Acesso Rápido

    Industrialização: conheça esse processo que marcou a história

    Industrialização: conheça esse processo que marcou a história

    A industrialização foi um dos eventos mais importantes da história da economia moderna, trazendo mudanças importantes na sociedade.

    Inclusive, de acordo com alguns autores, ainda no mundo contemporâneo, é vivenciada uma nova fase da industrialização. Esta fase marcada pelo crescimento das empresas de tecnologia.

    O que é industrialização?

    A industrialização é o nome que se dá para o processo onde os países deixam uma economia voltada para a agricultura ou para a manufatura, para adentrar na modernização do processo industrial. Esse processo teve início na Inglaterra, através da denominada revolução industrial.

    Esse movimento causou mudanças estruturais na vida das pessoas. Por exemplo, antes da revolução industrial, a maior parte da população estava alocada em áreas do campo.

    Dessa forma, foi somente após a industrialização que a sociedade se transformou cada vez mais em uma sociedade urbana.

    Além disso, gerou grandes mudanças nas relações de trabalho, com inúmeros avanços na produtividade dos trabalhadores, permitindo, dessa forma, um maior progresso econômico das nações.

    Quais foram as fases da industrialização?

    Para facilitar o estudo deste evento tão relevante da economia mundial é norma dividi-lo em fases da industrialização, sendo elas:

    1. Primeira revolução industrial
    2. Segunda revolução industrial
    3. Terceira revolução industrial

    1. Primeira revolução industrial

    A primeira revolução industrial ocorreu em meados do século XVIII, por volta de 1760. Esta primeira fase acabou ficando marcada pelo papel pioneiro da Inglaterra.

    Sendo assim, um de seus grandes marcos foi iniciar a transição do sistema feudalista para o sistema capitalista, modelo onde se vive até hoje desde o início do processo de industrialização.

    A sua principal marca foi a criação das máquinas a vapor. As máquinas funcionavam para acelerar sobretudo a tecelagem. Portanto, se consolidou a substituição da manufatura pela nascente indústria moderna inglesa.

    2. Segunda revolução industrial

    A segunda revolução industrial foi marcada pelo fim da hegemonia inglesa. Outros países começaram a estabelecer fortes indústrias que perduram até hoje, tais como a Alemanha e os Estados Unidos.

    Esta fase é a continuação do processo de revolução na indústria, focando na melhoria das técnicas e de criação de máquinas e meios de produção para produzir cada vez mais produtos industrializados.

    Além disso, essa fase de industrialização foi marcada pelo início do uso da energia elétrica e de outras fontes de energia. Como, por exemplo, o petróleo.

    3. Terceira revolução industrial

    Por fim, a terceira revolução industrial é considerada, para muitos autores, o processo que vivencia o mundo contemporâneo.

    Ela é marcada pelo avanço da globalização e da informatização do mundo. Bem como pelo avanço exponencial da tecnologia e a consolidação dos mercados de capitais.

    Quando se iniciou a industrialização no Brasil?

    O processo de industrialização no Brasil ocorreu de forma muito tardia. Mesmo quando outros países, como a Inglaterra, já se mostravam avançados no seu processo de revolução industrial, o Brasil ainda se via focado no agronegócio.

    O país obteve alguns surtos industriais antes do século XX, mas nunca se firmou como um país com vocação industrial.

    Na época do império, o maior expoente da tentativa de industrialização foi o empreendedor barão de Mauá. No entanto, as suas iniciativas sempre eram desestimuladas por agentes externos.

    Ainda ocorreram outros surtos de crescimento da indústria em momentos que o país teve o seu abastecimento externo indisponível. Tais como na ocasião da primeira guerra mundial.

    No entanto, a industrialização brasileira só começou de fato no país no governo de Getúlio Vargas, na década de 30. Posteriormente, ocorreram avanços neste sentido também no governo de Juscelino Kubitschek.

    Qual a importância da industrialização?

    O setor de indústrias é um dos mais importantes dentro de um país, pois é um dos setores de maior impacto econômico . 

    O Brasil, por exemplo, tem cerca de 25% do seu PIB (Produto Interno Bruto) sendo responsável pelo setor secundário, o que corresponde às indústrias.

    O setor industrial se encontra na frente da agricultura, que corresponde a 10% do PIB, e atrás do setor de comércio, que se encontra com 65%. 

    No entanto, a indústria serve como um dos termômetros para a economia, no momento que este setor vai mal, a economia também reflete isso e começa a sofrer. 

    Este setor é responsável por gerar muitos empregos anualmente. Ainda usando o Brasil como exemplo, cerca de 15% dos trabalhadores brasileiros economicamente ativos trabalham na indústria. 

    Além disso, em vários países, a produção do setor industrial é um dos mais importantes fatores da evolução da sociedade. Sempre trazendo serviços de utilidade pública e inúmeros bens para a sociedade.

    Você ainda tem alguma dúvida sobre o processo de industrialização? Faça um comentário para que possamos tirar seus questionamentos.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *