Acesso Rápido

    Radar do Mercado: Itaúsa (ITSA4) adquire participação na Aegea Saneamento

    Radar do Mercado: Itaúsa (ITSA4) adquire participação na Aegea Saneamento

    A Itaúsa (ITSA4), holding que detém o Itaú Unibanco, comunicou na terça-feira (27/04) que assinou contrato para a compra de participação de 8,53% no capital social total da Aegea Saneamento por R$ 1,3 bilhão.

    De acordo com a holding, os recursos que serão utilizados nessa transação deverão ser captados por instrumento de dívida de longo prazo. Além disso, o investimento será contabilizado pelo método de equivalência patrimonial e deverá ser concluído no segundo trimestre de 2021.

    A Aegea Saneamento é líder no segmento privado de saneamento básico no Brasil. Criada em 2010, a companhia atende mais de 11 milhões de pessoas em 126 municípios de 12 estados do Brasil.

    A Aegea atua como administradora de concessões de saneamento e opera em todos os processos que abrangem o ciclo integral da água: abastecimento, coleta e tratamento de esgoto, nas modalidades de concessões, subconcessões e PPPs (Parcerias Público-Privadas).

    De acordo com a Itaúsa, com esse investimento a holding adicionará ao seu portfólio um ativo que combina uma taxa de retorno atrativa, alto potencial de crescimento e impacto positivo para a sociedade. Para a companhia esta aquisição de participação está alinhada com sua estratégia de alocação de capital por reunir parceiros estratégicos com visão de longo prazo e experiência comprovada no setor.

    A holding informou esperar que, além de contribuir com boas práticas de governança, a Itausa poderá potencializar a execução do plano de crescimento da Aegea.

    Com a aquisição, a holding passará a deter 10,20% do capital votante da Aegea, sendo que o restante permanecerá com os atuais acionistas controladores da Aegea e do Fundo Soberano de Singapura (GIC). A Itaúsa terá direito a indicar um membro para cada um dos seguintes órgãos: Conselho de Administração, Comitê de Auditoria e Comitê de Finanças da Aegea.

    Vale ressaltar que a conclusão da transação ainda está condicionada ao cumprimento de certas condições, precedentes usuais para operações dessa natureza, e seu valor está sujeito aos ajustes de preço previstos no Contrato.

    Tags
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *