Acesso Rápido

    Radar do Mercado: JBS (JBSS3) antecipa sua meta de desmatamento ilegal zero em cinco anos

    Radar do Mercado: JBS (JBSS3) antecipa sua meta de desmatamento ilegal zero em cinco anos

    A JBS (JBSS3), empresa brasileira do setor alimentício, especializada em processamento de carnes em geral, antecipou em cinco anos, de 2030 para 2025, sua meta de desmatamento ilegal zero.

    A meta, voltada para sua cadeia de fornecimento, inclui os fornecedores de seus fornecedores no Cerrado, no Pantanal, na Mata Atlântica e na Caatinga. A antecipação foi viabilizada devido ao rápido avanço da Plataforma Pecuária Transparente.

    A companhia irá aprimorar sua ferramenta de rastreabilidade da cadeia até 2025, por meio do uso de tecnologia blockchain, a qual permite identificar elos anteriores. Desse modo, critérios de sustentabilidade serão aplicados para análise dos fornecedores de seus fornecedores em todos os biomas em que opera.

    Nesse sentido, por meio da nova plataforma, todos os fornecedores diretos de animais da empresa também são capazes de avaliar seus próprios fornecedores, garantindo que todos estejam cumprindo a Política de Compra Responsável da JBS.

    Além do desenvolvimento do monitoramento de todos os processos, a companhia tem auxiliado produtores na melhora da performance ambiental de suas propriedades, por meio de uma rede de “escritórios verdes”, cujas localizações se encontram em suas unidades de processamento, em diversas regiões do país.

    Para servir a todos os produtores que aderirem à Plataforma Pecuária Transparente, a rede já conta com 13 “escritórios verdes” abertos. Dessa forma, as fazendas atualmente bloqueadas, por exemplo, poderão retornar às suas atividades como fornecedoras após a sua regularização.

    A partir de 01/01/2026, a adesão à Plataforma Pecuária Transparente será uma condição necessária para negociar animais com a JBS. Logo, todos os fornecedores da empresa deverão, obrigatoriamente, aderir à Plataforma até o final de 2025.

    Essa evolução no sistema de rastreabilidade da cadeia de fornecimento está diretamente relacionada ao compromisso Net Zero 2040, anunciado pela companhia em 2021.

    Segundo a JBS, ela é a primeira empresa global do setor de proteína a estabelecer essa meta e se compromete a zerar o balanço líquido de suas emissões de gases causadores do efeito estufa em menos de duas décadas.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    1 comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Levy Geralte da Silva 1 de julho de 2021

      Esperava informações sobre a privatização do capital remanescente da Braspetro ocorrido ontem a noite.

      Responder