Acesso Rápido

    MATB11: conheça o ETF que replica o Índice de Materiais Básicos (IMAT)

    MATB11: conheça o ETF que replica o Índice de Materiais Básicos (IMAT)

    No mercado de ETFs, opções diferenciadas, como o MATB11, podem ser interessantes para o investidor.

    Por estar ligado a um índice muito específico do mercado financeiro, o MATB11 pode ser eficiente na estratégia de diversificação do investidor.

    O que é o MATB11?

    O IT Now IMAT Fundo de Índice (MATB11) é um ETF que reflete a performance do índice IMAT.

    Para isso, a gestão do fundo de índice busca replicar a carteira teórica do Índice de Materiais Básicos (IMAT).

    Como diversas grandes empresas nacionais atuam em setores relacionados aos materiais básicos, o investidor pode ter ótimos ativos diversificados em um só investimento através do ETF.

    Como funciona o MATB11?

    Criado em 2012, o fundo de índice é administrado e gerido pelo Itaú Unibanco, que trabalha N para aproximar o resultado do ETF ao índice utilizado como benchmark.

    Para realizar esse trabalho, é cobrado uma taxa de administração de 0,5% ao ano sobre o capital aportado pelo investidor.

    É relevante destacar que, apesar de se tratar de um fundo de investimento, o MATB11, assim como os demais ETFs, é negociado em bolsa de valores, assim como as ações.

    Portanto, para quem deseja investir no ativo, o processo é igual ao de investir em qualquer ação. Basta digitar o ticker (MATB11) no home broker ou na corretora de valores.

    Composição do MATB11

    Como o grande objetivo do ETF é seguir o resultado performado pelo índice IMAT, a composição do fundo é realizada com o foco de replicar a carteira teórica do índice.

    Assim, o fundo investe 95% do seu patrimônio em ações que compõem, também, o IBOV, mas que fazem parte da categoria de materiais básicos.

    Entre as atividades econômicas relacionadas a materiais básicos na bolsa, temos:

    • Fabricação de papel;
    • Celulose;
    • Siderurgia;
    • Mineração.

    Por isso, entre as principais companhias que compõem o ETF MATB11, é possível listar:

    O peso de cada ação no fundo tem relação ao valor de mercado, liquidez e volume de negociação de cada ativo.

    Como isso é algo variante, a gestão do fundo deve sempre estar trabalhando para ponderar eficientemente as ações que compõem o fundo, para obter êxito em se aproximar do resultado do índice IMAT.

    Vantagens do MATB11

    Como todas as opções de investimentos, é possível listar vantagens e desvantagens do MATB11.

    Entre as principais vantagens é possível listar:

    • Diversificação;
    • Praticidade.

    Diversificação

    Os ETFs são ativos que replicam a carteira teórica formadora de um índice do mercado financeiro.

    Por isso, ao investir em um ETF, o investidor estará investindo em diversas ações ao mesmo tempo, sem precisar se preocupar em realizar uma grande diversificação na sua carteira.

    Praticidade

    O investimento no MATB11 é feito através da bolsa de valores e é um jeito simples de investir em várias grandes empresas da bolsa através de um único ativo.

    Desvantagens do MATB11

    Por outro lado, também é possível destacar algumas desvantagens do fundo de índice em questão.

    • Taxa de administração;
    • Ausência de análise fundamentalista

    Taxa de administração

    A taxa de administração do MATB11 (0,5%) é maior do que a taxa de vários outros ETFs.

    Ausência de análise fundamentalista

    Por simplesmente adquirir uma cesta de ativos, o MATB11 carece de uma análise fundamentalista de ativo por ativo.

    Dessa forma, o investidor pode adquirir dentro do ETF alguns ativos sem fundamentos.

    Esse artigo te ajudou a entender mais a fundo sobre o MATB11? Deixe dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *