Acesso Rápido

    2 FIIs sólidos que pagam bons dividendos

    2 FIIs sólidos que pagam bons dividendos

    O professor Marcos Baroni tem feito uma série de materiais instruindo o pequeno investidor sobre fundos imobiliários

    Em artigo recente o professor elencou 5 características que buscamos ao analisar um fundo imobiliário:

    1. Localização privilegiada
    2. Padrão construtivo adequado
    3. Bons inquilinos
    4. Gestão alinhada
    5. Preço atrativo

    O Baroni vai se aprofundar em cada um destes tópicos nas próximas semanas em sua coluna semana FIIKIPEDIA.

    Não é fácil encontrar ativos negociados em bolsa que possuam todas as características simultaneamente.

    Investir é fazer escolhas: é preciso abrir mão de uma característica em detrimento de outra. Como tudo na vida.

    Porém, ainda conseguimos encontrar alguns poucos ativos que possuem todas essas características, ainda que tenhamos que sempre abrir mão um pouco de uma delas: é praticamente impossível um fundo estar no quartil superior em cada uma dessas características.

    E quais fundos ainda encontramos as características de ótima qualidade e bom preço?

    Selecionamos alguns:

    HGJH11 – JHSF PRIME OFFICES FII

    retorno hgjh11

    Este fundo possui em seu portfólio um dos melhores imóveis de São Paulo: o Edifício Metropolitan no coração do Itaim e próximo a Avenida Faria Lima.

    Este ativo atrai os principais Family Offices do Brasil, além de ter um dos helipontos mais movimentados da cidade e um dos restaurantes mais caros do Brasil, o Parigi.

    Atualmente, o fundo paga entre 6 e 7% de dividend yield, mas acreditamos que este dividendo pode aumentar ao longo do tempo com a recuperação econômica e o consequente aumento dos aluguéis.

    Além disso, acreditamos que a vacância do fundo será reduzida, o que também potencializará o retorno do fundo, com um maior fluxo de receitas de aluguéis e menores despesas com condomínio.

    HGLG11 – HEDGING GRIFFO LOGÍSTICA FII

    hglg11

    O HGLG11 é um fundo imobiliário que detém participações em galpões logísticos e industriais.

    O fundo encerrou o último mês com cerca de 119 unidades locáveis em seu protfólio, que estão localizadas em 8 empreendimentos e totalizam 174 mil m² com cerca de 65 contratos de locação.

    Hoje o fundo enfrenta uma vacância elevada, de cerca de 19%, o que reflete ainda um cenário desafiador enfrentado pela economia brasileira, mas à medida em que o país volte a crescer, vemos boas perspectivas futuras e uma redução considerável na vacância, além de preços praticados mais elevados.

    O gestor vem trabalhando na prospecção de novos inquilinos e é possível que a vacância venha a ser reduzida de alguma forma nos próximos meses.

    Estimamos que o HGLG entregará um yield em torno de 7,5% para os próximos 12 meses, mas com perspectivas de boa evolução no futuro.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *