Acesso Rápido

    Day trade no Imposto de Renda em 2022: como declarar

    Day trade no Imposto de Renda em 2022: como declarar

    O day trade é uma alternativa utilizada por muitas pessoas para tentar aproveitar oportunidades de curtíssimo prazo na bolsa de valores. Mas mesmo com a popularidade desse tipo de operação, uma dúvida ainda é muito comum entre os investidores: como declarar os ganhos realizados com day trade no Imposto de Renda?

    Assim como qualquer outro rendimento, o lucro com a compra e venda de ativos no mesmo dia, também conta como renda tributável para a Receita Federal. Mas é necessário ter atenção, já que a declaração de day trade no Imposto de Renda difere dos demais investimentos em renda variável.

    Como declarar operações de Day Trade no Imposto de Renda em 2022?

    O cálculo das operações de day trade devem ser feitos mensalmente para serem informados no Imposto de Renda; a alíquota do imposto é de 20% sobre a soma dos rendimentos obtidos no mês. Independentemente do valor, não existe isenção de imposto sobre operações de day trade.

    Para pagar o imposto, o investidor precisa preencher uma DARF e pagar o valor devido até o último dia útil do mês subsequente. O código da operação é 6015 para pessoas físicas. 

    Já a declaração anual precisa ser feita mesmo se o investidor não tiver lucro no mês. Nesse caso, devem ser informados os prejuízos e todas as movimentações realizadas na bolsa de valores durante o ano.

    O menu correto para informar os resultados de lucro prejuízo obtidos a partir de operações day trade é a Renda Variável.

    Além dos ganhos, também devem ser declaradas todas as posições atuais da carteira, seja com ações, opções e contratos futuros.

    Retenção do imposto na fonte

    A corretora que intermediou a operação de day trade é responsável por reter automaticamente 1% deste imposto. Esse valor é repassado diretamente para a Receita Federal.

    No entanto, essa retenção na fonte não resulta em uma tributação maior. O valor que ficou recolhido deve ser abatido no cálculo do imposto a ser pago.

    O que é considerado como day trade?

    Para fins tributários, é considerado como day trade toda operação realizada em bolsas de valores, mercadorias e futuros, que tenha sido iniciada e encerrada no mesmo dia, em uma mesma corretora, com o mesmo ativo.

    A quantidade negociada não precisa ser a mesma. Mesmo se a liquidação for apenas parcial, a operação continua sendo classificada como day trade.

    A regra para uma operação ser considerada day trade é:

    – Comprar e vender ou vender e comprar o mesmo ticker;
    – No mesmo CPF;
    – Na mesma data do pregão;
    – Na mesma corretora.

    Está acabando o tempo! APRENDA COMO DECLARAR O IR DOS SEUS INVESTIMENTOS 

    Acesse agora a ferramenta

    O que considerar na apuração do resultado?

    O lucro é o resultado positivo no encerramento das operações de day trade. Para apurar estes resultados de um day trade, o investidor deve considerar a ordem em que as operações foram feitas.

    Ou seja, não é possível abater o prejuízo de um day trade com lucros obtidos em outros tipos de operação, como, por exemplo, swing trade e operações com FII. Também não é possível fazer o abatimento com day trades feitos em outros meses anteriores. O abatimento de perdas só pode ser feito no mês em que ela ocorre ou em meses seguintes com lucro.

    O que fazer com os prejuízos no Day Trade?

    A Receita Federal permite que as perdas com operações de day trade sejam abatidas no cálculo do imposto. Porém, essa compensação só pode ser feita com outras operações de day trade realizadas no mesmo mês.

    Ou seja, não é possível abater o prejuízo de um day trade com lucros obtidos em outros tipos de investimentos. Também não é possível fazer o abatimento com day trades feitos em outros meses.

    O que acontece se o imposto sobre o day trade não for pago?

    Se o pagamento do imposto não for feito, será cobrada uma multa com juros de 0,33% ao dia sobre o imposto devido (limitado a 20% do total). O valor também será corrigido pela taxa Selic durante o período de inadimplência.

    É importante salientar que não existe a menor possibilidade de se “esconder” qualquer movimentação na bolsa para fugir da tributação. Como a instituição que intermediou a operação já retém automaticamente 1% do imposto, a Receita Federal já sabe de antemão a quantia certa que deve ser declarada.

    Logo, é importantíssimo sempre declarar corretamente todos os ganhos com day trade no Imposto de Renda. Isso evita futuros problemas com os fisco e garante tranquilidade ao investidor.

    Se ficou alguma dúvida sobre como declarar uma operação de day trade no Imposto de Renda, deixe seu comentário abaixo e compartilhe conosco a sua pergunta ou opinião.

    Tiago Reis
    Contadora da Bolsa - Alice Porto
    Compartilhe sua opinião
    296 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Silvima 10 de março de 2022

      Boa tarde!
      O imposto day trade é pago por ativo ou por fechamento da nota?
      Ex; fiz uma operacao positiva no indice mais negativa no dolar. No final sai negativo no dia.
      Devo pagar imposto sobre a operação do indice?

      Obrigado

      Responder
    • Rafael 21 de março de 2022

      Olá, consigo compensar o imposto retido na fonte em DT de anos anteriores? pois, quando vou fazer a declaração deste ano, não tem onde por o imposto retido em anos anteriores ao que está sendo declarado, somente prejuízo a compensar e imposto retido dos meses do ano, ou abato na DARF mesmo?

      Responder
    • Welington 30 de março de 2022

      Olá…

      Durante trinta dias tive 20 operação positiva e o restante negativo, ex: fechei o mês no negativo.

      A pergunta é:
      Devo pagar darf dos trade positivo, mesmo fechando o mês negativo? Já que a corretora já retém 1% pra receita.

      Obg.

      Responder
    • Alan Provasi 30 de março de 2022

      Boa tarde!
      Quando se executa daytrade e swingtrade, a soma de vendas são calculadas das duas modalidades e se somar 20 mil ambos precisa pagar imposto? tipo nesse mes eu vendi 15 mil de swingtrade e 6mil de day trade ou vice versa, precisarei pagar imposto de todo meu lucro?

      Responder
    • Ruben Bianchi 4 de abril de 2022

      Olá, queridos experts e nossos anjos da guarda. Minha primeira pergunta é simples: posso abater do lucro das operações de daytrade o que eu gastar com a plataforma de negociação e também com as taxas cobradas pela B3?

      Minha segunda pergunta é a seguinte: se eu faço daytrade e sou bem sucedido, ainda assim a minha tributação vai ser exclusiva nesta faixa de 20%. Os valores auferidos não incidem no reajuste anual? Digamos que ganhei 500 mil reais num ano. Minha tributação no final vai ser só dos 20%, ou vou ter que complementar para pagar o que a tabela do reajuste anual preconiza? Nesse caso, não seria interessante pagar carnê leão sobre o que vai além dos 20% de recolhimento mensal?

      Responder
    • André 22 de abril de 2022

      Olá!
      Se eu tenho R$1000,00 de prejuízo com opções DT e tive lucro de R$1000,00 em ações DT.
      Fiquei teoricamente no zero a zero, porém o come cotas me tirou 1% do lucro na operação com ações.
      Como eu recupero / compenso esse meu prejuízo?

      Responder
    • Marcelo Costa 26 de abril de 2022

      Preciso fazer a declaração do day trade todos os meses?
      Ou é anual?

      Responder
    • Karine 28 de abril de 2022

      Em fevereiro de 2021 estava aprendendo a mexer na bolsa e fiz um day trade Que resultou em um ganho que ao calcular o imposto não me possibilitou gerar darf e consequentemente não consegui pagar o imposto. Qual a implicação disso? Tenho medo de estar gerando juros. Obrigada.

      Responder
    • Évelin 7 de maio de 2022

      Tenho uma dúvida. O que vai ser tributado é o valor de lucro líquido do mês, seria isso? No caso dos meses que não há lucro, e sim prejuízo, não há tributação? No caso os dias de lucro não contarão, já que o resultado do mês foi negativo?

      Responder
    • Rafael 9 de maio de 2022

      Olá! Fiz a declaração do IR com as operações de Day-trade em 2021 e agora preciso localizar o valor que devo colocar no campo Resultado negativo até o mês anterior. É para colocar o valor que obtive no mês de dezembro ou o total de prejuízo que tive no ano?

      Responder
    • Deivid Araujo 10 de maio de 2022

      Olá, uma dúvida: No mês 1 e 2 tive Lucro no Daytrade de 300,00 no acumulado. Porém, não paguei a DARF com os 20% sobre o Lucro Líquido. Mas no mês 3 tive prejuízo de -100. Como não paguei a DARF, eu poderia abater do prejuízo do mês 3? Ou independente, eu teria que pagar o lucro do mês 1 e 2, deixando o prejuízo do mês 3 para um abatimento futuro?

      Responder
    • Francisco 15 de maio de 2022

      No caso de day-trade, se o saldo do IRRF menos o imposto devido de um determinado mês for positivo, esse crédito pode ser utilizado no mês seguinte para compensar o imposto devido do mês. Acontece que na declaração de IRPF deste ano não se consegue incluir em janeiro/21 o saldo positivo de IRRF de dezembro/20. Como proceder?

      Responder
    • Cristina Milani 27 de maio de 2022

      Bom Dia,
      Tudo bem ?
      Eu tenho uma declaração de IR para fazer com operações DAY TRADE.
      Somei todas as notas de corretagem valor total e valor do IR para os dias que tiveram lucro.
      Minhas dúvidas são:
      1 – Na somatória final alguns meses tiveram lucro e outros tiveram prejuízo, porém os meses que tiveram prejuízo teve IR retiro porque algum dia daquele mês teve lucro, esse IR é preciso gerar a guia e pagar?

      2 – Em nenhum dos meses ele emitiu guia de IR, agora eu eito para ele pagar antes de concluir a declaração ou depois da declaração entregue ?

      Responder
    • Andrigo Pestana 30 de maio de 2022

      Tiago, boa tarde. Minha dúvida é seguinte:
      Nas operações de ações que geram imposto de 15% sobre o lucro, nesse mês tive um prejuízo de R$ 1.000,00 e em Day Trade (20%) tive um lucro de R$ 1.500,00. PERGUNTA: posso descontar esse prejuízo de R$ 1.000,00 (dos 15%) do lucro de R$ 1.500,00 que obtive no Day Trade e recolher imposto de 20% apenas sobre os R$ 500,00 que sobraram? tbm faço a mesma pergunta do contrário: se o prejuízo fosse no Day Trade, poderia eu, descontar no lucro que obtive nas outras operações de ações de 15% ???
      Fico no aguardo de uma posição do amigo,

      Andrigo Pestana

      Responder
    • GERSINO PEREIRA DE ARAÚJO 8 de julho de 2022

      Bom dia !!!
      Preciso declarar uma operação Day-Trade feita nos meses de junho e agosto de 2021, pois o CPF de um amigo foi bloqueado pela Receita. O problema é que a Corretora não fornece os Informes de Rendimentos, pois disse não haver nada de saldo em 31/12/2021. Tenho só extratos da conta corrente e notas de corretagem. Si que declaro em Renda Variável, mas não sei como declarar.
      Poderiam me ajudar?

      Grato
      Gersino Araújo

      Responder