Acesso Rápido

    Risco Brasil: entenda o que significa e como é mensurado

    Risco Brasil: entenda o que significa e como é mensurado

    Você já ouviu falar no risco Brasil?

    O risco Brasil é muito importante para definir o quanto o governo irá pagar de juros em sua dívida pública. Afinal, quanto maior o risco no país, mais os investidores vão cobrar de retorno para emprestar os seus recursos.

    O risco Brasil é, em suma, uma avaliação do risco de crédito do país. Quanto maior for o risco de crédito do país (ou seja, quanto menos provável for que ele honre com os seus compromissos), maior será o risco Brasil.

    É muito importante para um governo tentar, ao máximo, reduzir o risco de crédito do seu país.

    Afinal, quanto menor o risco-país, menor será o valor gasto com a dívida.

    Para se ter uma ideia, no Brasil, um dos maiores gastos governamentais é justamente com os juros da dívida pública.

    São várias as medidas que influenciam na classificação do risco-país. Entre elas é possível citar:

    Exemplo de risco Brasil

    Exemplos do risco Brasil

    Existem diversas formas de mensurar o risco do Brasil. Esses dados são importantes, principalmente, para mensurar a alteração deste risco ao longo do tempo.

    Existem desde os dados mais simples até os mais complexos. Ao longo deste artigo serão exemplificadas 4 formas de medir o risco-país do Brasil.

    • Variação do dólar
    • Spread em relação aos Bonds americanos
    • CDS
    • Risco dado pelas agências de rating

    Variação do dólar

    O dólar é a medida mais simples para se avaliar a oscilação do risco-país.

    Isto ocorre pois, quando existe uma percepção de que o risco-país está diminuindo, são atraídos recursos estrangeiros para o Brasil.

    Ou seja, os investidores irão vender dólares para comprar reais e aplicar no Brasil. Dessa forma, o dólar irá se desvalorizar, enquanto o real se valoriza.

    O contrário ocorre quando existe uma percepção que o risco-país está aumentando.

    Os investidores estrangeiros vendem reais e compram dólares para deixar o Brasil. Assim, a moeda estrangeira se valoriza enquanto o real perde valor.

    Por isso que os analistas financeiros prestam muita atenção à volatilidade do dólar.

    Spread em relação aos Bonds americanos

    Uma outra forma de se avaliar o risco de crédito do Brasil é através do spread para os títulos americanos, formalmente conhecido como EMBI+.

    Por exemplo, se os títulos americanos pagam 2% ao ano e o brasileiro paga 5% ao ano, existe um spread de 3%.

    A economia americana é considerada uma das mais seguras do mundo. Por isso, o seu título é tido como referência.

    Quanto maior for este spread, maior será considerado o risco-país do Brasil. Já quanto menor for o spread, menor será considerado o risco-país do Brasil.

    Afinal, se os investidores aceitam receber menos por investir no Brasil, significa que o país está sendo visto como mais seguro.

    Ao mesmo tempo, isso indicaria uma aproximação entre Brasil e EUA em termos de risco de crédito.

    O EMBI+ é a medida mais utilizada por bancos e instituições financeiras para medir o risco-país.

    CDS

    Outra forma muito usual de medir o risco país é através dos CDS. CDS é a sigla em inglês para “Credit Default Swap”. Ele pode ser entendido como um seguro em relação ao calote da dívida.

    Por exemplo, se os investidores têm medo de que o Brasil possa não honrar com os seus compromissos, eles compram este seguro. Assim, o valor do CDS sobe.

    Observe na imagem abaixo, por exemplo, a variação do valor do CDS das economias emergentes em 2018:

    gráfico do CDS risco brasil
    Fonte: G1 / Tendências Consultoria

    Este gráfico representa a piora no risco-país de diversos países emergentes em 2018, em função do cenário mais tenso da economia global.

    Em especial, o CDS aumentou bastante na Argentina, Turquia e no Brasil. Esses países, além da piora no cenário global, tiveram estresses locais que colaboraram para a piora da percepção de risco.

    O Brasil, por exemplo, passou pela greve dos caminhoneiros e pelo período de eleições.

    Risco dado pelas agências de rating

    Risco Brasil classificado pelas agências de rating
    Legenda das agências de Rating

    Uma outra forma muito comum de se mensurar o risco-país é através das notas dadas pelas agências de rating.

    Essas agências são especializadas em analisar e classificar o risco dos emissores de crédito. Assim, as suas notas são uma ótima forma de avaliar o risco Brasil.

     

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *