Acesso Rápido

    Fundos de Tijolo: saiba como funciona esse tipo de Fundo Imobiliário

    Fundos de Tijolo: saiba como funciona esse tipo de Fundo Imobiliário

    Os Fundos de Tijolo são importantes ativos de renda variável negociados na Bolsa de Valores. Através deles, é possível investir em galpões logísticos, shoppings, lajes corporativas e mais.

    Os fundos de tijolo são ativos muito atraentes para quem está interessado em investir na renda variável, mas quer se expor a ativos de menor volatilidade.

    O que são Fundos de Tijolo?

    Os Fundos de Tijolo são uma classe de fundos imobiliários compostos por imóveis físicos, em contrapartida aos Fundos de Papel, que investem em ativos como CRIs e LCIs. Entre os ativos encontrados nesse tipo de FII, podem-se citar os shoppings, galpões logísticos, lajes corporativas, agências bancárias e outros.

    Os fundos imobiliários de tijolo são muito procurados por pessoas que querem começar a se expor à renda variável, mas ainda não querem a elevada volatilidade que as ações costumam ter.

    Os Fundos Imobiliários tendem a ter menor volatilidade, gerando menos pânico nos investidores iniciantes. Por outro lado, sua valorização tende a ser menor no longo prazo quando comparado ao retorno das ações.

    Como funcionam os Fundos de Tijolo?

    Os fundos imobiliários de tijolo consistem em fundos que possuem ou negociam ativos imobiliários, como shoppings, galpões e outros.

    No entanto, por serem fundos, eles possuem gestores e funcionários para cuidarem de suas operações, o que se reflete na taxa de administração dos FIIs de tijolo.

    Os investidores que tiverem interesse nesse tipo de ativo podem comprar cotas dos fundos imobiliários através da bolsa de valores.

    Com o valor gerado a partir da emissão de novas cotas, esses fundos imobiliários podem comprar novos ativos e receber aluguel dos mesmos. Esse aluguel é convertido em dividendos para os acionistas.

    Dessa forma, os fundos imobiliários de tijolo interessam investidores que buscam ativos bons pagadores de dividendos.

    Quais os Tipos de Fundos de Tijolo?

    Existem FIIs dos mais variados tipos, e com os FIIs de tijolo não é diferente: é possível encontrar os mais variados tipos de imóveis em suas carteiras.

    As seis principais modalidades dos FIIs de tijolo são as seguintes:

    1. Lajes Corporativas;
    2. Galpões Logísticos;
    3. Shopping Centers;
    4. Agências Bancárias;
    5. Segmento Educacional;
    6. Híbridos.

    1. Lajes Corporativas

    Quando uma empresa quer alugar um espaço para suas operações, geralmente são necessários locais em grandes cidades e com espaços adequados.

    Portanto, os FIIs de lajes corporativas fornecem locais desse tipo para as companhias, de forma que elas possam manter suas operações com espaços de boa qualidade e com boa localização.

    2. Galpões Logísticos

    As grandes lojas do varejo precisam de locais para estocar seus materiais e organizar a logística de suas operações. É aí que os FIIs de galpões logísticos entram em cena.

    Portanto, esses fundos de galpões fornecem o local necessário para que as companhias do setor de varejo consigam montar suas operações e distribuir seus bens a todas as suas lojas e clientes.

    3. Shopping Centers

    Os shoppings são lugares amados por brasileiros, onde é possível encontrar lojas de roupas, praças de alimentação, supermercados e diversos outros comércios em um só lugar.

    Os FIIs de shopping são fundos de tijolo voltados para imóveis desse tipo, que são os favoritos de muitos brasileiros pela segurança e pela possibilidade de encontrar diversos produtos em apenas um local.

    4. Agências Bancárias

    Os FIIs de agências bancárias consistem em imóveis onde estão localizadas agências bancárias, que podem ser dos mais variados bancos.

    Muito se especulou a respeito desses fundos por causa da tendência dos bancos de se digitalizarem. No entanto, eles ainda são negociados em grandes quantidades.

    5. Segmento Educacional

    Fiis de tijolo com imóveis voltados para o segmento educacional. Apesar da tendência crescente para a educação online, os FIIs educacionais ainda são negociados de forma significante.

    6. Híbridos

    Esses tipos de fundos de tijolo, os FIIs híbridos, possuem mais de um tipo de imóvel, e não apenas de uma área especifica.

    Como grande exemplo existe o KNRI11, um dos fundos imobiliários de tijolo mais negociados na bolsa, que investe tanto em galpões logísticos quanto lajes corporativas.

    Vale a pena investir em Fundos de Tijolo?

    Para um pequeno investidor, dificilmente seria possível investir em um imóvel de alta qualidade, dos tipos que são encontrados nesses fundos.

    Além disso, são necessárias altas somas de dinheiro para que um imóvel possa ser comprado por alguém, além da baixa liquidez desse ativo e das preocupações com inquilinos e restaurações.

    Portanto, os fundos imobiliários de tijolo podem ser interessantes para o investidor que busca investir em bons imóveis por uma fração do preço de um imóvel comum.

    Por isso, esses FIIs de tijolo são interessantes para quem quer começar a se expor à renda variável com ativos de menor volatilidade que as ações.

    Ainda restou alguma dúvida a respeito dos fundos de tijolo? Faça um comentário abaixo!

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    6 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Bruna 14 de agosto de 2020

      Olá
      Eu queria saber onde eu acesso as informações referente à localização dos imóveis e os códigos dos fundos. Exemplo: Quero investir na empresa X, onde encontro os códigos dela;
      Exemplo: KNRI11 é de qual empresa? Tenho essas dúvidas

      Obrigada!

      Responder
      • Suno Research 17 de agosto de 2020

        Bom dia
        Sugerimos que use uma ferramenta de pesquisa de ativos.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Deia 25 de setembro de 2020

      Ola boa tarde gostaria de tirar uma dúvida quero pela primeira vez fazer um envestimento sou iniciante nesse ramo quanto precisa para envestir no fundo de tijolos?
      Desde já fico no aguarde de um retorno.
      Att.deia

      Responder
      • Suno Research 28 de setembro de 2020

        Olá, Deia! Tudo bem?
        Que bom que você quer começar a investir!! Os valores iniciais podem variar bastante, mas a partir de R$10,00 já é possível escolher bons fundos de tijolo.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
      • Daniel Faundez 5 de fevereiro de 2021

        Queria saber para comprar Fundos Imobiliários. Obrigado bom dia.

        Responder
    • Daniel Faundez 5 de fevereiro de 2021

      Queria saber para comprar Fundos Imobiliários. Obrigado bom dia.

      Responder