Petrobras (PETR4): após fala de Prates, o que poderia mudar na distribuição de dividendos?

Ontem (28), as ações preferenciais da Petrobras (PETR4) fecharam em baixa de 5,16% no Ibovespa após declaração do presidente da companhia, Jean Paul Prates, pregando uma possível “cautela” na distribuição de dividendos. A Genial Investimentos afirma que está cética sobre eventuais mudanças bruscas na condução da empresa, mas mantém a recomendação neutra para as ações da estatal. 

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240-Banner-Home-2-1.png

“Se por um lado é muito cedo para interpretar o eventual impacto dessas notícias nos fundamentos da empresa, por outro é muito fácil entender que as recentes declarações aumentam a percepção de risco em relação a sua tese, com natural impacto na percepção de valor da empresa”, afirma a Genial. 

Segundo a casa, uma possível mudança em relação aos dividendos da Petrobras, tendo em vista a necessidade de a empresa em materializar a transição energética, é negativa, principalmente se a direção for empregada já em 2024. 

Considerando a declaração do presidente da Petrobras sobre a meta a ser alcançada de receitas desse segmento de negócio (energia renovável), a impressão dos analistas é de que o volume de investimentos necessários será superior àquele anunciado no planejamento estratégico.

“Atualmente, a Petrobras deve encerrar o ano de 2023 com uma receita líquida de R$ 470 bilhões. Alcançar a metade da receita da Petrobras nesse período de tempo (10 anos) significaria chegar uma receita superior a seis vezes a atual receita da Eletrobras (ELET3). Ou seja, achamos essa meta inexequível”, comenta a Research.

Petrobras: aumento de investimentos pode impactar dividendos, dizem analistas 

Além disso, os analistas dizem que um aumento dos investimentos além do planejado pode impactar negativamente os dividendos da empresa, já que a fórmula de distribuição é baseada em parte do fluxo de caixa operacional menos os investimentos.

Atualmente, a  taxa mínima de atratividade para projetos de energia elétrica da Petrobras é de 8%, enquanto para Exploração e Produção é de 20% e para refino é de 12%. Os retornos no segmento de E&P são mais atrativos devido ao baixo custo de extração do pré-sal e ao potencial exploratório da Margem Equatorial. 

Diante disso, a Genial afirma que  atuar em energia elétrica pode ser uma perda de energia corporativa, considerando o potencial da E&P e a natureza histórica da Petrobras. A TIR de 8% para investimentos na Petrobras é baixa em comparação com o custo de oportunidade estimado (WACC 14%), o que pode não gerar valor significativo para a empresa.

Petrobras se pronuncia sobre dividendos após fala de Prates

Em comunicado ao mercado, a Petrobras afirmou que “não há qualquer decisão tomada em relação à distribuição de dividendos não declarados”.

Os dividendos da Petrobras, completa a empresa, serão definidos com base na nova Política de Remuneração aos Acionistas da Companhia, que define que “em caso de dívida bruta igual ou inferior ao nível máximo de endividamento definido no plano estratégico em vigor e de resultado positivo acumulado, a serem verificados no último resultado trimestral apurado e aprovado pelo Conselho de Administração, a Companhia deverá distribuir aos seus acionistas 45% do fluxo de caixa livre”.

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2024/04/1420x240_TEXTO_CTA_A_V10.jpg

No comunicado, também não foi descartada a distribuição de dividendos extraordinários da Petrobras. A empresa destacou um trecho da sua política de remuneração que afirma que “a Companhia poderá, em casos excepcionais, realizar a distribuição de remuneração extraordinária aos acionistas, superando o dividendo mínimo legal obrigatório”.

Por fim, a Petrobras reforçou que, por meio dessa política, busca garantir sua perenidade e sustentabilidade financeira de curto, médio e longo prazos, além de conferir previsibilidade ao fluxo de pagamentos da remuneração aos acionistas.

Desempenho anual das ações da estatal

Cotação PETR4

Gráfico gerado em: 29/02/2024
1 Ano

https://files.sunoresearch.com.br/n/uploads/2023/04/1420x240-Planilha-vida-financeira-true.png

Vinícius Alves

Compartilhe sua opinião