrar essa taxa média? não achei no site deles

      Responder
    • Tatiana 22 de maio de 2020

      Bom dia!

      Tenho um cliente que contratou R$3.700,00 no Banco Mercantil e ao final de 3 anos e meio, pagou R$23.000,00.

      Nesse caso, qual a maneira e o fundamento legal devo utilizar para entrar como uma Ação Revisional?

      Obrigada

      Responder
      • Paulo 20 de setembro de 2020

        se precisar posso te ajudar

        Responder
    • Cesar Machado dos Santos 5 de junho de 2020

      Eu peguei um empréstimo na Crefisa de 2000 reais e eles está cobrando todo mês 539,00 e ao todo ficará em 8,000,00 mil reis em 12 meses.,
      Preciso de ajuda porque com toda certeza estou pagando juros abusivo eu peço ajuda pós não sei como recorrer..

      Responder
      • MARLI 20 de agosto de 2020

        Minha mãe também fez empréstimo na crefisa de 2 mil e pouco e pagou um absurdo aí ela mês passado terminou o empréstimo aí uma moça do banco ligou para minha mãe pra fazer outro empréstimo aí eu fui com ela pra saber direito como ia fica as parcelas resumindo o empréstimo que minha mãe ia fazer era de 2 mil e 300 e pouco esse empréstimo ia fica no valor de 7 mil e pouco acho um absurdo falei pra ela não fazer e ela não fez

        Responder
      • Paulo 20 de setembro de 2020

        Se precisar posso te instruir.

        Responder
      • Paulo 20 de setembro de 2020

        se precisar posso verificar

        Responder
    • Devan Deniel e Silva 5 de junho de 2020

      Boa tarde
      Fiz um financiamento de 6 meses com o CREDIES em fevereiro de 2016 no valor de R$3.925,00, eu consegui o FIES nesse meio tempo e como não tinha condições para pagar o valor total eu não o fiz.
      Depois de alguns anos eu fui realizando o depósito em juízo num total de R$4.580,00 mais R$2.000,00 de advogado.
      Agora em 2020 a CREDIES quer que eu pague mais R$6.378,00.
      Isso pode ser considerado juros abusivos? Posso entrar com um pedido de revisão de contrato ou realizar outra ação?
      Obrigado.

      Responder
    • Tania 16 de junho de 2020

      Lá na calculadora do BC da o valor certinho…mas como eu sei que o valor que deu lá é juros é abusivo?

      Responder
      • Suno Research 17 de junho de 2020

        Olá Tania,

        Você deve comparar esse valor com a média cobrada pelas instituições do setor.

        Responder
    • Célia Barbosa Douza 17 de junho de 2020

      Fiz um financiamento habitacional há 04 na caixa econômica com juros de 10% ao ano . Hoje a mesma instituição cobra em torno de 7% se meu contrato fosse feito agora . Tenho direito de pedir a diminuição dessa taxa?
      Tentei fazer a portabilidade da dívida mas… os bancos acabam sendo muito corporativo e não demonstram interesse.

      Responder
      • Anderson Cesar da Silva 28 de agosto de 2020

        O meu é exatamente o mesmo caso.
        Teve alguma resposta?

        Responder
    • Marcos 21 de julho de 2020

      Olá! Pra mim a explicação ficou muito subjetiva… Afinal, o mercado pode praticar uma taxa média abusiva, tornando-a normalizada. Se o mercado pratica, por exemplo, uma taxa de 1% ao mês para financiamento de automóvel, ela pode ser considerada abusiva? Afinal, a Selic está em 2,25% ao ANO. Agradeço se responderem.

      Responder
    • jorge luiz do nascimento 23 de julho de 2020

      me empurraram um emprestimo pessal de 2.600 em 15xde600 reais ha juros abusivo nesta operaçao feito pelo banco bmg comigo aposentad

      Responder
      • Paulo 20 de setembro de 2020

        fale comigo te passo instruções

        Responder
    • VANDERLEIA CARLA DE MATOS _ 29 de julho de 2020

      Olá! A instituição bancária pode, sem o consentimento, parcelar o valor de um cartão de crédito e embutir juros às parcelas?

      Responder
      • Suno Research 30 de julho de 2020

        Boa tarde
        Sugerimos que peça o auxílio de um advogado na questão.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Augusto 11 de agosto de 2020

      Ola! Tiago Reis, Tudo bem?
      Quero saber uma informação financiei um veiculo pelo banco Itau quero quita-lo mais o valor da quitação esta igual o valor financiando paguei 10 parcelas e falta 38.
      Posso fazer algo ou é o certo?

      Responder
      • Suno Research 11 de agosto de 2020

        Bom dia
        Sugerimos que entre em contato com o seu banco para maiores informações.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Valdimar 20 de agosto de 2020

      Eu fiz um empréstimo BMG ele estão cobrando 75% eu acho recebo um salário mínimo de 1.45.000 e recebo 430.00 todo mês quantos ele podem cobrar já vem descontado na folha do meu benefício.

      Responder
    • Eneide da Silva Manso dos Santos 21 de agosto de 2020

      Tenho um Financiamento de imóveis e a pausa Emergencial me rendeu um juro no saldo devedor de+- R$6.000,00. O que devo fazer?

      Responder
      • Suno Research 24 de agosto de 2020

        Olá, Eneide! Tudo bem?
        Sugerimos que procure o seu banco para esclarecer a situação.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Josiane 4 de setembro de 2020

      Minha mãe comprou um computador no ponto frio, em março o computador de 1.499,00 foi feito no Carnê em 18x de 166,88 o gerente disse que o juros está certo é de 7,38%, o PC vai sair no total de 3.003. Isto pode ser considerado juros abusivos?

      Responder
    • Gisele 14 de setembro de 2020

      Realmente, as financeiras roubam na cara dura quando se trata de um empréstimo quer o maior número de parcelas que os juros da o msm valor do empréstimo ….
      Deveria criar uma lei pq no meu ponto de vista isso deveria ser convidado como crime
      Pois tentei um empréstimo numa financeira chamada noverde me ofereceram o valor a menos do que solicitei e 12 parcela que os juros ficou no msm valor que o empréstimo
      Acho que deveria fechar todas essas intimações financeiras com juros absurdo pois pessoas desesperadas com um problema acabam aceitando e se enrolam ainda mais

      Responder
    • gabrielly 26 de setembro de 2020

      No site do Banco de Central do Brasil, vá em estatísticas, taxas de juros, você escolhe a taxa pré-fixada que está de acordo com a sua situação.

      Você vai fazer o calculo de acordo com a data que foi fixada no contrato pertinente.

      Após de todas estas etapas, a tabela vai está disponível para você.

      A taxa média você encontrará na soma das taxa de todos os banco disponível na planilha e dividida pela mesma quantidade dos bancos.

      Ex:

      Tem a taxa de juros de 22 bancos

      Você somará as taxas A.M dos 22 e vai dividi-la pela mesma quantidade.

      0,37%+.1,25%+…%= 320 / 22= 14,5…%

      obs: A mesma soma para encontra taxa A.A

      Responder
    • Felipe junior 8 de outubro de 2020

      Meu irmo esta com uma divida d juros abusivos pegou 6.900R$ e paga 34x 530R$ isso d 18.020R$…ele j pagou 20x e faltam 14 ….j aou 10.600R$ falt 7.400R$ isso é um absurdo do bnco itaú ..goataria de uma soluçao

      Responder
      • Suno Research 9 de outubro de 2020

        Olá, Felipe! Tudo bem?
        Sugerimos que procure o seu banco para esclarecer a situação e renegociar esses juros.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Sérgio carola gomes 11 de outubro de 2020

      Acho que estou pagando muito caro

      Responder
    • Magna 16 de outubro de 2020

      Olá boa tarde, fiz um financiamento de um carro que no valor de tabela ela custa 23 mil, resumindo tenho que pagar 48 parcelas de 733,00 por mês, ainda dei uma entrada no valor de 5 mil. Acredito que eu esteja pagando um preço abusivo.

      Responder
    • Gilda Aparecida Huggler 19 de outubro de 2020

      Meu esprestimo é consignado
      Mesmo assim empréstimo de 6.000 vou pagar 72 parcela de 170 reais é muita coisa isso pra mim já é roubo vou pagar mais que o dobro

      Responder
    • Michael 28 de outubro de 2020

      Fui ao banco do brasil fiz um empréstimo 1027 pagava parcela de 70 reais isso em 2018 e em 2019 renovei o empretimo de mais 1800 e a parcela subiu pra 350 reais creditado a corta corrente e fui ao banco e relatou que ia termina em junho de 2023 ou seja de hj até 2023 falta mais de 11 mil reais fora o que já paguei isso tá certo ou não???? Me ajuda oque devo fazer

      Responder
      • Suno Research 28 de outubro de 2020

        Olá, Michael! Tudo bem?
        Não está certo. O mais recomendável é buscar ajuda de um advogado e entrar na justiça com uma ação revisional.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Mineia 1 de novembro de 2020

      Estou usando meu cheque especial porém já liguei tentando fazer um acordo de pagamento porém o banco Itaú nunca me ajuda, como posso proceder

      Responder
      • Suno Research 3 de novembro de 2020

        Olá, Mineia! Tudo bem?
        Sugerimos que procure um advogado para entrar com uma ação revisional.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Francisca 28 de novembro de 2020

      Fiz um emprestimo de 5 mil e foi parcelado em 53 de 346 parcela fiz as contas da 18 mil tou achando muito abusivo o que devo fazer

      Responder
      • Suno Research 30 de novembro de 2020

        Olá, Francisca! Tudo bem?
        Sugerimos que procure um advogado para te ajudar na renegociação desses juros.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Paula 29 de novembro de 2020

      Fiz um empréstimo no Banco do Brasil mês 02/2020 CDC de 1.000,00 em 15 vezes.Pago parcela 122,87 mês.Estava calculando que pago 56,21 em dinheiro de juros .Isso é legalll???

      Responder
      • Suno Research 30 de novembro de 2020

        Olá, Paula! Tudo bem?
        É legal e é um artifício muito usado pelos bancos.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Valdenilton Rodrigues de Oliveira 5 de dezembro de 2020

      Olá. Boa tarde. Adquiri um empréstimo no valor de 2.000 reais, com parcelas de 600 reais, em 12 meses. Esses juros são considerados abusivos?

      Responder
      • Suno Research 7 de dezembro de 2020

        Olá, Valdenilton! Tudo bem?
        Sim. Você está pegando um empréstimo de R$ 2.000,00 e pagando R$ 7.200,00.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Marcos Antonio de Souza 9 de dezembro de 2020

      Compre um celular que o preço de mercado e 700 reais e eu comprei em 9 parcela uma entrada de 100 reais e mais 9 parcelas de 206 o celular vai sair por quase 2.000 queria saber o que posso ta fazendo para abaixar essas parcela ou se tenho algum direito nesse caso preço abusivo

      Responder
      • Suno Research 9 de dezembro de 2020

        Olá, Marcos Antônio! Tudo bem?
        Você deve contratar um advogado a fim de realizar a renegociação desses juros, se assim quiser.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • valquiria 20 de dezembro de 2020

      oi eu fiz um emprestimo 3,000 e o banco se eu saber colocou liberado 1, 000 taxa de juros a 5% ao mes pago 214 ao mes desde 05 /2019 em 48 veses nao tem como rever estes juros e o valor indevido

      Responder
      • Suno Research 4 de janeiro de 2021

        Olá, Valquiria! Tudo bem?
        O ideal seria procurar pelo seu gerente para resolver essa situação e, em último caso, solicitar algum advogado para te auxiliar nessa negociação.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • WILLIAM JOSE 6 de janeiro de 2021

      OLA!!FINANCIE UM CARRO EM 48 PARCELAS ESTE E MEU ULTIMO ANO A PAGAR, GOSTARIA DE ENTRAR COM UMA AÇAO REVISIONAL PARA CORRIGIR O VALOR QUE ESTOU PAGANDO….DESDE JA AGRADEÇO
      OBS: SE PUDER RESPONDER NO MEU EMAIL AGRADEÇO

      Responder
    • Maria José vill 12 de janeiro de 2021

      Tenho uma denúncia a fazer do brasilcard,ele fez parceria com o super mercado Atacarejo de Alto Alegre dos Parecis Rondônia, onde fingi ajuda as pessoas na compra através de um cartão com prazo de 45 dias pra pagar a compra, mas atrasei o boleto por 10 dias e me cobraram 111 reais de juros,paguei e pedi pra cancelar a conta e o cartão mas disseram que n podem pois vai vir mas um boleto de pagamento de juro sem mesmo eu ter feito compra.

      Responder
    • Maria José vill 12 de janeiro de 2021

      Minha filha fez uma compra com prazo de 45 dias pra pagar com o cartão brasilcard, com dois dias de atraso o juros foi de 110 reais, como podemos resolver isso?

      Responder
      • Suno Research 13 de janeiro de 2021

        Olá, Maria José! Tudo certo?
        Sugerimos que procure um advogado para te ajudar nessa situação.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Adriana 18 de janeiro de 2021

      Compre um celular nas casas Bahia ele era de 800 no app não consigo pagar aí tenho que paga no carne sai 18 parcelas de 145 o celular sai 2610 e juros abusivo

      Responder
    • Rosana moreira 30 de janeiro de 2021

      Cmprei um carro usado no valor de 22 mil meu marido de 10 de entrada a prestacao 48 vezes de 544 reias esse valor ta correto ou to pagando juros abusivos

      Responder
      • Suno Research 1 de fevereiro de 2021

        Olá, Rosana! Tudo bem?
        Fazendo as contas, você estará pagando por volta de R$ 37.000 nesse veículo. É um aumento de 68% em relação ao preço de R$ 22.000,00.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • sueli 16 de abril de 2021

      Excelente

      Responder
    • Marilú Ribeiro 3 de maio de 2021

      Fiz um empréstimo de 2700 vou pagar 36vzx de duzentos e setenta e dois reais é um juro abuso vcs podem me dar um ajuda só pra saber o que posso fazer

      Responder