Acesso Rápido

    SFI: entenda o que é o Sistema de Financiamento Imobiliário

    SFI: entenda o que é o Sistema de Financiamento Imobiliário

    Um importante segmento de todo o mercado financeiro nacional é o Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI).

    O SFI é um órgão vital do mercado imobiliário, garantindo o seu bom funcionamento e, consequentemente, a possibilidade que os indivíduos tenham formas acessíveis de financiar seus imóveis.

    O que é o Sistema de Financiamento Imobiliário?

    Criado pela Lei 9.514/97, o Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI) é responsável por qualquer assunto relativo ao financiamento de imóveis que não seja abrangido pelo SFH (Sistema de Financiamento Habitacional).

    Portanto, a atividade do SFI normalmente é mais direcionada a utilização de recursos de investidores institucionais, que possuem quantias expressivas para realizar financiamentos no mercado imobiliário, e a financiamentos de imóveis “não populares” para pessoas físicas ou jurídicas

    Planilha de Orçamento Familiar

    Como anda a organização das suas contas? Baixe gratuitamente nossa planilha de Orçamento Familiar e melhore o planejamento financeiro da sua família!

    Parabéns! Cadastro feito com sucesso.

    Ops! Algo deu errado. Tente novamente.

    Diferenças entre o SFI e o SFH

    Para que seja entendido definitivamente do que se trata o Sistema de Financiamento Imobiliário, é fundamental compreender as diferenças entre o SFI e o SFH, já que ambas as entidades atuam de forma complementar para o mercado de imóveis. Isso pode ajudar que o consumidor saiba a quem recorrer ao necessitar de um financiamento imobiliário.

    Uma grande diferença importante de ser especificada é que, enquanto no SFI a garantia é a alienação fiduciária, no SFH a garantia é a hipoteca do imóvel.

    Além disso, o FGTS pode ser utilizado como nos contratos apenas do SFH, apenas se:

    • Contribuição de pelo menos 3 anos no regime do FGTS;
    • Contrato de trabalho ativo na data de concessão do financiamento ou com saldo de, pelo menos, 10% do valor do imóvel na conta do vinculada ao FGTS;
    • Contratantes não podem ter outros financiamentos relacionados ao FGTS.

    O SFI promove maior segurança aos bancos já que a alienação fiduciária permite uma retomada mais ágil do imóvel em caso de inadimplência, já que a propriedade continua sendo da instituição até a quitação da dívida.

    Para linhas populares, o SFH costuma ser mais vantajoso. Em contrapartida, para outras situações, a flexibilidade do SFI pode ser mais benéfica para o consumidor.

    Para recorrer a financiamentos, é necessário ter as finanças pessoais bem organizadas. Quer ter controle sobre sua situação financeira? Baixe a Planilha da Vida Financeira da Suno.

    Características do financiamento do SFI

    Para pessoas físicas ou jurídicas que buscam financiar imóveis mais caros ou com parcelas mais altas a serem pagas, o SFI pode ser a melhor opção.

    As principais características do financiamento realizado pelo Sistema de Financiamento imobiliário, são:

    • Não há definição de um valor máximo possível para o imóvel;
    • O consumidor pode optar por pagar parcelas mais altas para encurtar o tempo do financiamento;
    • A alienação de imóvel como garantia pode trazer melhores condições para quem busca financiamentos;
    • O valor financiado pelo SFI pode alcançar até 90% do valor do imóvel;
    • Prazo de quitação de dívidas de até 35 anos (420 meses);
    • Juros que, normalmente, variam de 12% a 16% ao ano.

    Qual sistema escolher para financiamento?

    Obviamente, para cada circunstância existirá uma opção mais correspondente com as necessidades do indivíduo.

    Vale ressaltar que o SFI possui algumas restrições, como o teto do valor do imóvel, por exemplo, que não contempla a necessidade de várias pessoas que buscam financiamentos no setor imobiliário.

    Dessa forma, sempre ao procurar formas de financiamento, seja este para imóveis ou qualquer outro bem de valor, é necessário garantir que as condições impostas no contrato do financiamento serão plenamente cumpridas, já que, em casos de não cumprimento, o consumidor pode complicar muito a sua vida financeira.

    Esse artigo te ajudou a entender o que é o SFI? Deixe dúvidas e comentários no espaço abaixo.

    Gabriela Mosmann
    Compartilhe sua opinião
    1 comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *