Acesso Rápido

    Países emergentes: quais são as nações que fazem parte desse grupo?

    Países emergentes: quais são as nações que fazem parte desse grupo?

    Os países emergentes se tornam cada vez mais importantes no cenário mundial quando se avalia os indicadores da macroeconomia. Devido a desaceleração da economia mundial, países em desenvolvimento se tornam cada vez mais atrativos.

    Portanto, pela capacidade de crescimento econômico, passaram a ter um importante peso global. Assim, os países emergentes são os grandes motores do crescimento econômico global atualmente.

    O que são Países Emergentes?

    Os países emergentes são aqueles que não apresentam um nível de desenvolvimento econômico elevado como os países ricos, mas que estão em crescimento acelerado e vem cada vez mais.

    Além disso, o grupo representa países com Índice de Desenvolvimento Humano médio. Além disso, esses países também entraram em um processo de industrialização recente e apresentam alta taxa de crescimento econômico.

    Por fim, a taxa de crescimento dos países emergentes o potencial dessas economias são muito superiores à de um país já desenvolvido, por exemplo.

    Planilha da Vida Financeira

    Coloque suas finanças em ordem! Baixe gratuitamente nossa planilha e aprenda a planejar todas as etapas da sua vida financeira da melhor forma!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Quais são os principais países emergentes?

    Os principais países emergentes fazem parte do grupo denominado BRICS. Primeiramente, é preciso saber que o BRICS foi batizado em 2001 pelo grupo de pesquisa financeira Goldman Sachs.

    Sendo assim, inicialmente, a formação do grupo era de quatro países:

    • Brasil;
    • Rússia;
    • Índia;
    • China.

    Anos depois, a África do Sul se juntou e formou o BRICS. Portanto, o grupo é formado por grandes países emergentes que tem acordados três princípios básicos:

    • Não interferência;
    • Igualdade;
    • Benefício mútuo.

    Mesmo com estes princípios seguidos, o grupo não é como um bloco econômico ou político. A ideia principal é de engajamento internacional e cooperação política e diplomática.

    No entanto, os países que formam o BRICS possuem diversas características em comum. Além disso, as principais são o crescimento acelerado das economias e o aumento nos investimentos internacionais.

    Se juntos, as cinco nações, detêm 42% da população mundial. Isso é, têm um grande potencial para gerar mão de obra. Além disso, o grupo é responsável por 20% do PIB Mundial – número que em 1990 era de cerca de 10% – quase 19 trilhões de dólares.

    Qual a relação entre os BRICS e os Países Emergentes?

    Em 2014, o grupo aprovou uma proposta para criar um banco para financiamentos de projetos de desenvolvimento sustentável. O Novo Banco de Desenvolvimento (NBD), atuará para atender os países emergentes.

    No mesmo ano, o BRICS fez um levantamento sobre saúde, educação, população e economia. As nações emergentes conseguiram traçar ainda mais as similaridades, como o alto índice de desigualdade social.

    A parceria dos países do BRICS é uma forma de colaboração mútua para o desenvolvimento econômico e social. Além disso, as nações emergentes conseguem melhorar sua imagem no mercado internacional e garantir opções de crédito.

    Guia de Economia para Investidores

    Confira os principais conceitos econômicos e aprenda como a economia pode influenciar seus investimentos com o nosso ebook gratuito de Economia para Investidores!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Qual é a relação entre o MIST e os Países Emergentes?

    Em um determinado momento, achou-se que os BRICS não teriam o potencial necessário para destacar-se no cenário mundial como países em desenvolvimento.

    Sendo assim, outros países foram vistos como destaque quando se pensava em um elevado potencial econômico, atraindo o olhar de diversos investidores internacionais.

    Na época, um grupo que ganhou destaque foi batizado de MIST que era representado pelos países:

    • México,;
    • Indonésia;
    • Coreia do Sul;
    • Turquia.

    Além disso, espera-se que a Indonésia alcance um resultado expressivo nas próximas décadas, tornando-se uma importante economia mundial

    No entanto, esse grupo nunca chegou a superar o grupo dos BRICS, muito embora alguns desses países tenham gerado resultados expressivos.

    Qual é a importância dos países emergentes na economia mundial?

    Cada vez mais importantes no cenário econômico global, as economias emergentes representam cerca de 50% do Produto Interno Bruto (PIB) mundial.

    Assim, de acordo com previsões do banco Standard Chartered, as principais economias em 2030 serão formadas por países que, hoje, são emergentes.

    Sete países que aparecem, atualmente, na lista de países emergentes vão estar no ranking das principais economias mundiais, de acordo com o levantamento.

    Essa mudança afeta o mercado financeiro. Isso porque as empresas de países em desenvolvimento terão maior influência e participação. O Banco Mundial já projeta que até a adoção de mais uma moeda no sistema monetário internacional.

    Por fim, o Brasil está inserido na lista de nações emergentes. Além disso, a economia brasileira ainda está dentro de um grupo conhecido pelo acrônimo de BRICS.

    Ainda possui dúvidas sobre os países emergentes? Comente abaixo!

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *