Acesso Rápido

    Captação de recursos: o que é? Quais são os tipos e sua importância?

    Captação de recursos: o que é? Quais são os tipos e sua importância?

    Para aumentar o seu Market share uma empresa pode obter captação de recursos de sócios e acionistas por meio de diversas formas.

    No entanto, a captação de recursos não serve somente para o aumento e desenvolvimento das companhias, mas também em cenários de crise interna da empresa ou econômica.

    O que é captação de recursos?

    A captação de recursos (Fundraising) consiste na busca de uma empresa, por meio de sócios, bancos ou fornecedores, por recursos para um determinado fim.

    Essa captação pode ser feita de diversas formas, mas todas elas precisam ter bem claro a finalidade da captação e qual será o retorno que ela vai trazer.

    Como funciona a captação de recursos?

    Para captar recursos uma empresa precisa definir um plano de investimentos ou de socorro. Por exemplo, uma empresa pode estar precisando de recursos para comprar uma máquina ou então sobreviver a crise.

    No entanto, independente para qual seja a finalidade, a verdade é que precisa ser apresentado o retorno que essa captação vai trazer para o acionista.

    Os objetivos da captação de recursos financeiros podem ser os mais variados. Uma empresa pode usar o capital para sobreviver à crise, comprar um maquinário, investir no capital de giro ou até mesmo abrir uma nova filial.

    No entanto, independente de qual for o objetivo, ele precisa estar claro e mostrar quais serão os benefícios. Afinal, para atrair mais acionistas é preciso mostrar o retorno que eles terão sobre o projeto.

    Quais são as formas de captar recursos?

    Existem diversas maneiras de captar recursos no mercado. No entanto, as mais conhecidas são:

    Crowdfunding

    O Crowdfunding é um tipo de captação de recursos que consiste em uma espécie de vaquinha virtual. Ou seja, diversas pessoas se reúnem em torno de um projeto.

    Nesse caso, a empresa descreve a finalidade da captação de recursos e faz o seu cadastro em um site de financiamento coletivo.

    Sendo aprovado, é estipulado as metas, os prazos e as recompensas para os investidores. Se o projeto atinge o objetivo, os recursos então são alocados para esse fim, caso contrário, são devolvidos para os investidores.

    Investidor Anjo

    Uma forma de captação de recursos financeiros é através de investidor anjo. Nesse caso, a empresa precisa mostrar qual é o retorno que ele terá com o projeto.

    Há regras bastante definidas sobre investidores anjos, sendo que eles podem ser tanto uma empresa quanto uma pessoa. 

    O investidor anjo, além do capital, costuma oferecer todo o seu network para que a empresa consiga atingir os objetivos que foram traçados com o capital.

    Venture capital

    Venture capital é uma forma de uma pequena ou média empresa captar recursos no mercado financeiro. No entanto, para conseguir esse tipo de captação de recursos é preciso ter um faturamento já expressivo no mercado.

    Para quem investe, esse é considerado um investimento de bastante volatilidade e risco. No entanto, alguns projetos podem trazer um retorno bastante considerável para o investidor.

    IPO

    Um processo de IPO (Oferta Pública Inicial) consiste na disponibilização das ações de uma empresa na Bolsa de Valores.

    Essa é uma maneira de conseguir sócios e aumentar os recursos financeiros dentro do negócio. Além disso, a empresa passa a ter mais liquidez, o que possibilita o investimento em outros projetos.

    Foi possível entender o que é captação de recursos? Então deixe o seu comentário, sua sugestão e compartilhe esta matéria com seus amigos nas redes sociais.

    Tiago Reis
    Compartilhe sua opinião
    Nenhum comentário

    O seu email não será publicado. Nome e email são obrigatórios *