Custo Brasil: o que é, como funciona e quais seus efeitos?

Existem diversos fatores que afetam de forma significativa a economia de um país. Um deles é o custo Brasil.

Por afetar diretamente a economia de um país, o custo Brasil é um dos principais elementos que impactam o PIB de um país e a produção em território nacional.

O que é o Custo Brasil?

O Custo Brasil é o termo, dentro da economia, comumente associado ao nível de dificuldade e esforço necessário se produzir ou vender algo no território brasileiro.

Ou seja, o custo Brasil seria um indicador, mesmo que informal, que reúne em si todos os obstáculos que atrapalham, de certa forma, a eficiência e a produtividade da economia brasileira.

Logo, quanto maior o custo Brasil, mais difícil, custoso e ineficiente é produzir ou desempenhar alguma atividade econômica no país.

EBOOK GRATUITO ECONOMIA INVESTIDORES

Essa série de custos e despesas associadas a produção doméstica tornam difícil para o produtor brasileiro competir no mercado internacional.

Também pode tornar inviável a competição entre o produto nacional e o produto estrangeiro.

Qual a composição do Custo Brasil?

Para calcular o Custo Brasil e entender o tamanho do seu impacto sobre o resultado nacional, é necessário, primeiramente, conhecer os principais fatores que fazem parta da composição do Custo Brasil.

Esses custos estão associados as dificuldades e empecilhos existentes no Brasil que influenciam a eficiência operacional.

Contudo, é importante que sejam demonstradas e exemplificadas algumas dessas dificuldades que compõem o indicador.

  • Alta burocracia;
  • Estrutura tributária;
  • Problemas de infraestrutura;
  • Riscos judiciais.

Alta burocracia

No Brasil, atividades essenciais para o funcionamento de um espaço corporativo podem ser extremamente burocráticas.

Isso gera um gasto excessivo de tempo, esforço e, consequentemente, de capital por parte das companhias.

Estrutura tributária

Entre impostos sobre a renda de pessoa física, jurídica, tributações não uniformes sobre mercadorias, além de outros encargos associados a produção no ambiente doméstico, há um grande custo tributário (direto e indireto) para as companhias.

Toda essa conjuntura prejudica muito o resultado das exportações, já que torna as companhias nacionais muitas vezes com um preço não competitivo em relação ao mercado internacional.

Problemas de infraestrutura

Por conta de problemas de infraestrutura presentes no Brasil, os processos de transportes, distribuições, entre outros relevantes para a comercialização de produtos, podem se tornam mais custosos.

Há deficiência de estradas de ferros e hidrovias, portos e aeroportos insuficientes, além de estradas de alta rodagem em péssimo estado.

MINICURSO VALUATION

Riscos judiciais

Ainda é possível listar os grandes riscos judiciais para as companhias que produzem no território nacional.

Por uma legislação complexa, muitas companhias acabam tendo gastos extrapolantes envolvendo questões judiciais, o que pode comprometer muito o resultado de uma empresa.

Assim, juntando os 4 fatores supracitados, além de outros problemas existentes que comprometem a produção e a competitividade nacional, é possível compreender mais a fundo a composição do Risco Brasil e como ele pode ser um fator retardador para o desenvolvimento e crescimento econômico nacional.

Esse artigo te ajudou a entender o que é o Custo Brasil? Deixe dúvidas e comentário no espaço abaixo.

PLANILHA DA VIDA FINANCEIRA

ACESSO RÁPIDO
    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    7 comentários

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • Silvia Antunes 12 de janeiro de 2021

      Ei Brasil….
      Nós brasileiros damos o nosso melhor, trabalhando duro e enfrentando todos os aumentos, alimentação, combustível, energia, remédios, plano de saúde e outros mais, estamos sendo engolidos pelas alta do custo de vida…
      Estamos cortando na carne o que dá para cortar, e o Brasil e os seu governantes fazem o quê??? cortam o quê???
      Lamentável o que estamos vivendo!
      O sistema político do Brasil é blindado, um pior que o outro.
      Si ajuda Brasil…para que nós brasileiros possamos ter uma vida mais digna.

      Responder
    • Guilherme 12 de janeiro de 2021

      Excelente artigo, curto e bastante compreensível! Espero que algum dia o Brasil venha a se tornar a potência que deveria ser, sem os impedimentos e desigualdades que nos assolam, e, principalmente, sem um governo apático, egoísta e com visão de túnel.

      Responder
      • Suno Research 13 de janeiro de 2021

        Olá, Guilherme! Tudo bem?
        Muito obrigado! Ficamos felizes em ajudar.
        Atenciosamente, Equipe Suno.

        Responder
    • Juliano Alves Dos Santos 13 de janeiro de 2021

      Boa noite. Infelizmente temos os políticos que só pensam em si mesmo .Com isso o povo brasileiro paga a conta. Está na hora de fazer eles abaixar os se salários.

      Responder
      • Samuel 14 de janeiro de 2021

        Antes de serem políticos, eles eram apenas cidadãos. Então é melhor pensar que o povo brasileiro está pensando apenas em si mesmo. Todo mundo pensa no coletivo quando está em uma situação ruim, mas quando começamos a melhorar o individual vem em primeiro. Resta saber se o povo brasileiro sempre foi assim e a estrutura do país apenas se espelhou em nós, ou se por conta do sistema do país, o brasileiro se adaptou…

        Responder
    • Ricardo 1 de maio de 2021

      Excelente artigo, Tiago Reis.
      Você citou a raiz do problema. E isso é conhecido pelos governantes, agora cabe um plano para resolver e depois executar, basta querer.

      Responder
    • Ilacir da Silva 21 de abril de 2022

      ALÉM DOS ALTOS SALÁRIOS E AS MORDOMIAS DO JUDICIÁRIO E DO CONGRESSO TEMOS AINDA OS ALTOS CUSTOS DO FUNCIONALISMO QUE APÓS PASSAR NOS CONCURSOS NÃO É OBRIGADO A TRABALHAR, MAS APOSENTA COM 0 SALÁRIO DA ATIVA.
      O POVO BRASILEIRO NÃO AGUENTA PAGAR ESSA CONTA.

      Responder