Guia rápido das emissões de cotas

As emissões de cotas, famosas subscrições, são a principal maneira para um fundo imobiliário aumentar seu patrimônio. São eventos em que o fundo imobiliário emite novas cotas e capta mais recursos de seus investidores.

No FIIkipedia de hoje, vamos entender os principais termos e regras das emissões para que você consiga participar sempre que desejar e não fique de fora de possíveis oportunidades.

Utilizaremos algumas imagens do Suno Emissões, nossa plataforma de acompanhamento de emissões, para ajudá-lo a compreender ainda melhor as mecânicas.

MINICURSO INVESTINDO FIIS

Informações Iniciais

Data-base ou Data de corte

É quando o fundo verificará quem é cotista para receber Direitos de Preferência, que permitirão a participação na emissão no período exclusivo para cotistas.

Direito de preferência e fator de proporção

Os direitos permitem que o cotista do fundo participe com uma garantia de que seu pedido será atendido. Cada direito garante a compra de uma cota na emissão. 

A quantidade de direitos recebida será conforme a quantidade de cotas presentes em sua carteira no dia da data de corte, multiplicada pelo fator de proporção de preferência, divulgado pelo próprio fundo.

Períodos

Período de preferência e negociação de direitos

O período de preferência disponibiliza, geralmente, algo em torno de 10 dias para os cotistas informarem às suas corretoras que desejam exercer seus direitos de preferência e comprar as cotas na emissão. Algumas emissões permitem a compra e venda desses direitos por meio do home broker.

Período de sobras e montante adicional

O período de sobras é a segunda rodada em que os cotistas podem exercer seus direitos de preferência. Porém, será disponibilizada uma nova quantidade de direitos proporcionais à quantidade de direitos exercidos no primeiro período. Quem não participou dele, não poderá participar das sobras.

Além disso, algumas emissões podem disponibilizar um montante adicional, que permite que os interessados peçam ainda mais cotas sem um limite máximo.

Porém, não há garantias de que esse pedido será executado. Tudo dependerá de quantas cotas houver disponíveis.

Período público e restrito

Este é um período disponível para o mercado em geral, ou seja, não há necessidade de ser cotista para participar dele. Porém, ele pode ser público (para todos) ou restrito (apenas para investidores profissionais).

Neste período, geralmente, há um pedido mínimo, porém, acima disso, é livre. 

Entretanto, assim como no montante adicional, não há garantias de que seu pedido será atendido, pois os cotistas têm a preferência de compra, por meio dos períodos anteriores.

Preços e valores

Preço de subscrição

O preço de subscrição é o valor que o investidor deve desembolsar para comprar uma cota na emissão. Ele é composto pelo preço de emissão (preço da cota) e a taxa de distribuição (custo da oferta).

Montantes mínimo, inicial e lote adicional

O montante mínimo é o mínimo que o fundo precisa captar para que a emissão não seja cancelada. O montante inicial é o objetivo de captação. Porém, se houver uma demanda superior a essa quantidade, o fundo poderá acionar o lote adicional, que disponibiliza mais algumas cotas para subscrição, geralmente, 20%.

EBOOK MANUAL INVESTIDOR

Pós-emissão

Recibos de subscrição

Depois que a emissão acabar, você notará que ainda não tem as cotas do fundo, de fato. Você receberá, por cada período participado, recebidos de subscrição, cotas com finais diferentes. Pense neles como recibos de compras.

Pelo período de preferência, você receberá o FUND13. Pelo período de sobras, FUND14 e FUND15 pelo período público.

Data de conversão

Depois de algumas semanas, todos esses recibos serão automaticamente convertidos em cotas com final 11 do fundo (ex.: ABCD11). Não há nada que você precise fazer, apenas aguardar.

EBOOK GRATUITO APOSENTADORIA

ACESSO RÁPIDO
    Marcos Correa
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *