Fundos Imobiliários como Reserva de Emergência?

Pela característica de prover uma renda mensal, os fundos imobiliários acabam chamando bastante atenção dos investidores, inclusive para montarem uma reserva de emergência.

Afinal, todos os meses você terá um dinheiro creditado na sua conta e a liquidez do investimento, caso queira vendê-lo, é de dois dias úteis.

Volatilidade dos Fundos Imobiliários

Entretanto, existe um aspecto fundamental que faz com que não seja uma boa ideia montar sua reserva de emergência com fundos imobiliários: a volatilidade.

É certo que os FIIs oscilam menos que as ações e têm um potencial de perda de capital muito menor. Porém, esse risco não é zero.

O principal problema é a grande chance de quando você tiver uma emergência e precisar do dinheiro, os fundos imobiliários estarem em um mau momento e você ficar no prejuízo, com menos dinheiro do que o necessário.

Veja, no gráfico abaixo, a performance histórica do IFIX, o índice que mede o desempenho dos fundos imobiliários:

Fonte: TradingView

Note como existem vários momentos de queda no gráfico. São nesses momentos que você pode acabar precisando do dinheiro e não tendo o suficiente, ou acabar realizando prejuízos para reunir capital, queimando patrimônio.

Portanto, não é indicado que você monte uma reserva de emergência em fundos imobiliários, pois existe esse risco que você não pode correr com esse dinheiro.

Já para um investimento de longo prazo com renda passiva, os fundos imobiliários são uma excelente opção. Indo mais além, essa característica de renda recorrente forma uma blindagem adicional do seu patrimônio, pois caso você precise de um dinheiro a mais para cobrir alguma despesa, pode usar essa renda pontualmente.

ANIVERSARIO SUNO 7 ANOS

ACESSO RÁPIDO
    Marcos Correa
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *