Investimento a curto prazo: confira opções para você aplicar

Você está em busca de um investimento a curto prazo?

O investimento a curto prazo deve apresentar baixa volatilidade e baixas chances de perda do capital. Dessa forma, o investidor não será surpreendido no momento do resgate.

Um investimento a curto prazo é aquele que é feito para ser resgatado no período de até um ano. Sendo assim, serão elencadas aqui opções para você fazer um bom investimento de curto prazo.

É importante ressaltar que na aplicação de curto prazo o investidor deve ficar muito atento à incidência de imposto de renda.

Nas duas opções descritas a seguir, bem como na grande maioria dos investimentos de renda fixa, o IR ocorre da seguinte forma:

  1. Aplicação de 0 a 6 meses: IR de 22,5% sobre o ganho de capital
  2. Aplicação de 6 a 12 meses: IR de 20% sobre o ganho de capital
  3. Aplicação de 12 a 18 meses: IR de 17,5% sobre o ganho de capital
  4. Aplicação de 24 meses em diante: IR de 15% sobre o ganho de capital

Opções de investimento a curto prazo

Investimento a curto prazo

As 3 opções mais recomendadas para você realizar uma aplicação de curto prazo são:

  • Tesouro Direto (Selic)
  • Fundo DI
  • Título de renda fixa privado

Tesouro direto

O Tesouro Direto é o programa de títulos do governo federal. Ou seja, ao aplicar no Tesouro Direto você está, na prática, emprestando recursos para o governo.

Este é um investimento de curto prazo de baixíssimo risco, pois o governo federal é considerado o menor risco de crédito da economia. Isto ocorre pois o Governo detém o poder de gerar mais moeda.

O melhor investimento de curto prazo do Tesouro Direto é o Tesouro Selic. Pois este é o título com a menor volatilidade dentre todos os disponíveis.

Ao aplicar no Tesouro Selic, o investidor receberá como rendimento a Selic acumulada do período de sua aplicação.

Portanto, este é um investimento de baixíssimo risco, mas também o seu rendimento não costuma ser muito acima da inflação.

Ao resgatar o título o investidor recebe os seus recursos no dia seguinte.

A principal vantagem do Tesouro Selic é a sua baixa aplicação inicial necessária. Com apenas aproximadamente R$ 30,00 o investidor já pode investir neste título.

WEBINARIO SUNO INTER

Fundo DI

A segunda opção recomendada como melhor investimento de curto prazo é um fundo DI.

Os fundos DI aplicam quase a totalidade dos seus recursos em operações indexadas ao CDI. O CDI é um índice que, na prática, acompanha a taxa Selic.

Os fundos podem aplicar tanto em títulos privados quanto em títulos públicos, e cobram uma taxa de administração. Busque investir em um fundo DI que cobre uma taxa de no máximo 0,5%.

Caso contrário o seu rendimento pode ser comprometido ou o fundo terá de aplicar em investimentos mais arriscados para obter uma boa rentabilidade.

Você deve buscar fundos que entreguem em média o resultado bruto de 100% do CDI.

Assim, no momento do resgate, a sua aplicação terá um rendimento líquido razoável.

Em uma busca rápida em corretoras, e até em alguns bancos, é possível achar alguns fundos DI com este nível de rentabilidade.

5 AMOSTRAS SUNO RESEARCH

A grande vantagem do fundo DI é que o resgate costuma entrar na conta no mesmo dia. A principal desvantagem é que alguns fundos possuem uma aplicação mínima inicial muito alta. Ainda assim, é uma ótima opção de investimento a curto prazo.

ACESSO RÁPIDO
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *