Acesso Rápido

    DI Futuro: entenda o que é, para que serve e onde é usado

    DI Futuro: entenda o que é, para que serve e onde é usado

    Entender o DI Futuro é fundamental para quem deseja se proteger de possíveis oscilações na taxa de juros da economia.

    Dessa forma, quem acompanha de perto o mercado de renda fixa precisa acompanhar o DI futuro.

    O que é DI Futuro?

    Contrato de DI Futuro é um acordo feito entre duas partes de compra e venda da expectativa da taxa de juro do DI, entre o dia da negociação e uma data futura.

    Para ter uma proteção de risco e aperfeiçoar os instrumentos, a BM&F criou em junho de 1991 o Contrato Futuro de Taxa Média de Depósitos Interbancários de Um dia.

    Dessa forma, é possível negociar contratos de compra e venda de DI futuro na bolsa, para se proteger de possíveis oscilações.

    O que é o DI?

    DI é a sigla para depósitos interbancário, que é uma operação de empréstimo feito entre bancos grandes e pequenos.

    Assim sendo, a taxa DI da Cetip tornou-se um referencial básico do custo das operações interbancárias, servindo de referência para a determinação da rentabilidade de diversos ativos de renda fixa.

    Quer aprender a investir no exterior? Baixe nosso e-book gratuito “Investindo no Exterior”.

    Como funciona o DI Futuro?

    O DI Futuro é um derivativo negociado na bolsa que pode ser utilizado para operações de curto prazo. Um especulador pode buscar um ganho atráves da variação da taxa DI entre o dia de compra do derivativo até o dia de venda.

    Nesse caso, o DI futuro funciona da seguinte forma: o trader compra um contrato futuro de compra e venda da taxa DI e tem a opção de vender esse contrato em uma data pré-definida.

    Para que serve o DI Futuro?

    Em resumo, o contrato futuro pode servir para proteger uma operação que envolve um contrato futuro contra grandes oscilações na taxa de juro de algum contrato financeiro.

    Dessa forma, é possível adotar algumas estratégias para se proteger da oscilação da taxa de juros no mercado futuro.

    Por exemplo: se um investidor tem uma grande dívida com a taxa de juros pós-fixada, e o cenário econômico acredita em uma alta na taxa de juros, ele pode vender um contrato futuro alterando a data pós-fixada para prefixada.

    Dependendo do caso, pode-se fazer o oposto. Dessa forma, se ele tiver uma dívida com uma taxa prefixada, e se acredita num cenário de baixa na taxa de juros, ele pode comprar um contrato futuro para se proteger.

    Vale ressaltar que qualquer previsão no mercado financeiro é difícil de ser concretizada já que existem inúmeras variáveis que podem impactar os principais indicadores desse mercado.

    Quanto vale um contrato de DI Futuro?

    O lote padrão do DI futuro é de cinco contratos. Normalmente, um contrato padrão de DI tem o valor de R$100.000 ou 100.000 pontos na data de vencimento.

    O vencimento do contrato futuro é mensal, acontecendo sempre no primeiro dia útil do mês seguinte. As negociações de contratos futuros acontecem na bolsa de valores, e o investidor escolhe o prazo de resgate.

    De modo geral, o contrato futuro serve para proteger investidores contra possíveis oscilações bruscas na taxa de juros da economia.

    Foi possível entender o que é DI Futuro? Deixe o seu comentário e compartilhe este artigo nas redes sociais

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    2 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Eduardo Ehle 27 de março de 2021

      Quanto, em média e em reais, varia um contrato de DI por dia? Se eu comprar os 5 contratos que é o mínimo, posso ganhar e perder quanto?

      Responder
      • Suno Research 29 de março de 2021

        Olá, Eduardo! Tudo bem?
        É difícil, mas perda pode ser de 100%. Os ganhos não possuem um limite. Sugerimos que não baseie suas decisões de investimento em cima dessas informações.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder