Acesso Rápido

    Pirâmide financeira: saiba o que é e como não cair nesse esquema

    Pirâmide financeira: saiba o que é e como não cair nesse esquema

    Na busca de alternativas para aumentar sua fonte de renda e enriquecer, muitas pessoas acabam caindo na promessa de dinheiro fácil de uma pirâmide financeira. Com isso, inevitavelmente ficam ainda mais longe dos seus objetivos financeiros, já que, uma pirâmide como essa tende a cair e gerar prejuízo para seus membros.

    É por isso que a pirâmide financeira é considerada um crime contra a economia popular, o que está devidamente tipificado na Lei 1.521/51. Então, com o objetivo de evitá-las, é preciso conhecer melhor o que é, como funciona e como identificar uma pirâmide financeira.

    O que é pirâmide financeira?

    Pirâmide financeira, ou esquema Ponzi, é um prática ilícita e não sustentável que garante a remuneração financeira dos membros de um negócio pela entrada de novos integrantes na base da pirâmide. Por definição, em algum momento esse modelo deixa de ser sustentável, resultando na queda da pirâmide e no prejuízo dos seus membros.

    Além disso, ressalta-se que a maior parte dessas pirâmides se escondem por trás de algum produto, serviço ou até de criptomoedas. No entanto, todas elas são criadas com o objetivo de garantir um ganho desproporcional para aqueles que estão no topo, sustentados pela base.

    Planilha de Controle de Investimentos

    Faça o controle completo das suas ações, FIIs e todos os seus investimentos com a nossa planilha gratuita de Controle de Investimentos!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Por se tratar de um ato ilícito, em um crime contra a economia popular, o crime de pirâmide financeira foi tipificado pela Lei 1.521 de 1951, conforme o texto abaixo:

    • “Obter ou tentar obter ganhos ilícitos em detrimento do povo ou de número indeterminado de pessoas mediante especulações ou processos fraudulentos (“bola de neve”, “cadeias”, “pichardismo” e quaisquer outros equivalentes)”.

    Vale destacar que a pirâmide financeira sempre surge com o objetivo de remunerar desproporcionalmente os seus primeiros membros, ou seja, aqueles que estão no seu topo. Então, obtendo resultados relevantes, esses integrantes divulgam o esquema ao público, normalmente fazendo promessas de dinheiro fácil.

    Dessa forma, muitas pessoas se atraem pelo modelo, já que é possível identificar que esses integrantes do topo estão, de fato, ganhando dinheiro. Assim, novas vítimas entram no esquema, garantindo um maior retorno para aqueles que estão acima na pirâmide.

    No entanto, em determinado momento, toda pirâmide financeira se torna insustentável. Isso porque a entrada de novos membros em sua base se torna incapaz de garantir a rentabilidade financeira daqueles que estão no meio e no topo do esquema. Assim, os retornos financeiros cessam e a pirâmide então “cai”.

    Mas por que será que tantas pessoas são vítimas de pirâmides financeiras?

    Por que tantas pessoas são vítimas de pirâmides financeiras?

    Como se sabe, quando uma pirâmide financeira cai, normalmente aqueles que desenvolveram o modelo piramidal desaparecem levando uma verdadeira fortuna. E, do lado oposto, ficam aqueles deixados à deriva, os quais tiveram prejuízo com a operação e que podem ter perdido a economia de uma vida.

    Mas por que será que tantas pessoas ainda caem nesse tipo de esquema? De um lado, isso acontece porque, de tempos em tempos, novos criminosos surgem criando esquemas de pirâmide como esses, sendo que cada vez mais os modelos ficam mais sofisticados e disfarçados.

    No entanto, há também o outro lado da moeda, composto por indivíduos com a vontade assídua de enriquecer rápida e facilmente. Neste caso, a falta de educação financeira também corrobora com o aumento do número de vítimas desse tipo de golpe. 

    Afinal, muitos são incapazes, por falta de conhecimento, de identificar a insustentabilidade de negócios envolvendo pirâmide. Por isso, é fundamental conhecer melhor o que é um esquema de pirâmide. 

    Como funciona uma pirâmide financeira?

    piramide financeira

    Uma das principais formas de evitá-la é conhecendo como funciona uma pirâmide financeira. Isto porque, desta forma, o indivíduo poderá ser capaz de identificar o esquema ilícito mais rapidamente.

    Neste sentido, destaca-se que uma pirâmide funciona por meio do recrutamento de novos membros, os quais são responsáveis por garantir o lucro financeiro daqueles que estão em uma posição acima no esquema. Isso porque normalmente cada nível do modelo paga uma comissão ao nível imediatamente superior.

    Dessa forma, com a entrada de novos integrantes, o dinheiro percorre pelos níveis da pirâmide, fazendo com que aqueles que estão no topo recebam uma verdadeira bolada dos níveis inferiores. Contudo, este processo é, por definição, insustentável.

    Essa insustentabilidade ocorre pelo simples fato de que não existem pessoas suficientes para entrar no negócio e garantir a remuneração de todos. Por isso, aqueles que estão na base da pirâmide saem com o prejuízo, já que não existem membros suficientes abaixo deles para garantir o seu ganho no esquema.

    De modo geral, esta prática começa com poucas pessoas, que vendem a promessa de um investimento fácil e com rápido e polpudo retorno do valor aplicado. Assim, a ideia é que seja algo fácil de executar, o que atrai muitas pessoas. 

    O “investimento inicial” solicitado para novos entrantes pode ser de um valor alto ou não, mas o mais comum é que sejam valores baixos, garantindo a acessibilidade ao esquema. Com isso, fica mais fácil dos participantes poderem convidar novos membros com a mesma promessa de lucro fácil.

    Este recurso “investido” pelas vítimas é a fonte de renda destes golpistas. Então, quanto mais adeptos, maior o benefício dos organizadores do esquema. Assim, é comum que, logo após captarem um grande número de adeptos ou quando surgem suspeitas sobre o golpe, estes sumam sem deixar vestígios aparentes.

    Topo da pirâmide financeira

    O topo da pirâmide financeira é aquele que engloba os desenvolvedores do esquema e também aqueles que foram recrutados bem no início do modelo. Por isso, é também o nível onde se encontram aqueles que mais ganham financeiramente: os criminosos que criaram a pirâmide. 

    Além disso, aqueles que estão no topo da pirâmide financeira também são os maiores responsáveis pelo marketing do esquema. Isso porque, com ganhos financeiros extraordinários bancados pelos níveis mais baixos, os indivíduos do topo conseguem manter um padrão de luxo invejável que é propagado como forma de atrair novas vítimas.

    É por isso que os membros do topo podem ser considerados verdadeiros marketeiros, sendo responsáveis por divulgar o padrão de vida bancado pela pirâmide. Normalmente, não há discrição na exibição dos itens de luxo, como carros e casas e viagens caras.

    Meio da pirâmide financeira

    O meio da pirâmide financeira é composto pelos indivíduos que entraram, como o próprio nome diz, na metade da duração do esquema. De modo geral, são as pessoas que foram atraídas pelo estilo de vida e pelas promessas de dinheiro fácil feitas por aqueles que se encontram no topo da pirâmide.

    Além disso, não há como negar que esses indivíduos não ganham dinheiro com esquema, já que eles de fato costumam ganhar. Por conta disso, os indivíduos do meio da pirâmide também costumam ser aqueles responsáveis por divulgar o esquema e por recrutar novos integrantes.

    No entanto, normalmente os membros do meio da pirâmide fazem isso despretensiosamente. Isto é, eles ficam iludidos sobre o esquema e cegos para o fato de que ele é não só um modelo insustentável, mas também ilícito.

    Base da pirâmide financeira

    Por fim, a base da pirâmide financeira é aquela onde se encontram os últimos integrantes a entrar no esquema. Com isso, é também o estágio que estão aqueles que mais sustentam os ganhos financeiros dos níveis superiores.

    Inevitavelmente, serão aqueles que mais irão perder dinheiro. Afinal, como foi colocado, para ganhar dinheiro no esquema de pirâmide é preciso, como o próprio nome diz, ter uma rede de membros abaixo de você responsável por garantir o seu retorno. Por isso, aquele que está na base do modelo não terá integrantes suficientes abaixo de si para ter retornos financeiros relevantes.

    Então, a função daqueles que estão em sua base é simplesmente de corroborar com a maior duração da pirâmide e, sobretudo, com o maior ganho financeiro daqueles que estão no topo do esquema fraudulento.

    Como identificar uma pirâmide financeira?

    piramide financeira

    Conhecendo um pouco mais sobre como funciona, o próximo passo é saber como identificar uma pirâmide financeira. Afinal de contas, a maior parte delas possui uma série de características em comum.

    Isto é explicado pelo fato de que, apesar de poderem estar disfarçadas por trás de diferentes produtos ou serviços, o cerne do funcionamento de uma pirâmide é sempre o mesmo. Ou seja, o esquema piramidal de remuneração de indivíduos do topo pelo recrutamento de novos membros na base.

    Então, para identificar melhor a existência de um modelo como esse em determinado negócio sugere-se que o indivíduo verifique a existência de algumas das características de uma pirâmide financeira, as quais serão abordadas abaixo.

    Características de uma pirâmide financeira

    É preciso reconhecer que o esquema de pirâmide financeira não é exclusivo da era moderna, sendo um modelo existente há mais de um século. Para se ter uma ideia, o primeiro registro de um golpe piramidal foi em 1870, realizado por uma cidadã espanhola.

    Na época, a europeia atraia investidores com a promessa de dobrar o capital investido. No princípio, essa promessa era cumprida, já que o retorno dos primeiros investidores era sustentado pelos novos entrantes.

    Contudo, com a entrada de novos indivíduos no esquema, os pagamentos foram cessando, já que a entrada de novos recursos não era suficiente para garantir o pagamento dos investidores. Com isso, a pirâmide criada por Baldomera Larra Wetoret caiu, afetando milhares de europeus da época.

    E assim como a pirâmide de Baldomera, as pirâmides da atualidade possuem uma série de características em comum que fazem com que a sua identificação seja mais simples.

    As principais características de uma pirâmide financeira são as seguintes:

    • Existência de promessas de ganho financeiro rápido e fácil;
    • Grande exibição de membros da pirâmide de padrões de vida de luxo;
    • Alto apelo pelo recrutamento de novos integrantes para o negócio;
    • Ausência de clareza no modelo de remuneração e de comissionamento;
    • Maior relevância do recrutamento e comissões em relação à venda dos produtos.

    Planilha de Orçamento Familiar

    Como anda a organização das suas contas? Baixe gratuitamente nossa planilha de Orçamento Familiar e melhore o planejamento financeiro da sua família!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Principais casos de pirâmide financeira

    Conhecer os principais casos de pirâmide financeira no Brasil e no mundo pode ser uma excelente forma de evitar cair em um desses golpes. Afinal de contas, o indivíduo passa a se familiarizar ainda mais com as características desses esquemas fraudulentos.

    Por isso, abaixo um pouco mais sobre os principais casos de pirâmide no Brasil e no mundo, protagonizados pela Telexfree e por Bernie Madoff.

    Telexfree

    Conhecida por muitos brasileiros, a Telexfree foi uma empresa que ganhou muito espaço na mídia entre os anos de 2012 e 2014. Isso porque a companhia, que cresceu e atingiu milhares de vítimas, chegou a patrocinar times de futebol no Brasil.

    Basicamente, a companhia se escondia por trás do marketing multinível e da prestação de serviço de telefonia via internet para crescer com seu esquema piramidal. Nesse sentido, os membros do modelo pagavam uma taxa de adesão para se tornar divulgador e vendedor de contas.

    Para ganhar, o indivíduo deveria atrair o maior número possível de novos usuários, os quais também eram estimulados a recrutar novos entrantes. Com o ingresso das vítimas, os níveis superiores ganhavam cada vez mais.

    Em determinado momento, em meados dos anos 2014, a companhia foi deixando de ser capaz de manter o esquema. Já em 2019, a Justiça do Espírito Santo declarou falência da empresa, a qual deixou uma dívida aos credores de mais de 2 bilhões de reais.

    Bernie Madoff

    Conhecido como o maior esquema de pirâmide financeira do mundo, se assemelhando ao Esquema Ponzi, a empresa do norte-americano Bernie Madoff, a qual leva seu nome, chegou a alcançar 65 bilhões de dólares em sua fraude.

    O esquema de Madoff ficou conhecido por enganar milhares de investidores e também sociedades de investimento de Wall Street. Isto porque o esquema era extremamente complexo e sofisticado.

    A sua sociedade de investimento oferecia rendimentos altos no mercado financeiro, muito acima do que outros gestores de fundos de investimentos conseguiam entregar. No entanto, parte dessa remuneração era fraudulenta, sendo garantida pela entrada de recursos de novos investidores, atraídos pelo histórico de rentabilidade.

    Diferença entre pirâmide financeira e marketing multinível

    É preciso ressaltar que existe um modelo de negócio também muito conhecido, e que possui semelhanças com o esquema de pirâmide, mas que é legal e regularizado: o marketing multinível. Então, muitos se perguntam: qual a diferença entre pirâmide financeira e marketing multinível?

    Nesse sentido, destaca-se, em primeiro lugar, que um modelo de negócio multinível é plenamente sustentável, podendo ser mantido independentemente do número de membros na rede. Isso porque a maior remuneração desse sistema vem da venda de determinado produto ou serviço, e não do recrutamento de novos integrantes.

    Por isso, é possível dizer que todos os membros de redes de marketing multinível podem ganhar dinheiro, já que todos podem realizar as vendas das mercadorias da empresa. No entanto, há a possibilidade de incremento dos ganhos, que é justamente por meio da entrada de novos integrantes da rede.

    É por isso que as empresas de marketing multinível também recorrem ao apelo pelo recrutamento de membros, já que isso tende a alavancar os ganhos daqueles que estão nos primeiros níveis do modelo, devido às comissões. Porém, tudo isto é feito com a existência de um produto ou serviço por trás, diferente do que acontece na maior parte das pirâmides.

    Como denunciar um esquema de pirâmide?

    piramide financeira

    Muitas vezes, os criadores e divulgadores de esquemas de pirâmide tentam se esconder por trás da regulamentação do marketing multinível. Ou seja, afirmam que o negócio com característica piramidal é, na verdade, pertencente ao modelo legal e regulamentado.

    Contudo, em alguns casos é possível notar essa clara distinção e saber que existe um crime por trás da organização. Neste caso, muitos tem dúvida de como denunciar um esquema de pirâmide.

    Para isso, é preciso que o indivíduo acesse o site do MPF (Ministério Público Federal) de sua região para entrar em contato com o canal de denúncia disponível ao cidadão. Destaca-se que o processo é totalmente anônimo e que, por isso, recomenda-se o anexo da maior quantidade de evidências possível, para garantir a efetividade da fiscalização.

    Outros esquemas ilícitos do mercado financeiro

    piramide financeira

    É possível afirmar que a pirâmide financeira é um dos esquemas que mais atraem indivíduos, causando um grande prejuízo na sociedade. No entanto, é preciso destacar que existem outros esquemas ilícitos no mercado financeiro e que também podem prejudicar as pessoas.

    Entre eles, as práticas de insider trading e de pump and dump, as quais serão melhor abordadas a seguir:

    Insider trading

    Um dos principais esquemas ilícitos que existe no mercado financeiro, mais precisamente no mercado de capitais, é o insider trading. Basicamente, a expressão se refere à negociação de ativos, como de ações de empresas, com o uso de informações privilegiadas.

    Em outras palavras, o insider trader é aquele que utiliza informações privadas, não disponíveis ao público em geral, para antecipar determinado movimento de alta ou de queda de ativos na bolsa de valores e lucrar quando eles de fato ocorrerem.

    Por conta do uso de informações privilegiadas, normalmente os insiders fazem parte de pequenos grupos de indivíduos que possuem acesso às informações de alto escalão das empresas. Por exemplo, diretores e membros do conselho da companhia ou até mesmo indivíduos do governo.

    Vale destacar que um dos pilares da governança corporativa é a disponibilização das informações ao mercado de maneira democrática. Isto é, de uma vez só para todos, com o objetivo de evitar o ganho de alguns sobre a maioria.

    Então, o insider trader, com o acesso à informações relevantes antecipadamente, é capaz de ganhar dinheiro na bolsa não por mérito próprio, mas por meio de um crime. Para evitar isso, existe a fiscalização da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), que funciona como a polícia do mercado de capitais.

    Esquema Ponzi

    Muito semelhante a uma pirâmide financeira, sendo considerado por alguns como uma modalidade de pirâmide, o Esquema Ponzi é outro tipo de fraude que garante a remuneração dos membros do topo com a entrada de novos membros.

    A distinção, contudo, vem do fato desse modelo fraudulento ter como pano de fundo o universo de investimentos. Em outras palavras, há um gestor financeiro responsável por investir os recursos dos investidores e por, supostamente, garantir um alto retorno financeiro.

    No entanto, essa rentabilidade elevada é, na realidade, uma armação para atrair novos investidores. Sendo que a remuneração dos primeiros entrantes é garantida justamente pela entrada de recursos dos demais membros, e não pela real valorização dos ativos investidos pelo gestor. 

