Ibovespa sobe 1,34% com Weg (WEGE3) liderando maiores altas

Ibovespa sobe 1,34% com Weg (WEGE3) liderando maiores altas
Ibovespa. Foto: Pixabay

O Ibovespa encerrou o pregão desta quarta-feira (28) em alta de 1,34%, aos 126.285,59 pontos, de olho na temporada de balanços do segundo trimestre desse ano.

O Ibovespa hoje também seguiu atento à decisão do Federal Reserve (Fed, banco central dos Estados Unidos) que manteve a taxa de juros entre 0% e 0,25% ao ano, em decisão unânime.

A autoridade monetária anunciou ainda o estabelecimento de dois programas de acordos de recompra de ativos (repo).

Um deles é um instrumento doméstico permanente (SRF, na sigla em inglês), e o outro um instrumento de repo para autoridades monetárias do exterior e internacionais (FIMA, na sigla em inglês).

“Esses instrumentos servirão como auxílio aos mercados monetários para apoiar a efetiva implementação da política monetária e o funcionamento adequado do mercado”, diz o BC, em comunicado à parte de sua decisão de hoje de manter os juros.

Movimentação do Ibovespa hoje

Pela manhã, o principal índice da B3 abriu em alta de 0,79%, aos 125.596,46 pontos, tentando se recuperar da queda de ontem. Os holofotes estavam na decisão do Banco Central dos Estados Unidos sobre a política monetária do País.

No decorrer da sessão, o Ibovespa continuou operando com ganhos, enquanto o sentimento de recuperação econômica voltava a predominar no Brasil, com o índice de confiança da indústria subindo 0,8% em julho ante junho — no maior patamar desde janeiro.

Durante o pregão de hoje, os bancos subiram em bloco, com o Itaú (ITUB4) se destacando, puxado pela autorização do BC para a cisão de participação na XP. O Santander (SANB11) também subia, refletindo os resultados apresentados no segundo trimestre.

O mercado também reagiu de maneira positiva aos resultados da Weg (WEGE3) que decolou durante a sessão e liderou as altas do dia durante a tarde.

A Vale (VALE3) também ficou sob os holofotes. Após o pregão de hoje, a companhia deve divulgar seus resultados no segundo trimestre do ano. O BTG Pactual (BPAC11) espera que o lucro da mineradora alcance US$ 9,823 bilhões.

Ibovespa hoje. Foto: Reprodução Status Invest
Ibovespa hoje. Foto: Reprodução Status Invest

Maiores altas do Ibovespa 

As maiores altas do Ibovespa no dia de hoje foram:

  • Weg (WEGE3): +8,08% / R$ 37,20
  • JHSF (JHSF3): +3,70% / R$ 7,56
  • BRF (BRFS3): +3,61% / R$ 26,44
  • Hering (HGTX3): +3,40% / R$ 38,98
  • Itaú (ITUB4): +3,25% /  R$ 30,79

Maiores baixas do Ibovespa 

As maiores baixas do Ibovespa no dia de hoje foram:

  • Natura (NTCO3): -5,90% / R$ 55,00
  • CSN (CSNA3): -2,52% / R$ 45,57
  • BTG Pactual (BPAC11): -2,05% / R$ 31,02
  • B3 (B3SA3): -1,55% / R$ 15,84
  • Multiplan (MULT3): -1,33% / R$ 22,93

Notícias que movimentaram a bolsa de valores

  • Ação da CSN (CSNA3) cai apesar de divulgar lucro bilionário
  • Weg (WEGE3) sobe quase 6% após divulgar alta de 120,6% no lucro líquido do 2T21
  • TC (TRAD3)  e Armac (ARML3) estreiam em alta na B3
  • Ambipar (AMBP3) dispara após anunciar Gisele Bündchen como acionista e “embaixadora ESG”

CSN (CSNA3) em queda

A Ação da CSN (CSNA3) operou em queda durante o pregão de hoje, apesar de ter divulgado um lucro bilionário na noite anterior.

A CSN anotou um lucro líquido de R$ 5,513 bilhões no segundo trimestre, alta de 1.136%, ou quase 12 vezes maior que os R$ 446 milhões registrados em igual período do ano passado.

A alta do lucro foi impulsionada pela receita líquida da companhia, que ao final do segundo trimestre somou R$ 15,4 bilhões (+147%), com maior volume de venda no mercado interno.

Por sua vez, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado foi recorde: R$ 8,17 bilhões, número 325% acima do R$ 1,93 bilhão reportado em 2020.

Weg (WEGE3) dispara após divulgar resultados

Por outro lado, a ação da Weg (WEGE3) subia 5,84%, por volta das 14h16, após a empresa ter divulgado no último pregão um lucro líquido de R$ 1,1 bilhão no segundo trimestre de 2021, uma alta de 120,6% em comparação com o mesmo período do ano passado.

O Ebtida  da Weg somou R$ 1,3 bilhão, avanço de 90,2% na comparação anual, conforme informou a empresa.

De acordo com a Weg, o lucro líquido foi positivamente impactado pelo reconhecimento dos créditos tributários referente à exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS e Confis. Além dos efeitos no Ebtida, que tiveram um impacto positivo no resultado financeiro, de R$ 129,9 milhões, e um aumento no imposto de renda auferido destes créditos, de R$ 147,5 milhões.

TC (TRAD3) e Armac (ARML3) estreiam em alta na B3

Além disso, a safra de IPOs continua na B3. O TC (TRAD3) estreou em forte alta na B3 nesta quarta-feira. Em sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), as ações da empresa operavam com um avanço de 14,54%, negociadas a R$ 10,86, por volta das 10h23.

Por sua vez, a Armac (ARML3) também fez sua estreia com forte avanço. Em sua abertura de capital, os papéis da companhia operavam com uma alta de 16,24%, negociados a R$ 19,33, por volta das 10h23.

Gisele Bündchen será acionista e “embaixadora ESG” da Ambipar (AMBP3) e ações disparam

A ação da Ambipar (AMBP3) também disparou no pregão de hoje. Por volta das 16h50, o papel da companhia operava em alta de 14,60, valendo R$ 48,82.

No início desse semana a companhia  anunciou que a brasileira Gisele Bündchen vai integrar o Comitê de Sustentabilidade da companhia. Gisele será também acionista.

Segundo nota ao mercado, a supermodelo gaúcha firmou parceria “para promover a gestão estratégica de negócios como foco em iniciativas sustentáveis”. Gisele Bündchen, conhecida por seu ativismo ambiental, atuará como “embaixadora” na divulgação da imagem institucional do grupo, priorizando produtos e serviços ESG (Environmental, Social and Governance).

Desempenho dos principais índices  

Além do Ibovespa, confira o fechamento dos principais índices da bolsa hoje:

  • Ibovespa hoje: +1,34% / 126.285,59
  • IFIX hoje: -0,021% / 2.816,91
  • IBRX hoje: +1,46% / 54.814,15
  • SMLL hoje: +0,86% / 3041
  • IDIV hoje: +1,13% / 6951

Última cotação do Ibovespa

O Ibovespa encerrou as negociações na última terça-feira com uma queda de 1,10%, aos 124.612,03 pontos.

Laura Moutinho

Compartilhe sua opinião

Receba os destaques que irão movimentar o cenário econômico antes da abertura do mercado.

Inscreva-se