Acesso Rápido

    A memória é curta, mas o investimento é longo

    A memória é curta, mas o investimento é longo

    Você lembra o que almoçou na quinta-feira da semana passada?

    A maioria das pessoas não se lembra. Então, se não conseguimos nos lembrar de coisas tão simples e tão recentes, o que nos garante que nos manteremos fiéis aos nossos motivos iniciais para investir?

    O que são fundamentos?

    Quando ensinamos iniciantes, uma das principais tarefas que passamos é a de anotar os motivos pelos quais estamos colocando dinheiro em determinado investimento. É isso que chamamos de fundamentos.

    São esses fundamentos que nos guiam durante os anos para futuras decisões. 

    Afinal, os fundos imobiliários são um ecossistema vivo em constante evolução e, às vezes, pode mudar para algo que não está alinhado com a nossa estratégia.

    Qual o risco de investir sem saber os fundamentos de um fundo imobiliário?

    Para dar um exemplo, digamos que você investiu em um determinado FII porque ele tem como foco a aquisição de prédios comerciais classes AAA (os de maior qualidade), porém, depois de alguns meses, ele começa a adquirir imóveis de classificação B. Ele começou a ferir aquele fundamento inicial que fez você aplicar seu dinheiro ali.

    Portanto, é sabendo exatamente quais são os fundamentos do fundo que conseguiremos revisar nossa tese e decidir se é um momento de comprar mais, manter a posição atual ou vender suas cotas.

    Além disso, é muito fácil que as nossas emoções, como o medo, a ganância e a euforia, deixem a nossa visão turva e nos façam tomar decisões sem o devido cuidado. Por conta disso, precisamos de algo para nos trazer de volta à racionalidade.

    Se você simplesmente colocou seu dinheiro em um FII e não estudou sua tese e nem elaborou uma estratégia, como conseguiria fazer essas análises no futuro?

    Diante de qualquer mudança, você ficaria à mercê do destino ou acabaria decidindo a corrida sem base e, consequentemente, poderia acabar tendo prejuízos com seus investimentos.

    Como analisar os fundamentos de um fundo imobiliário?

    Por isso, é essencial sempre elaborar uma lista com os seus motivos para investir em determinado ativo e revisar essa tese de tempos em tempos para confirmar se os fundamentos ainda estão válidos.

    Essa prática ainda te ajuda a aproveitar oportunidades do mercado. Enquanto muitas pessoas acabam vendendo por medo, você, por ter uma estratégia clara, consegue avaliar se essas vendas fazem realmente sentido ou não.

    E, quando não fazem sentido, você pode estar diante de uma oportunidade de comprar cotas mais descontadas.

    Um investidor bem-informado e sereno consegue tomar decisões em momentos de volatilidade do mercado, quando podem surgir grandes oportunidades.

    Dessa forma, deixamos aqui um exercício para você olhar sua carteira de investimentos e conferir se sabe exatamente o porquê investiu nos ativos presentes nela.

    Se não souber detalhar quais foram os fundamentos para aqueles investimentos, talvez seja hora de dar alguns passos para trás e estudar novamente sua carteira.

    Marcos Correa
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *