Acesso Rápido

    Ciclo Financeiro: saiba Interpretar Este Importante Indicador de Gestão

    Ciclo Financeiro: saiba Interpretar Este Importante Indicador de Gestão

    Ciclo financeiro é um conceito muito importante para qualquer empresa, pois ajuda a entender o mercado e as atividades da companhia.

    Portanto, a compreensão do conceito de ciclo financeiro de uma empresa é fundamental para o aumento do lucro líquido nas suas atividades.

    O que é ciclo financeiro?

    De forma simples, o ciclo financeiro pode ser entendido como quantos dias, em média, a empresa precisou arrumar financiamento para suas operações. É o período necessário para ocorrer a produção, distribuição, venda e coleta do pagamento dos produtos vendidos pela empresa.

    Assim sendo, considera o período desde o momento em que a empresa paga o fornecedor até receber do cliente. Este indicador proporciona para o investidor analisar a visão a gestão financeira com relação às entradas e saídas de recursos.

    Avaliar a competência da administração financeira de uma empresa passa muito pela análise da capacidade dos gestores em otimizar as condições de fluxo de pagamento e recebimento, ou seja, os ciclos financeiros.

    Afinal, o investidor deve sempre olhar para as mais bem administradas, que têm se focado em manter um fluxo de caixa saudável.

    Qual a importância do ciclo financeiro

    A compreensão do ciclo financeiro é fundamental para que uma empresa consiga fazer uma boa gestão de seus negócios e, com isso, manter-se sustentável por muito tempo e gerar lucros por períodos estendidos.

    Isso ocorre pois o conhecimento desse conceito permite que o empreendedor controle o processo de produção de seus produtos.

    Assim, ele saberá as melhores datas para negociar os seus prazos com seus clientes e fornecedores, de forma que consiga identificar o seu capital de giro e mantenha uma saúde financeira adequada.

    Ou seja: esse conhecimento é fundamental para manter as contas de uma empresa sob controle, evitando prejuízos acumulados para a companhia.

    Apenas ressaltando que os dados podem ser encontrados no Balanço Patrimonial das empresas, uma vez que são ativos e passivos operacionais.

    Além de que os resultados de venda, custo e compra são informados na Demonstração de Resultado.

    As empresas divulgam estas informações trimestralmente, dessa forma sempre importante acompanhar o direcionamento deste indicador financeiro.

    Como calcular o ciclo financeiro

    Para saber como calcular o ciclo financeiro, pode-se chegar no indicador pelo seguinte cálculo:

    Ciclo Financeiro = Prazo Médio Recebimento (PMR) + Prazo Médio Estocagem (PME) – Prazo Médio Pagamento (PMP)

    Sendo que, o Prazo Médio Recebimento representa quantos dias, em média, a empresa esperou para receber do seus clientes.

    • PMR = (Clientes x 360) / Vendas realizadas

    O Prazo Médio Estocagem informa quantos dias, em média, a empresa levou para vender os seus estoques.

    • PME = (Estoque x 360) / Custo das vendas

    Já o Prazo Médio Pagamento indica quantos dias, em média, a empresa levou para pagar os seus fornecedores.

    • PMP = (Fornecedores x 360) / Compras

    A soma do Prazo Médio Estocagem com o Prazo Médio Recebimento é chamado de Ciclo Operacional.

    • Ciclo Operacional = PMR + PME

    Vale notar que o ciclo financeiro é negativo quando a empresa não gasta antes de receber pelo investimento.

    Como interpretar o ciclo financeiro

    O ciclo financeiro está definido como uma importante métrica financeira, mas é preciso saber interpretá-lo da forma correta.

    Primeiramente, os itens “Clientes” e “Estoque” são ativos, e se referem ao valor que a empresa tem a receber de suas vendas e o valor da mercadoria estocada, respectivamente.

    Um estoque muito alto pode forçar a empresa a conceder descontos, o que impactaria sua margem de lucro, além de não ter circulação de dinheiro.

    Assim como um valor a receber alto no balanço significa muitas vendas a prazo, e pouco regime de caixa para empresa.

    Já o “Fornecedores” é um passivo, e compreendido como o valor das obrigações da empresa com seus fornecedores.

    Quanto maior for o prazo dos fornecedores, mais dinheiro a empresa terá em caixa e menor será o Ciclo Financeiro.

    Deste modo, a empresa terá uma menor dependência de pagamento de juros. Além disso, temos o aumento do giro de negócios, proporcionando maiores retornos sobre os investimento.

    Logo, pode-se concluir que quanto menor o ciclo financeiro, maior é o poder de negociação da empresa com os seus fornecedores e clientes. Portanto, é muito importante saber o que é ciclo financeiro de uma empresa.

    E os gestores devem sempre tomar medidas em busca de manter um baixo ciclo financeiro, para assim construir uma margem de segurança de seu caixa, para caso a empresa entre em períodos de menor demanda.

    Exemplo de ciclo financeiro

    Para compreender esse importante conceito na realidade das empresas, é possível fazer uso de exemplos práticos do ciclo financeiro de uma empresa.

    Por exemplo: uma fábrica fornece materiais de limpeza para dez outras empresas. No primeiro dia, uma empresa adquire a matéria-prima de seus produtos, como produtos químicos, bens de produção e outros materiais.

    No entanto, apenas no dia 10 o fornecedor recebe o dinheiro. Ou seja: no primeiro dia, a fábrica recebe sua matéria-prima, mas o dinheiro necessário para ela pagar pelos seus insumos ainda não foi gerado.

    Ele será gerado apenas no dia 10, quando o fornecedor será pago. Além disso, ainda existem produtos de limpeza no estoque, e esse estoque supriu a necessidade dos clientes por 5 dias.

    Dessa forma, o estoque dura 5 dias antes de usar os produtos de limpeza do dia 1. E, por fim, a fábrica combina que seus 10 clientes pagarão pelo produto comprado após 15 dias depois da entrega.

    Portanto, o prazo médio de pagamento é de 10 dias; o prazo médio de estocagem é de 5 dias; o prazo médio de produção é de 5 dias; e o prazo médio de recebimento é de 15 dias.

    Dessa forma, é possível calculá-lo da maneira adequada e planejar os gastos para manter a saúde financeira da empresa.

    Você ainda tem alguma dúvida sobre o ciclo financeiro e o seu funcionamento? Comente abaixo para que possamos responder.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    1 comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *

    • CATARINE LIMA DE OLIVEIRA 29 de junho de 2020

      Atualmente estou tendo aula de indicadores financeiros e devido a essa pandemia, estou em modo online. E como está tudo muito corrido, acaba faltando aquela qualidade na explicação, em citar exemplos etc. Quero deixar aqui meu muito obrigada ao pessoal do site, pois estou utilizando dos artigos do site para melhor me ajudar com a matéria na faculdade e no dia a dia. O artigo esta excelente, assim como os outros!

      Responder