Acesso Rápido

    B5P211: conheça o ETF de renda fixa do Itaú indexado ao IPCA

    B5P211: conheça o ETF de renda fixa do Itaú indexado ao IPCA

    Dentro do mercado brasileiro de investimentos, um tipo de ativo vem ganhando cada vez mais espaço entre os investidores: os ETFs de renda fixa. Lançado pelo Itaú, o ETF B5P211, por exemplo, surge como uma oportunidade prática para aqueles que gostam da segurança e estabilidade relacionada à renda fixa.

    Em um cenário de possível pressão inflacionária, por exemplo, o B52P11 pode ser uma opção interessante de diversificação e proteção para a carteira de investimentos.

    O que é o B5P211?

    O It Now IMA-B5 P2 Fundo de Índice, ou, simplesmente B5P211, é o ETF de renda fixa do banco Itaú. O benchmark do ETF de renda fixa do Itaú é o índice IMA-B 5 P2, que é um índice ANBIMA composto por NTN-Bs com um prazo menor de 5 anos.

    Esse ETF é muito interessante, já que, apesar de ser negociado em bolsa como os demais ativos de renda variável, o BP211 apresenta características muito similares aos ativos de renda fixa.

    Devido ao seu índice de referência, é possível afirmar que o B5P211 é um ativo é vinculado à inflação, além de uma taxa de juros de mercado determinada nos títulos do tesouro.

    Como funciona o B5P211?

    Basicamente, o B5P211 é uma forma simplificada de investir de uma vez só em todos os títulos dos tesouros atrelados à inflação com prazo de até 5 anos através de mecanismos de bolsa de valores.

    Para investir no ETF, é possível começar com valores inferiores a R$100,00, tendo o custo de uma taxa de administração de apenas 0,2% ao ano.

    Evidentemente o ativo não é completamente livre de riscos, já que está sujeito a variações no preço dos títulos a marcação a mercado.

    No entanto, se comparado com os demais ativos de renda variável, é possível considerar o ETF B5P211 como um investimento seguro.

    Guia de Investimento em Renda Fixa

    Invista com segurança e rentabilidade: baixe gratuitamente o nosso ebook e conheça as principais opções de investimento em Renda Fixa!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Composição do B5P211

    Como o ETF utiliza o índice IMA-B5 P2 como referência, a composição do B5P211 é realizada com o objetivo de replicar a carteira teórica do índice.

    Portanto, o ETF é composto por todos os títulos tesouro IPCA com prazo de validade de até 5 anos.

    É importante ressaltar que, assim como em quase todo ETF, alguns ativos que fazem parte da composição possuem mais peso que os demais.

    No caso do B5P211, o peso de cada título no índice é definido pelo volume de cada um dos ativos no mercado.

    Vantagens do B5P211

    Para quem está conhecendo o B5P211, é interessante entender mais a fundo quais são as vantagens relacionadas ao investimento no ETF.

    Entre as principais vantagens do B5P211, é possível listar:

    • Vários ativos de renda fixa em um só;
    • Negociado em bolsa;
    • Baixa taxa de administração.

    Vários ativos de renda fixa em um só

    Principalmente para quem está começando, ter vários ativos em um só é uma grande vantagem.

    Afinal, é possível aproveitar os benefícios da renda fixa sem precisar escolher um entre os vários títulos do tesouro.

    Negociado em bolsa

    Apesar de possuir as vantagens do investimento em renda fixa, o B5P211 é negociado em bolsa de valores, assim como os demais ETFs.

    Baixa taxa de administração

    Os investidores do ETF de renda fixa do Itaú devem arcar com uma taxa de administração de apenas 0,2% ao ano.

    Se comparada a taxa dos demais ETFs do mercado, a taxa de administração do B5P211 é bastante atrativa.

    Esse artigo te ajudou a entender mais a fundo sobre o B5P211? Deixe dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    3 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Thiago Dias 24 de março de 2021

      Acredito que este trecho “É importante ressaltar que, assim como em qualquer ETF, alguns ativos que fazem parte da composição possuem mais peso que os demais.” não está muito correto. Essa não é uma informação válida para todos os ETF’s.
      Mas no geral foi um bom resumo sobre o B5P211

      Responder
      • Suno Research 24 de março de 2021

        Olá, Thiago! Tudo bem?
        Muito bem observado, acabamos de corrigir. Obrigado!
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Flavio Souza 14 de abril de 2021

      Tiago, ótimo artigo. Poderia fazer comentário ou vídeo no youtube comparando o investimento nesse ETF vs Investir diretamente no tesouro, vantagens e desvantagens e custos de ambos os casos.

      Responder