Selic a 12,75%: analista da Suno indica ações que pagam dividendos maiores que a taxa de juros: Petrobras (PETR4), BrasilAgro (AGRO3) e mais

Após o corte da taxa básica de juros, Selic, pelo Comitê de Política Monetári (Copom) do Banco Central (BC) nesta quarta-feira (20), alguns ativos da renda variável podem ter se tornado mais atrativos para os investidores.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-1.png

Na quinta-feira (21), a abertura do mercado mostrou os reflexos de uma bolsa de valores que já precificava o corte da Selic em 50 pontos-base, de 13,25% para 12,75%. Entretanto, os papeis de ações tiveram majoritariamente uma queda.

“Neste mês, vimos algo antagônico: a Selic diminuiu e as ações também caíram”, comenta José Daronco, analista CNPI, responsável pela cobertura do setor de logística e de saúde na Suno Research.

De acordo com Daronco, o principal motivo da queda vem devido aos números mais recentes do governo federal. “Já se sabia que a meta de zerar o déficit era difícil, mas quando o último resultado mostrou que as despesas cresceram enquanto a receita líquida caiu, isso acendeu um alerta de que o governo vai ter uma dificuldade muito grande de zerar esse déficit. Por isso, as ações caíram significativamente.”

Nesse cenário, o analista CNPI acredita que se não houver alguma sinalização do governo no curto prazo, as ações devem continuar pressionadas.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/02/1420x240-Banner-Home-2-1.png

Os setores da economia que se beneficiam com o corte da Selic

Com a redução na taxa de juros, muitas empresas conseguem se beneficiar disso e tornar seus ativos mais interessantes.

“As empresas mais alavancadas vão ser as mais beneficiadas, pois à medida que elas têm um estoque maior de dívida vão ver o custo dessa dívida caindo”, comenta Daronco. É o caso de empresas de energia, saneamento e da área de telecomunicações.

Além disso, o setor do varejo também tem uma perspectiva de fôlego para as próximas reuniões. Isso porque sua atividade está atrelada diretamente ao cenário doméstico, que com juros mais baixos consegue impulsionar o consumo.

Quais ações pagam dividendos melhores do que a Selic?

José Daronco ressaltou três ações que devem pagar dividendos acima da taxa Selic atual de 12,75%, levando em conta o cenário econômico atual.

Petrobras (PETR4)

Apesar das mudanças na diretoria da petroleira, Daronco acredita que não existe espaço para uma diminuição muito elevada nos dividendos pagos pela companhia. “Primeiro que a empresa está gerando muito caixa e sendo lucrativa e, em segundo, porque mesmo com outra estratégia na companhia, o governo federal precisa dos dividendos, dado que o governo tem gasto bem mais”, analisa.

Por isso, Daronco acredita que a Petrobras (PETR4) continuará em sua posição de melhor pagadora de dividendos da bolsa brasileira (B3).

BrasilAgro (AGRO3)

A companhia do agronegócio recentemente conseguiu efetuar boas negociações por suas terras. Com um caixa “sobrando”, o analista chama a atenção de que ela deverá fazer uma distribuição interessante aos acionistas em breve.

GetNinjas (NINJ3)

Na quinta-feira (21), a plataforma online de oferecimento de serviços anunciou que irá fazer uma devolução de quase todo o seu caixa aos acionistas, com uma estimativa de R$ 4,40 por ação. O anúncio da GetNinjas chega apenas dois anos após o seu IPO (oferta pública inicial).

Para mais recomendações de ações para investir com a taxa Selic a 12,45%, é possível conhecer as carteiras Suno.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Camila Paim

Compartilhe sua opinião