    Pump and dump

    Outra prática ilícita no mercado é o pump and dump, expressão em inglês que basicamente significa “inflar e largar”. Na prática, isso significa elevar desproporcionalmente e artificialmente o preço de determinada ação no mercado, vendendo o papel no topo, antes do estouro da bolha e da queda das cotações.

    Para isso, aqueles que praticam esse ato ilícito compram ações de alguma empresa esquecida na bolsa, normalmente de alguma com baixa liquidez financeira. Depois de montar a posição, passam a propagar informações positivas sobre a companhia que, na verdade, são falsas.

    Com essa propagação enganosa, vários investidores passam a comprar os papéis da empresa, fazendo com que seu preço aumente, devido à lei da oferta e da demanda. Então, quando os preços estão nas alturas os criminosos vendem suas ações. E quando a realidade vem à tona, a bolha estoura, os preços caem e os investidores levam prejuízo.

    Vale destacar que o pump and dump se assemelha muito a um esquema de pirâmide financeira. Isso porque, assim como nos esquemas piramidais, os primeiros integrantes dessa prática também lucram com a entrada de novos entrantes, sendo que os últimos a entrar também são os que mais amargam prejuízo.

    Além disso, outra característica em comum é a excitação dos novos membros do golpe pela possibilidade de ganhos rápidos, fáceis e extraordinários. Por isso, ao observar alguma promessa de dinheiro fácil, sempre ligue um alerta.

    E então, conseguiu entender mais sobre como funciona uma pirâmide financeira? Deixe abaixo suas dúvidas e comentários sobre esse esquema fraudulento.

    Perguntas frequentes sobre pirâmide financeira
    O que é uma pirâmide financeira?

    Uma pirâmide financeira é um esquema ilícito e insustentável criado para enriquecer os criadores do modelo, aqueles que se encontram no topo de pirâmide. Assim, com a entrada de novos integrantes, o dinheiro caminha pelos níveis do esquema, remunerando aqueles que entraram no princípio e gerando prejuízo para os que entram ao final.

    Qual o problema da pirâmide financeira?

    O problema da pirâmide financeira é que esse esquema é, por definição, insustentável no longo prazo. Isso porque a remuneração dos níveis depende, necessariamente, da entrada de novos integrantes no modelo. Dessa forma, em algum momento a pirâmide cai, já que o ritmo de recrutamento não consegue acompanhar os retornos prometidos.

    Como identificar um sistema de pirâmide financeira?

    O problema da pirâmide financeira é que esse esquema é, por definição, insustentável no longo prazo. Isso porque a remuneração dos níveis depende, necessariamente, da entrada de novos integrantes no modelo. Dessa forma, em algum momento a pirâmide cai, já que o ritmo de recrutamento não consegue acompanhar os retornos prometidos.

    Como funciona o sistema de pirâmide financeira?

    O sistema de pirâmide financeira funciona por meio do recrutamento de novos integrantes pelos membros do esquema, com o objetivo de garantir a remuneração daqueles que se encontram no topo do modelo. Em determinado momento, o esquema cai, com a insustentabilidade dos pagamentos prometidos para todos.

    Qual o tempo médio de duração de uma pirâmide financeira?

    O sistema de pirâmide financeira funciona por meio do recrutamento de novos integrantes pelos membros do esquema, com o objetivo de garantir a remuneração daqueles que se encontram no topo do modelo. Em determinado momento, o esquema cai, com a insustentabilidade dos pagamentos prometidos para todos.

    Bibliografia para pirâmide financeira

    http://dspace.bc.uepb.edu.br/jspui/bitstream/123456789/3928/1/PDF%20-%20Fellipe%20Rocha%20de%20Souza.pdf

    https://www.investidor.gov.br/SemanaENEF/2018/180515_SP_CVM_PiramidesFinanceiras_EdvaldoPaes.pdf

    https://www.inovarse.org/sites/default/files/T_15_116_0.pdf

    https://www.justica.gov.br/seus-direitos/consumidor/educacao-para-o-consumo/boletim-consumidor-investidor/anexos/boletim_cvm_senacon_6.pdf 

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    1 comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • João Paulo 23 de setembro de 2019

      Thiago seria legal você mencionar empresas sérias que são confundidas com pirâmides financeiras. Hoje existe um preconceito com relação a empresas de marketing de relacionamento, que muitas das vezes é confundido com pirâmides financeiras.

      Responder