Acesso Rápido

    3 maiores erros dos investidores iniciantes: descubra quais são

    3 maiores erros dos investidores iniciantes: descubra quais são

    Saber quais são os 3 maiores erros dos investidores iniciantes é essencial para quem quer aprender como começar a investir de uma forma mais assertiva.

    Afinal, ao não cometer esses 3 maiores erros dos investidores iniciantes, é possível montar uma carteira de investimento com foco na construção de um patrimônio.

    Quais são os 3 maiores erros dos investidores iniciantes?

    Quem deseja começar a investir, mesmo que seja pouco dinheiro, precisa saber quais são os erros cometidos pelos investidores, a fim de aprender com ele e não cometer as mesmas falhas.

    Nesse sentido, os 3 maiores erros dos investidores iniciantes são:

    1 – Não diversificar a carteira de investimentos

    Um dos principais erros que os investidores iniciantes acabam cometendo no momento de investir é não diversificar a sua carteira de investimentos.

    Vale destacar que a diversificação é a melhor forma de diluir os riscos e potencializar o retorno do investimento.

    Muitas vezes, os investidores acabam comprando uma ação por recomendação de um amigo, ou até mesmo porque essa ação subiu e todo mundo está falando dela.

    Portanto, antes de começar a investir é preciso lembrar de não colocar todos os coelhos na mesma toca, zelando sempre pela aplicação diversificada e bem fundamentada.

    2 – Colocar todo o patrimônio em renda variável

    Um outro erro bastante comum que muita gente comete quando começa a investir é colocar todo o seu capital em renda variável.

    Usar opções de renda fixa como o CDB é essencial para ajudar a diluir o risco. Além do CDB também existem diversas outras opções de renda fixa como Tesouro Direto, Letra de Crédito Imobiliário etc.

    Mesmo que a diversificação tenha esse objetivo, a verdade é que uma crise mundial pode derrubar todo o mercado de renda variável.

    O percentual a ser aplicado em renda fixa e renda variável depende muito do perfil de cada investidor. Quem é mais conservador costuma colocar um percentual maior em renda fixa, ao passo que investidores mais arrojados buscam mais aplicações em renda variável.

    Entretanto, a diversificação entre renda fixa e variável é uma excelente estratégia para evitar perdas substanciais devido a acontecimentos macroeconômicos.

    3 – Não seguir uma estratégia de investimento consolidada

    O último grande erro cometido pelos investidores iniciantes é não seguir uma estratégia de investimento consolidada. Existem diversas escolas de investimentos, a análise fundamentalista se caracteriza por ser uma das mais coerentes e sustentáveis no longo prazo. 

    Ou seja, seguir algumas estratégias pode custar caro como, por exemplo, fazer operações de day trade.

    As operações de day trade são muito arriscadas e podem gerar grandes prejuízos. Isto porque, no curto prazo, o mercado se comporta de maneira aleatória e — muitas vezes — de forma irracional.

    Geralmente, a análise gráfica é muito usada por traders que tem como principal objetivo a especulação de curto prazo.

    Ou seja, ela não avalia a solidez financeira, capacidade de pagamento, possibilidade de crescimento, dentre outros aspectos.

    Porém, para quem deseja fazer investimentos mais consistentes e ganhar no longo prazo é fundamental entender como funciona a análise fundamentalista.

    São pequenos erros que acabam fazendo uma grande diferença no final das contas. Por isso, antes de começar a investir, evite cometê-los.

    Foi possível entender quais são os 3 maiores erros dos investidores iniciantes? Não deixe de compartilhar este artigo com todos os seus amigos investidores.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *