Acesso Rápido

    BRICS: o que é? Qual é o objetivo desse do grupo?

    BRICS: o que é? Qual é o objetivo desse do grupo?

    O BRICS une países com um similar grau de desenvolvimento econômico, mensurado grande parte das vezes pelo Produto Interno Bruto (PIB), sobretudo per capita, de cada país.

    Por isso, é válido saber o que é o BRICS e qual a importância desse bloco econômico para a economia mundial dos países que integram esse grupo.

    O que é BRICS?

    O BRICS é a sigla que se refere a Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, conhecido como grupo de países emergentes selecionados e reunidos pelo estágio de desenvolvimento econômico.

    Dessa forma, diferente dos países altamente desenvolvidos, como a Alemanha, Estados Unidos e Austrália, ou então dos países subdesenvolvidos como Moçambique, Mali e Afeganistão, os BRICS se encontram em um estágio intermediário.

    Ou seja, são países que, em dado momento da história, já foram fortemente subdesenvolvidos, principalmente se comparado com as potências mundiais.

    No entanto, esses países vêm apresentado um movimento de crescimento econômico consistente e considerável, já representando impactos positivos no desenvolvimento humano dentro do país.

    Guia de Economia para Investidores

    Confira os principais conceitos econômicos e aprenda como a economia pode influenciar seus investimentos com o nosso ebook gratuito de Economia para Investidores!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Quando surgiu o BRICS?

    Pode-se dizer que o surgimento do BRICS ficou marcado no ano de 2006, quando os ministros das relações exteriores dos 4 primeiros países do grupo (Brasil, Rússia, Índia e China) se reuniram em Nova York.

    No entanto, o termo já era utilizado por alguns estudiosos e políticos até mesmo antes do período citado.

    O economista Jim O’Neill é quem criou o termo BRIC para referenciar países com potencial de crescimento econômico que poderiam apresentar boas oportunidades de investimentos.

    Além disso, através da avaliação do estágio do desenvolvimento econômico de cada país, a África do Sul foi incluída no grupo posteriormente, o que transformou o BRIC em BRICS.

    Portanto, atualmente os países BRICS são:

    • Brasil;
    • Rússia;
    • Índia;
    • China;
    • África do Sul.

    Vale ressaltar que nem todos os países do grupo tiveram um desenvolvimento econômico igual, enquanto a China e a Índia cresceram de forma relevante, outros países, como África do Sul e Brasil, ainda estão pra trás.

    Quais são os objetivos dos BRICS?

    O que inicialmente foi iniciado como um agrupamento de países em desenvolvimento econômico, tornou-se, com o passar do tempo, em um importante grupo de países.

    Sendo assim, além de entender o que é o BRICS, é fundamental compreender quais são os objetivos dos países enquanto grupo e qual a importância do bloco para cada um dos países, assim como para economia mundial.

    Assim, entre os principais objetivos do BRICS são:

    • Criação de um Banco de reservas financeiras destinados a países componentes do bloco em situações de necessidade de socorro econômico;
    • Fortalecimento mútuo das economias componentes do bloco;
    • Cooperativismo nas relações entre os países, contando com auxílio técnico, acadêmico, científico, cultural, etc.

    Vale destacar que o BRICS não é um bloco econômico, isto é, os países que fazem parte desse grupo apenas possuem acordos que visam o benefício de todos os seus integrantes, não sendo classificados como blocos econômicos.

    Quais são os principais características do BRICS?

    Primeiramente, é preciso entender que não há uma lista de requisitos exatos para fazer parte do grupo.

    No entanto, é possível identificar as principais características dos BRICS, o que os difere de outros países, entre eles, o fato de serem países em desenvolvimento com economias estáveis e com grande potencial de crescimento econômico, por conta das vias de crescimento que eles ainda apresentam.

    Sendo assim, esses países são alvos de investidores internacionais, que desejam investir nessas nações para conseguir rendimentos.

    Além disso, a maioria desses países possuem reservas de recursos naturais, como petróleo, gás natural, água e outros.

    Por fim, pode-se afirmar que muitas dessas nações, apesar de ainda terem determinados problemas políticos e sociais, vêm melhorando esses índices e conseguindo melhorar a qualidade de vida da população.

    Planilha de Orçamento Familiar

    Como anda a organização das suas contas? Baixe gratuitamente nossa planilha de Orçamento Familiar e melhore o planejamento financeiro da sua família!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Qual é a importância do BRICS?

    Entre as principais contribuições do BRICS para os seus participantes, está o Banco do BRICS, criado em 2014 e sediado em Xangai, na China.

    O banco surgiu como uma alternativa em relação ao FMI ou ao Banco Mundial para os países participantes do bloco em casos de necessidade de auxílio financeiro, o que dá uma grande importância à instituição.

    Além disso, existem pesquisas na área da saúde sendo realizadas em conjunto por pesquisadores desses países. Entre as iniciativas, destacam-se as pesquisas sobre tuberculose e os acordos de saúde pública.

    Por outro lado, iniciativas na área da segurança também foram realizadas, como diálogo para evitar crimes transacionais como lavagem de dinheiro, tráfico e outros.

    Por fim, o Conselho Empresarial do BRICS (CEBRICS) é um conjunto de nove grupos de trabalho que visa desenvolver economicamente a região.

    As áreas de atuação do CEBRICS abrangem campos como agropecuária, energia, finanças e infraestrutura.

    Todas essas iniciativas mostram que a importância do BRICS é muito elevada para os países dentro desse grupo de cooperação.

    Ainda possui dúvidas sobre o funcionamento do BRICS? Comente abaixo para que possamos tirar seus principais questionamentos.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *