Weg (WEGE3) tem lucro líquido de R$ 1,1 bilhão no 2º tri, alta de 120,6%

Weg (WEGE3) tem lucro líquido de R$ 1,1 bilhão no 2º tri, alta de 120,6%
A Weg (WEGE3) informou, nesta quinta, que sua carteira de ciclo longo para 2021 é saudável e que carteira de 2020 será entregue.

A Weg (WEGE3) teve um lucro líquido de R$ 1,1 bilhão no segundo trimestre de 2021, alta de 120,6% em comparação com o mesmo período do ano passado. O Ebtida (lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) somou R$ 1,3 bilhão, avanço de 90,2% na comparação anual.

De acordo com a Weg, o lucro líquido foi positivamente impactado pelo reconhecimento dos créditos tributários referente à exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS e Confis. Além dos efeitos no Ebtida, que tiveram um impacto positivo no resultado financeiro, de R$ 129,9 milhões, e um aumento no imposto de renda auferido destes créditos, de R$ 147,5 milhões.

“Desconsiderando estes efeitos não recorrentes, o lucro líquido seria de R$ 851,9 milhões neste trimestre, um crescimento de 65,6% em relação ao segundo trimestre, com uma margem líquida de 14,8%”, informou a companhia.

Balanço da Weg

Já a receita operacional líquida da Weg foi de R$ 5,7 bilhões no segundo trimestre, alta de 41,4% ante o segundo trimestre de 2020. Neste trimestre, 60% da receita foi proveniente do mercado interno e 28,9% do mercado externo.

Segundo a empresa, a receita líquida do mercado externo, medida em dólares pelas cotações trimestrais médias, apresentou crescimento de 31,5% em relação ao mesmo período no ano passado e crescimento de 20,6% em relação ao primeiro trimestre.

No negócio de produtos de ciclo curto, como eletroeletrônicos industriais e motores comerciais, a receita foi de R$ 851,1 milhões no mercado interno e R$ 1,6 bilhão no mercado externo, representando 47,3% da receita total. Já o segmento de equipamentos para geração, transmissão e distribuição de energia representou 37,2%.

As despesas de vendas, gerais e administrativas ficaram em R$ 637 milhões, crescimento de 26,8% na comparação com o segundo trimestre de 2020.

A geração de caixa nas atividades operacionais foi de R$ 526,9 milhões no primeiro semestre de 2021, diminuição de 46,2% comparado ao ano anterior. Este resultado é explicado pela maior necessidade de capital de giro no período.

“O nível de investimento em modernização e expansão da capacidade produtiva apresentou crescimento em relação ao mesmo período de 2020, dando continuidade nos investimentos das fábricas do Brasil, México, China e EUA”, informou o relatório da Weg

Poliana Santos

Compartilhe sua opinião

Receba os destaques que irão movimentar o cenário econômico antes da abertura do mercado.

Inscreva-se