Sanepar (SAPR4) fará emissão de R$ 600 milhões em debêntures

Sanepar (SAPR4) fará emissão de R$ 600 milhões em debêntures
Sanepar publicou seu balanço recentemente, com R$ 332 milhões de lucro líquido no 4T21 - Foto: Reprodução/ Site Sanepar

O Conselho de Administração da Sanepar (SAPR4) aprovou a emissão de debêntures no montante total de R$ 600 milhões. A emissão, contudo, será restrita a investidores profissionais, conforme o disposto no artigo 11 da Resolução nº30 da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

As debêntures da Sanepar serão feitas em até três séries,simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária.

Segundo o fato relevante da Sanepar, todo o capital levantado com a emissão será destinada à complementação do plano de investimentos da companhia, com aportes na “ampliação e em melhorias em sistemas de abastecimento de água, esgotamento sanitário e resíduos sólidos”.

Nesse sentido, o capital será alocado no pagamento futuro de gastos, despesas ou dívidas a serem despendidos em projetos e, enquanto não destinados a isso, mantidos em caixa.

Além disso, o dinheiro levantado será utilizado no reembolso de gastos, despesas ou dívidas despendidos nos projetos dos 24 meses que antecederem o envio à CVM da comunicação de encerramento da Oferta Restrita das debêntures.

Na emissão serão 600 mil debêntures, das quais:

Como funcionará a emissão de debêntures da Sanepar

A Sanepar irá observar “a quantidade de Debêntures da Segunda Série e de Debêntures da Terceira Série a ser alocada nas respectivas séries” para coordenar a oferta. Ou seja, uma segunda ou terceira série só será realizada caso o desempenho da emissão inicial seja positivo.

Na emissão, as instituições financeiras devem entrar em contato com 75 investidores profissionais, no máximo, sendo que no máximo 50 destes irão investir nas debêntures da Sanepar.

As Debêntures da Primeira Série terão prazo de vencimento de 5 anos, contados da Data de Emissão, com vencimento em quinze de janeiro de 2027.

Já as Debêntures da Segunda Série, se emitidas, terão prazo de vencimento de nove anos, ou seja, vencerão em janeiro de 2031. Já as de terceira série terão prazo de vencimento de 10 anos, para 2032.

Cotação de SAPR4

No pregão desta segunda (17), quando o mercado já digere o fato relevante da companhia, as ações da Sanepar operam em alta de 1,6% por volta das 13h30. No início do pregão, os papéis chegaram a saltar 2,7%.

Contudo, em janelas de tempo maior, a Sanepar vê suas ações no vermelho, com 6% de queda nos últimos 30 dias e 22% de queda no acumulado de 12 meses.

Eduardo Vargas

Compartilhe sua opinião

Receba as notícias em seu e-mail

EU QUERO