Ibovespa sobe 2% com recuperação de tecnologia e petróleo; Petrobras (PETR4) dispara 7%

Ibovespa sobe 2% com recuperação de tecnologia e petróleo; Petrobras (PETR4) dispara 7%
Ibovespa. Foto: Pixabay.

Após a derrocada da última semana, o Ibovespa ensaia uma recuperação, mesmo com as preocupações que rondam Brasília. A temporada de resultados trimestrais pega tração nesta semana, com os investidores ponderando o ambiente incerto sobre a economia frente ao desempenho corporativo. A Petrobras (PETR4) se destaca: dispara 7% após a publicação de uma reportagem da CNN dizendo que o governo avalia vender ações e ficar sem maioria na estatal. A ação já tinha subido mais de 4% mais cedo com o reajuste dos combustíveis.

Por volta das 16h30, o Ibovespa subia 2,01%, para 108.432 pontos. No acumulado do ano, o índice cai 9%. O dólar, de forma inversa, recua cerca de 1,5% nesta segunda, para a casa R$ 5,57.

No âmbito corporativo, Suzano e Klabin devolvem parte dos ganhos do último pregão, quando subiram sozinhas no Ibovespa. Do lado positivo, empresas com múltiplos elevados e que representam o setor de tecnologia no Brasil, como Totvs e Banco Inter, procuram se recuperar do tombo nos últimos dias. Méliuz (CASH3) também sobe mais de 4%.

Porém, os juros futuros permanecem esticados. O Certificado de Depósito Interbancário (CDI), negociado para janeiro de 2023, sobe dois pontos percentuais, para 11,15%.

O que movimenta o Ibovespa hoje

  • Petrobras volta a reajustar gasolina e ações sobem;
  • Boletim Focus enxerga crescimento do PIB abaixo de 5% em 2022;
  • Hypera deu a largada na temporada de resultados;

Petrobras aumenta gasolina em 7%

Petrobras (PETR4) anunciou, na manhã desta segunda, mais um reajuste de preços da gasolina A e diesel A para distribuidoras. As alterações passam a valer a partir de amanhã.

Com isso, o reajuste na gasolina para as distribuidoras será de R$ 0,21 por litro, passando de R$ 2,98 para R$ 3,19 por litro — ou cerca de 7%. De acordo com a empresa, isso deve resultar em um aumento de R$ 0,15 por litro nos postos de combustível.

“Mesmo após a elevação ser efetivada, motivados pela pressão cada vez maior exercidas pelo câmbio e pelo barril de petróleo, estimamos que ainda exista espaço potencial de nova elevação de até 17% por parte da Petrobras no curto prazo”, comenta a Ativa Investimentos, fazendo alusão à defasagem frente ao mercado internacional.

De acordo com o Centro Brasileiro de Infraestrutura, até a manhã desta segunda, a defasagem estava em 21% para a gasolina. No caso do diesel, era de 19%.

O anúncio da Petrobras acompanha mais uma alta do preço do petróleo no mercado internacional. Por volta das 14h33 desta segunda, os futuros do barril do tipo Brent sobem 0,66%, para R$ 85,18. No acumulado do ano, a alta do petróleo é de 64%.

As ações da Petrobras, por sua vez, avançam 4,34%, para R$ 28,36.

Focus volta a reduzir estimativa para o PIB

Após três semanas com a mesma previsão para o crescimento econômico do País, o Boletim Focus diminuiu o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro. Com isso, no relatório desta segunda, a projeção para o PIB do Brasil em 2021 ficou em 5,01%.

Há quatro semanas, o Boletim Focus indicava um crescimento do PIB de 5,04% neste ano.

Para o ano que vem, os economistas também diminuíram a previsão para economia. A estimativa saiu de uma expansão de 1,54% para 1,50%. Há cerca de 30 dias, o crescimento esperado era de 1,63%.

A previsão acompanha o novo aumento da estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A previsão dos economistas ouvidos pelo Banco Central é de que a inflação do País termine o ano acumulada em 8,69%.

Vale lembrar que a meta estipulada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) neste ano é de 3,75%. Para o ano que vem, é de 3,5%.

Temporada de resultados começa no Brasil; Hypera tem tombo no lucro líquido

A Hypera (HYPE3) deu o pontapé inicial na temporada de balanços corporativos do terceiro trimestre no Brasil. Após o fechamento do mercado na última sexta-feira (22), a empresa reportou um lucro líquido 41,7% menor em comparação ao mesmo período de 2020, chegando a R$ 201,6 milhões.

Segundo o Bank of America, a Hypera está sendo negociada abaixo da média histórica. “Acreditamos ser uma perspectiva atraente e vários vetores de crescimento.”

O banco de investimento diz que “os aumentos de preços para 2021 também estão permitindo que o Hypera recupere uma parte substancial da perda recente de margem bruta“. A recomendação é de compra para os papéis da empresa.

Nesta semana, empresas como Petrobras e Vale (VALE3) divulgam seus resultados.

Apesar do cenário desafiador, XP está otimista para os balanços do terceiro trimestre. A corretora espera um crescimento do lucro por ação (LPA) das empresas do Ibovespa em um nível robusto em +238%, ainda parcialmente explicado pela base de comparação “fácil” do terceiro trimestre de 2020.

Maiores altas do Ibovespa

Confira as altas do índice Ibovespa, por volta das 14h50:

Maiores baixas do Ibovespa

No mesmo horário, as baixas do Ibovespa, eram:

Bolsas mundiais

Além do índice Bovespa, confira a cotação dos principais índices mundiais nesta tarde:

Última cotação do Ibovespa

Da mesma forma que o Ibovespa hoje, o índice acionário encerrou as negociações na última sexta com uma queda de 1,34%, aos 106.296,18 pontos.

Jader Lazarini

Compartilhe sua opinião

Comece 2022 investindo nos melhores Fundos Imobiliários

Baixar agora!