Acesso Rápido

    Investimento seguro: conheça as opções disponíveis no mercado

    Investimento seguro: conheça as opções disponíveis no mercado

    Investidores com perfil mais conservador costumam buscar investimentos seguros na hora de investir.

    Dessa forma, buscam através de um “investimento seguro” não perder o capital.

    O que é um investimento seguro?

    Investimento seguro costuma ser classificado como um que possui risco muito baixo. Grande parte desses investimentos possuem cobertura do FGC ou são garantidos pelo governo.

    FGC é a sigla de Fundo Garantidor de Crédito, que é um fundo que em caso de falência do banco ou instituição financeira, ele garante o valor da aplicação de volta para o cliente.

    Quais são as características de um investimento seguro?

    A principal característica de um investimento seguro, como o próprio nome sugere, é a segurança

    Em regra geral, eles oferecem baixo risco para o investidor e costumam ser procurados por investidores que não querem perder o capital principal no ato de investir.

    Esse tipo de investimento também é adequado para quem deseja uma rentabilidade maior do que a poupança, mas não está disposto a correr risco no mercado.

    Quais são os tipos de investimentos seguros?

    Há diversos tipos de investimentos seguros no mercado, sendo que alguns deles são garantidos pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito).

    Tesouro Direto

    Uma alternativa de investimento seguro é o Tesouro Selic. A sua rentabilidade pode ser indexada à inflação, taxa Selic ou ser prefixada.

    No Tesouro Direto também existem títulos indexados a inflação como estão o Tesouro IPCA+ e o Tesouro IPCA+ com pagamento de Juros Semestrais.

    Além deles, há o Tesouro Prefixado que é considerado o de maior risco dentro dos disponíveis. Nenhum é garantido pelo FGC, mas por serem títulos da dívida pública são considerados investimentos seguros.

    CDB

    O CDB é a sigla de Certificado de Depósito Bancário. Esse é um tipo de investimento garantido pelo FGC.

    Ele é uma espécie de empréstimo que uma pessoa física ou jurídica faz para o banco. O valor garantido pelo FGC é de até R$ 250 mil por instituição bancária, com limite de R$ 1 milhão.

    A rentabilidade do CDB costuma seguir a taxa DI que é usada nas operações feitas entre bancos. Ela é bem próxima da Taxa Selic.

    LCI e LCA

    LCI é a sigla de Letra de Crédito Imobiliário, ao passo que LCA é a sigla de Letra de Crédito do Agronegócio. Ambas são garantidas pelo FGC.

    A vantagem desse tipo de investimento é que ele é isento de imposto de renda e por isso, em alguns casos pode ser mais atraente do que o CDB.

    A rentabilidade do LCI e LCA também é amparada pelo CDI. Portanto, se um CDB render 100% do CDI e o LCI ou LCA render também 100% do CDI, a segunda opção é mais vantajosa por não ter a incidência do IR.

    Vale a pena aplicar em um investimento seguro?

    Investimentos seguros tem espaço em grande parte das carteiras de investimento.

    No entanto, deve-se ressaltar que dificilmente carteiras com apenas esse tipo de investimento podem ofereceber bons retornos no longo prazo. Algumas vezes podem perder até para a inflação.

    Por isso é importante que mesmo um investidor com perfil mais conservador, considere a diverisficaçãoem sua carteira a fim de oferecer uma carteira rentável no longo prazo e que ofereça também proteção contra inflação.

    Foi possível entender o que é investimento seguro? Deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe com todos os seus amigos nas suas redes sociais.

    Gabriela Mosmann
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *