Acesso Rápido

    Agentes econômicos: quais são e como eles atuam na economia?

    Agentes econômicos: quais são e como eles atuam na economia?

    Para a formação do mercado de capitais, assim como todos os demais mercados existentes, é fundamental a existência de agentes econômicos.

    Por isso, para uma boa compreensão da economia, é fundamental entender o que são e quais são os agentes econômicos existentes.

    O que são os agentes econômicos?

    Os agentes econômicos são pessoas físicas ou jurídicas que através das suas ações fazem o sistema econômico funcionar.

    Todo tipo de sistema econômico tem seus agentes econômicos que possibilitam o funcionamento do sistema.

    E-book: Aprenda como analisar uma ação

    Baixe gratuitamente o nosso ebook e conheça os principais critérios para se analisar uma ação antes de investir!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Por isso, um agente econômico pode ser aquele responsável pela oferta, pela demanda, ou, até mesmo, alguma entidade reguladora da mesma economia.

    O certo é que cada participante do sistema econômico tenha sua própria função e participação, para que, em conjunto, a economia funcione.

    Quais são os agentes econômicos?

    Depois que entendido o que são, é fundamental compreender quais são os agentes econômicos existentes.

    Os 3 principais agentes citados pela teoria econômica, são:

    • Famílias;
    • Firmas;
    • Governo.

    Famílias

    São todos indivíduos, ou unidades familiares, de uma economia que exercem o papel de consumidores, já que adquirem os diversos serviços e bens ofertados na economia.

    Em contrapartida, as famílias podem também ser as proprietárias de fatores de produção, como a terra, o trabalho e o capital, por exemplo.

    Por isso as empresas precisam contratar esses fatores de produção para poderem criar seus produtos e/ou serviços finais.

    É interessante observar que, ao mesmo tempo que as famílias geram uma renda ao ofertar fatores de produção para as firmas, elas demandam os bens e serviços produzidos pelas firmas.

    Além disso, vale a pena destacar que o grande fim das famílias é a maximização da sua utilidade, que é uma métrica muito utilizada para mensuração de bem-estar na teoria econômica (Welfare State).

    Firmas

    As firmas são os agentes econômicos responsáveis por produzir e viabilizar a comercialização dos bens e serviços na economia. Também contribuem para o desenvolvimento econômico do país.

    Para viabilizar a produção por parte das firmas, é necessário contratar fatores de trabalhos junto às famílias.

    Assim, as firmas pagam salários às famílias que, por sua vez, consomem os bens produzidos pelas firmas, possibilitando assim a sua atividade produtiva.

    As empresas empregam os fatores de produção e realização sua atividade produtiva com o fim de maximizar seus lucros.

    Governo

    O governo pode ser definido como todas as instituições e entidades que, direta ou indiretamente, atuam em conjunto ou são controladas pelo Estado.

    Normalmente, as instituições ligadas ao governo tentam atuar sob a premissa de atenuar as desigualdades econômicas através de políticas redistributiva, assim como garantir a manutenção e eficiência do sistema econômico.

    É claro que, muitas vezes, na realidade, o governo não atinge os objetivos supracitados. Mas, dentro da teoria econômica, seria esse o papel desempenhado pelo terceiro agente econômico (o governo).

    O governo não possui um objetivo de maximização de bem-estar ou de lucro como as famílias e as firmas. No entanto, teoricamente o objetivo do governo seria a maximização de bem-estar geral da população considerando as metas de redistribuição que devem ser atingidas pelo governo.

    Esse artigo te ajudou a entender quem e o que são os agentes econômicos? Deixe dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *