Acesso Rápido

    Treasury Bills: saiba o que são e como funcionam os títulos americanos

    Treasury Bills: saiba o que são e como funcionam os títulos americanos

    Assim como no Brasil são oferecidos títulos emitidos pelo Tesouro Nacional, no mercado financeiro americano existem os Treasury Bills.

    No entanto, por serem negociados no exterior, ou seja, no mercado americano, vale a pena conhecer mais a fundo os Treasury Bills e suas particularidades.

    O que são Treasury Bills?

    Os Tresury Bills, ou apenas T-Bills, são títulos de dívida do governo dos EUA, emitidos pelo Tesouro Nacional americano com um prazo de validade de curto prazo.

    Normalmente, os títulos possuem um vencimento em um ano ou até menos, mas mesmo assim são caracterizados como títulos de baixíssimo risco. Afinal, são títulos de dívidas dos Estados Unidos e, portanto, o risco de inadimplência é quase nulo.

    Como funcionam os Treasury Bills?

    Para financiar as atividades do país, muitas vezes, o governo junto ao tesouro nacional emite títulos de dívida.

    Isso ocorre tanto no Brasil, com os diversos títulos do tesouro nacional, como nos Estados Unidos, com os T-Bills, por exemplo.

    Assim, o investidor pode comprar os títulos emitidos pelo tesouro com uma rentabilidade que será resgatado no vencimento do título.

    Por isso, Treasury Bills são vistos como investimentos de renda fixa conservadores e seguros, uma vez que o governo dos Estados Unidos é quem “promete” o pagamento para o investidor.

    Por ser a maior economia do mundo e ter uma chance de falência quase nula, os treasuries americanos negociados nos EUA, são considerados os mais seguros do mundo.

    Quais são as características dos T-Bills?

    Para que fique ainda mais claro o que são Treasury Bills, é interessante conhecer as principais características dos T-Bills, sendo eles:

    • Vencimento de curto prazo;
    • Resgates de Tresury bills e ganho de juros;
    • Impostos do T-Bill.

    Vencimento de curto prazo

    Os T-Bills são títulos ”short-term”, ou seja, são de curto prazo e os mais populares têm prazo de vencimento (maturity) de 4, 8, 13, 26 e 52 semanas.

    Quanto maior for o prazo de vencimento, maior tende a ser a taxa de juros oferecida pelo governo americano para o investidor.

    Resgates de Tresury bills e ganho de juros

    Os Treasury Bills são emitidos com um valor descontado em relação ao valor de face ao título de fato.

    Por exemplo, um título com valor real de $1.000,00 pode custar, no momento da compra, $950. Esse é apenas um exemplo, a diferença do valor real e do valor de aquisição é determinada pela taxa de juros oferecida pelo título na hora da contratação.

    Considerações sobre impostos do T-Bill

    O rendimento obtido através dos Treasury Bills é isentos de taxas estaduais e locais.

    No entanto, os rendimentos estão sujeitos ao imposto de renda federal e, portanto, devem ser declarados.

    E-book: Investindo no Exterior

    Descubra como investir nas melhores empresas e ativos do mundo com o nosso ebook gratuito de Investimentos no Exterior!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Quais são as vantagens dos Treasury Bills?

    Por ser um título de dívida do governo americano, os T-bills apresentam algumas vantagens em relação aos demais títulos de renda fixa.

    • Menor risco;
    • Vencimento de curto prazo.

    Menor risco

    Por ser título de dívida para financiar atividades do governo americano, o risco de “calote” por parte dos EUA é insignificante.

    Afinal, é um dos países que apresenta um dos menores risco país do mundo, além de ser extremamente capitalizado.

    Curto prazo

    Muitos títulos de renda fixa têm o foco na manutenção do investimento para o longo prazo.

    No entanto, com os T-Bills, é possível investir em títulos de renda fixa americano, seguros e com vencimento no curto prazo.

    Esse artigo te ajudou a conhecer mais a fundo os Treasury Bills? Deixe dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *