Acesso Rápido

    BBOV11: conheça esse ETF atrelado ao Ibovespa

    BBOV11: conheça esse ETF atrelado ao Ibovespa

    Os ETFs vem ganhando cada vez mais espaço no ecossistema de investimentos no Brasil. Nesse cenário, uma das novidades mais relevantes foi o lançamento do BBOV11, o ETF do Banco Brasil para o índice Bovespa.

    Ou seja, assim como BOVA11 e outros ETFs, o BBOV11 tem como principal objetivo replicar o resultado do índice IBOV.

    O que é o BBOV11?

    O BBOV11 (BB ETF Ibovespa Fundo de Índice) é o ETF do índice Ibovespa lançado e administrado pelo Banco do Brasil.

    Basicamente, o objetivo do BB ETF Ibovespa Fundo de índice é replicar a performance média dos principais ativos da bolsa de valores brasileira, representada pelo índice IBOV.

    Por isso, o BBOV11 surge como mais uma alternativa interessante para o investidor que quer investir na renda variável, mas não quer escolher ativamente as ações que irão compor sua carteira.

    Como funciona o BBOV11?

    Assim como o BBOV11, existem outros ETFs nacionais que funcionam de forma similar ao fundo de índice do Banco do Brasil.

    Afinal, o IBOV é o principal índice do mercado financeiro brasileiro.

    No entanto, um dos grandes pontos que diferencia o ETF do BB entre os demais é a taxa de administração de 0,18% cobrada pelo fundo sendo ela menor que alguns concorrentes.

    O BOVA11, por exemplo, funciona de forma muito similar ao BBOV11, mas cobra uma taxa de administração de 0,3% para os investidores.

    ETFs como o BBOV11 podem ser ótimas opções para quem está começando a investir. Quer começar com o pé direito na bolsa de valores? Então baixe o Ebook Comece a Investir na Bolsa, elaborado pela Suno Research.

    Composição do BBOV11

    A composição BBOV11 é realizada de forma similar a carteira teórica do índice IBOV, levando em consideração os pesos incorporados à cada um dos ativos listados na bolsa.

    Ao replicar a performance do índice IBOV, o ativo entrega para os seus investidores a performance média ponderada, em dado período, dos principais ativos da bolsa de valores.

    Normalmente, quanto maior o valor de mercado e volume de negociação do ativo, maior será o seu peso em relação à performance do índice e, consequentemente, do ETF da B3.

    Vantagens do BBOV11

    Para avaliar se vale a pena investir no ETF do BB que replica o rendimento do Ibovespa, é interessante analisar algumas das principais vantagens do BBOV11.

    • Alta diversificação;
    • Baixa taxa de administração;

    Alta diversificação

    São diversos os ativos que compõem o ETF BBOV11, variando em relação ao setor econômico e porte das companhias.

    Por isso, ao investir no fundo em questão, o individuo estará realizando um investimento de alto nível de diversificação.

    Apesar de perder um pouco do grande potencial de rentabilidade da renda variável, no longo prazo, esse tipo de investimento tende a superar a renda fixa significativamente.

    Baixa taxa de administração

    A taxa de administração cobrada para investir no ETF é de apenas 0,18% ao ano.

    Esse valor é inferior aos demais concorrentes de mercado do BBOV11, o que incentiva o investimento nesse ativo.

    No entanto, vale ressaltar que esse ETF carece de uma análise fundamentalista individual de cada ativo. Por esse motivo, muitas vezes o individuo pode estar investindo indiretamente em empresas com fundamentos ruins ou que tem chance de se deteriorar no longo prazo.

    Esse artigo te ajudou a entender melhor o que é o BBOV11? Deixe comentários e possíveis dúvidas no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *